Versos de Medo

Cerca de 14893 versos de Medo

Ultrapassar a dor é a pior crueldade. E eu tenho medo disso, eu que sou extremamente moral. Mas agora sei que tenho de ter uma coragem muito maior: a de ter uma outra moral, tão isenta que eu mesma não a entenda e que me assuste.

in A Paixão Segundo GH. pág 155

Clarice Lispector

As vezes eu me olho no espelho
Sinto medo, medo de mim
Eu não me conheço
Sou esquisito
Sou humano
Uso óculos, como, bebo, fumo e defeco
Mijo
Olho-me no espelho
E esse da-me de volta quem saiu
Eu riu, alto, assustado e engraçado.
Duas longas coisas saindo do corpo: são os braços
Buracos, pelos, peles, nariz ponteagudo
Duas orelhas presas na minha cabeça
Olho os dedos, meus olhos, me assusta.
Falo, sinto emoções e tomo cerveja
Rídícula coisa, ali em pé em frente ao espelho
Eu me vejo de fora
Faço uma abstração mental do que eu nunca vi
Que sou humano, e me vejo. É esquisito.
É realmente esquisito. Procuro-me no espelho
Enão me acho. Só vejo aquilo ali.
Parado. Um monte de carnes equilibradas
por ossos duros que me mantem em pé. Ali
no espelho. Eu sei que não sou aquilo,
e o que sou, o espelho não pode
me mostrar... AINDA... eu não brilho...
ainda...


fornecido por D. Maria Eugenia Seixas 08/90

Raul Seixas

‘Pessoas que têm medo de pensar (fronemofobia), ligam a televisão, para desligar o cérebro! (Steve Jobs)

*Fronemofobia: medo de pensar, segundo estudos da ONU, cerca de 99,7% da população mundial sofrem de fronemofobia!

Desconhecido

- Vê, meu amor, vê como por medo já estou organizando, vê como ainda
não consigo mexer nesses elementos primários do laboratório sem logo querer
organizar a esperança. É que por enquanto a metamorfose de mim em mim
mesma não faz nenhum sentido. É uma metamorfose em que perco tudo o que eu
tinha, e o que eu tinha era eu - só tenho o que sou. E agora o que sou? Sou: estar
de pé diante de um susto. Sou: o que vi. Não entendo e tenho medo de entender,
o material do mundo me assusta, com os seus planetas e baratas.
Eu, que antes vivera de palavras de caridade ou orgulho ou de qualquer
coisa. Mas que abismo entre a palavra e o que ela tentava, que abismo entre a
palavra amor e o amor que não tem sequer sentido humano - porque - porque
amor é a matéria viva. Amor é a matéria viva?

GH 67

Clarice Lispector

Ou estarei apenas
adiando o começar a falar? por que não digo nada e apenas ganho tempo? Por
medo. É preciso coragem para me aventurar numa tentativa de concretização do
que sinto. É como se eu tivesse uma moeda e não soubesse em que país ela vale.
Será preciso coragem para fazer o que vou fazer: dizer. E me arriscar à
enorme surpresa que sentirei com a pobreza da coisa dita. Mal a direi, e terei que
acrescentar: não é isso, não é isso! Mas é preciso também não ter medo do
ridículo, eu sempre preferi o menos ao mais por medo também do ridículo: é que
há também o dilaceramento do pudor. Adio a hora de me falar. Por medo?
E porque não tenho uma palavra a dizer.

pág 19/20

Clarice Lispector

''Viver é perigoso?
Então com sua licença!
Não tenho medo.
Nasci assim, encantada pela vida..."

Clarice Lispector

" FAÇAMOS DA INTERRUPÇÃO UM CAMINHO NOVO.
DA QUEDA UM PASSO DE DANÇA,
DO MEDO UMA ESCADA,
DO SONHO UMA PONTE, DA PROCURA UM ENCONTRO! "

Fernando Sabino

Eu sou o medo da lucidez.
Choveu na palavra onde eu estava.
Eu via a natureza como quem a veste.
Eu me fechava com espumas.
Formigas vesúvias dormiam por baixo de trampas.
Peguei umas ideias com as mãos - como a peixes.
Nem era muito que eu me arrumasse por versos.
Aquele arame do horizonte que separava o morro do céu estava rubro.
Um rengo estacionou entre duas frases.
Um descor
Quase uma ilação do branco.
Tinha um palor atormentado a hora.
O pato dejetava liquidamente ali.

Manoel de Barros

VIDA E MEDO


Cada um tem o seu modo de estar em paz com a própria vida. Alguns precisam de segurança e outros se entregam sem medo. Não a fórmula para se viver o próprio sonho. O escritor S. Anderson sempre foi rebelde e só conseguia escrever diante de sua rebeldia. Seus primeiros editores, preocupados com a situação de miséria com que Anderson costumava viver, resolveram enviar para ele um cheque mensal como adiantamento de sua
próximas novela. Depois de um tempo, receberam a visita do escritor, que apareceu la apenas para devolver todos os cheques. "Faz tempo que não consigo escrever uma linha", disse Anderson. "Para mim, é impossível trabalhar com a segurança financeira me olhando do outro lado da mesa".


"CADA UM TEM O SEU
MODO DE ESTAR EM
PAZ. NÃO HÁ FÓRMULA
PARA SE VIVER O
PRÓPRIO SONHO"

Paulo Coelho

Por um momento eu tive medo de perder o teu sorriso
E ver tornar-se opaco o que é sempre colorido...
E seguir a passos solitários e sem destino
Entoando sozinho uma leva de canções apaixonadas e tristes
Resistindo à força e a esmo neste mundo
Pela simples necessidade de ter que aprender a viver
Uma vida sem sonhos
Uma vida sem motivo...

Augusto Branco

Não deixe o medo do tempo que levará para realizar algo ficar no caminho de fazê-lo. O tempo passará de qualquer forma; devemos igualmente colocar esse tempo passageiro no melhor uso possível.

Earl Nightingale

Na maioria das vezes, deixar um bem presente por medo de um mal futuro é loucura.

Francesco Guicciardini

Não existem garantias. Sob a perspectiva do medo, nada é suficientemente seguro. Sob a perspectiva do amor, nada é necessário.

Emmanuel

Aquele que tem medo na tua presença odeia-te na tua ausência.

Thomas Fuller

O que é a honestidade senão o medo da prisão?

Carlo Dossi

Quantas vezes o medo que temos de um mal nos leva a outro ainda pior.

Nicolas Boileau

O valente tem medo do seu adversário; o covarde tem medo do seu próprio temor.

Francisco de Quevedo

O medo nunca levou ninguém ao topo.

Públio Siro

Não tenho medo de morrer. Tenho pena.

Chico Anysio

Apenas quem é desprezível pode ter medo de ser desprezado.

François La Rochefoucauld