Vácuo

Cerca de 130 frases e pensamentos: Vácuo

"Como ando só
Poeira no deserto
Dentro de todo o Universo
Sou vácuo
Passando sensações em linhas
E tentando sustentar-me nelas
Pudera eu apenas falar
Usar quem me cativa como minha folha
E nunca mais precisar escrever"

Autor desconhecido
Inserida por Leticia-Camargo

Quem é que nunca deixou um bêbado fedido no vácuo com os braços estendidos querendo te abraçar, atire a primeira pedra.

Rogério Franco
Inserida por RogerioFranco

Vazio, num vácuo estou,
Na dimensão dos meus pensamentos,
Onde posso realizar todos meus sonhos,
Onde posso me expressar,
Num vácuo estou.
Onde pode ser apenas eu e você,
Uma vida surreal, uma vida perfeita,
Onde não a dor, só amor,
Na dimensão dos meus pensamentos.

Thigo
Inserida por Thiagogsc

À volta de mim, o terror e a morte…
olhares de medo
fixos na imensidão do vácuo
interrogam-se mudos
inquietos…

dolorosamente pensam na razão
de tal sofrer

Mas não choram porque o pranto
se esgotou há muito
neste inquieto viver

Ah! Se eu soubesse ao menos rezar…

Rezava por ti
ó homem verme, tirano e sádico
que por prazer destróis;

Rezava por ti
ó governante ganancioso e brutal
que o mais fraco aniquilas;

Rezava por ti
ó deus, que já nem sei se existes,
pela geração que criaste
e abandonaste



In “Há o Silêncio em Volta” (poética de guerra), edições Vieira da Silva do poeta Alvaro Giesta

Alvaro Giesta
Inserida por alvarogiesta

Mas, estranho mesmo é perceber que não é vácuo, não é decepção, não é tristeza, não é nada. É só o que você não queria que acontecesse. Mas aconteceu.

Lanne Garcez
Inserida por LanneGarcez

O vácuo é maior do que a flecha
Que se fincou no lado certeiro
do “não-sei-o-que-hei-de-guardar”
A rosa que plantei virou pedra
Para o vento não mais fraquejar
No caminho tardarei forasteiro
do meu “mundo-que-não-sei-se-existe”
Amanhecerá outras vezes...

Kélisson Gondim
Inserida por kelissongondim

É tanto vacuo na minha vida que já nem sei se existo

Alexandre Brandão
Inserida por Leecastroc2

Eu sou um silêncio, a inércia do universo, o vácuo, reverso ao som, O que é o silêncio? Um milagre? Pra alguns um dom.
Posso ser tudo, mas sou um nada, sou um silêncio, nada além de uma possibilidade, complexo de entender, sou um nada, mas sou uma possibilidade, realidade abstrata, nada mais retrata senão a confusão, do nada, do silêncio. Sou um silêncio, sou algo, mesmo sendo nada.

Lucas S. Santos
Inserida por Lucasl

Estou me sentindo no meio do vácuo, no deserto sem ninguém, sem algo para poder suportar o que está dentro de mim, estou até sem palavras pra dizer o que sinto. Só queria que me entendesse o motivo de querer você do meu lado, posso não ser aquilo que você espera, mas tendo você do meu lado posso me tornar uma pessoa até melhor do que você imagina. Consigo lembrar de tudo que vivemos, em cada detalhe, em cada passo seu. Mas também queria poder entender o por que resolveu ser assim, tomar uma atitude onde poderíamos sentar e conversar e reatar, e prosseguir com aquele jeito lindo de nos fazermos felizes. Me dá algum sinal, fala que está sentindo saudades, fala também que, o que eu estou sentindo, você está sentindo em dobro. Você foi a melhor coisa do minha vida que poderia ter acontecido nessa minha fase desajeitada, sei que preciso me centralizar mas não é assim que as coisas podem melhorar. Sei que a vida tira o que nos fazem mais feliz, para nos mostrar a realidade. E foi com sua perda que eu amadureci. Não faz isso, eu não quero passar o resto da minha vida sem você, eu tenho medo, medo de te ver tão distante de mim, medo de um dia triste não poder gritar seu nome, te pedir ajuda. Medo de que um dia você esqueça o meu nome, apague meu número da sua agenda, de esquecer que um dia fiz parte da sua vida. Não tenho que mostrar pra ninguém que eu amo você, só você sabe o quanto meu sentimento é verdadeiro, não estou pedindo nada demais. Só queria que você entendesse tudo e que saiba que não vou desistir. Na verdade, eu não posso.

Hugo Cavalcante
Inserida por hugocavalcante

Olhando para o vácuo,peguei-me pensando em você, solitário e distraído já não sabia o que fazer... Creio que seu sentimento acabou, e mesmo sabendo de tudo isso, sofro reflexos do velho amor. Deitado na cama, com muitos problemas, compondo poema, é em tu que eu penso, minha pequena! O mundo dá voltas e o seu me esqueceu, te peço que volte pelo amor de Deus.

Kauan Medeiros
Inserida por kauanmedeiros

O grito do amor ecoará no vácuo do universo.
Não digo isso para tonificar meu verso.
Digo por é, e é pelo simples fato de ser
Do germinar de uma árvore ao sol nascer.
Do sinal mais profundo do materno amor
Ao simples e magnífico sol se por.
De toda tempestade que nos rodeia
Sou a mosca na teia,
O maça que alimenta e sacia.
A plana que ignora o chão de cimento.
Os quatro ventos que velejam.
Estou em ti assim como você está em mim.
O amor ecoa, como a menor partícula de luz
Na velocidade que a conduz em milênios.
Eu sou você!
Toda a vontade do saber, da verdade absoluta
Sou a luta entre o bem e o mal.
Sou a forma de equilíbrio mais oscilada
Entre todas as outras, que também sou.
Sou a chave da consciência
Atraída como imã e ferro.
Sou os trilhos do trem,
O verde do semáforo,
A água da fonte,
O monte, a montanha.
Sou toda forma e não forma.
O elefante, o leão, o homem e futuro infinito beija-flor!
Sou a decomposição, o nascer.
Sou a formiga, a vida.
Minha face está em tudo, assim como o tudo está no nada,
E no nada no tudo, como se fossem um só entre todos!
Sou o gameta, o último momento e tudo que está entre eles.
Sou o grito que ecoa no vácuo do universo!
Sou a tonificação involuntária do próprio verso!
Sou e somos!
O tudo e o nada!
A metamorfose da borboleta,
A areia da ampulheta.
Toda a melodia!
Toda história, a memória!
A árvore da vida que eu mesmo pedi.
Toda dificuldade que criei,
Tudo!
Sou a luz e consequentemente sou todas as cores!
Vou ecoar por toda eternidade, o teu, o meu grito de amor
Que mesmo no vácuo do universo propagará eternamente!

Aldo Teixeira
Inserida por AldoTeixeira

A explosão de meus pensamentos se dispersa no vácuo do meu silêncio.

Alexandre Klein Bettero
Inserida por AlexandreKleinB

Saudades vêm e voltam e o que sobra é um vácuo que só pode ser preenchido por você

Djavan da Silva
Inserida por djavansilvapensante

O MILAGRE DO AMOR
No vácuo da noite silenciosa
o poeta reluta em controlar seus sentimentos,
mas já exausto e sem anteparos,
rende-se às forças exteriores que invadem suas entranhas.
Não há mais palavras a serem ditas e até os versos,
extasiados,
atiraram-se no amplexo da vida.
E de repente o desejo incontrolável de ouvir a voz que vem do eterno,
de admirar os olhos lindos e sinceros,
de fitar a magia do sorriso franco e puro.
Já não há mais resistência e razão e até mesmo a lógica partiu para o espaço infinito.
Tudo agora é encanto e em pensamento ele busca desesperadamente os traços e curvas nos arquivos da memória,
esculpindo, na solidão da noite,
cada linha daquele corpo ausente,
redesenhando o rosto,
os gestos,
o jeito especial,
sonhando com a ternura no entrelaço do abraço que lhe devolveu o entusiasmo pela vida.
A poesia se foi
e se os sentimentos são mais poderosos do que as palavras
é porque nada pode um poema ante o milagre do amor…

Wagner Andriote
Inserida por Andc

"Conheci-o no vácuo, e assim permaneceremos..."

Verônica Ventti
Inserida por veronicaventti

Tem embalagem que é fechada à vacuo e outras, á ódio, porque pra abrir custa uma vida.

Thatu Nunes (DraDoAmor)
Inserida por liemalgumlugar

Se divago no vago pensamento,
No vácuo de um momento,
E percebo-me desapercebida,
Como que numa íngreme subida
A olhar apenas o chão.

A olhar apenas as pedras,
Meus passos e os passos de outros,
Que andaram nesta trilha,
Que ancoraram mesma ilha,
E que também só olhavam para o chão.

Que não viram sequer uma flor,
Não sentiram um trisco de amor,
Não perceberam que lindo caminho,
Estavam deixando atrás...
Quando o sol se deitava mansinho,
E deixava o mar em lilás.

Lá na frente, uma lua em pingente,
Vai iluminando o lugar,
E das estrelas não se ouve a canção,
Percorridos mil poemas,
Tanta gente perde as cenas,
Porque, pena! Olham apenas para o chão...

Gláucia Carvalho

Big Bang

Antes era tudo escuridão
absoluto silêncio
vácuo inerte em meu ser.
De repente, não mais que de repente
houve uma explosão
dentro de mim.
Não destrutiva
muito pelo contrário
uma explosão evolucionista.
Após um inexplicável estrondo
e revirar das estruturas
fez-se a luz em meu interior.
E com ela coisas vêm surgindo
e ressurgindo
e se estabelecendo.
Lágrimas desprendem-se de meus olhos
a saliva é difícil de engolir
a cabeça me pesa.
Lembraças e pensamentos
vão sendo consolidados e
reorganizados.
Sinto cada estímulo
eletrizante
entre meus neurônios.
Meus tímpanos ainda doem
devido a intensa
vibração provocada.
Meus músculos
se contraem
como em cãimbra.
É tudo muito doloroso ainda
a luz é intensa demais
às minhas pupilas.
Posso sentir o pulsar do meu coração
o ar entrando e saindo dos meus pulmões
e o sangue correndo em minhas veias.
Acho que naquele instante
eu renasci...

Jussara Alves
Inserida por jussaraalves

A COR DO VÁCUO



Como se contemplasse uma paisagem impalpável,
Testemunho recorrentemente
O ocaso e o desassossego dos sóis humanos:


Ainda hospedados na nave d’aurora;
A meio caminho do limite da estrada
Sombria, pérfida e sinuosa;
Dando passos cautelosos, breves
Sobre a obliqua corda bamba
Da falcifórmica alegria,
Cuja sina é ser o corpo
Que sempre tomba
Muito antes de chegar
Á fonte da água cristalina.


A mais pura verdade
É que a flor da inocência
Mal eclode, desabrocha, prospera;
Já sofre voz de prisão
E passa sua vida ----
Que, na gestação,
Emitia uma luz
Tão impávida, ígnea ---
Numa empedernida cela:
Solitária, sádica,
Faca a esventrar
Inclementemente
As vísceras da mental aquarela.









Ah, a onipotência da crueza
É uma força inexorável:
Ela desfila pelas passarelas da guerra;
Ela se alimenta de almas errantes, erráticas, crédulas;
Ela se transforma continuamente
Nos habitacionais carcinomas da selva de pedra.


Ah, a miséria humana
Ah, a sede por vidas etéreas
Sôfrega e celeremente
Apodera-se da nossa chama e medra soberana.


E depois,
A paisagem do vácuo
É o que unicamente sobra:


Não há mente
Não há verve
Não há lembranças nem versos de protesto
E de paixão.


O que vive é um corpo:
Um corpo
Que não ama, não pensa.
Um corpo
Que não sente dor, desejo,
Brisa, luto ou tampouco saboreia a vida.


O que vive,
Finalmente,
É uma matéria
Que apenas anda
E ocupar lugar
Sob a imensidão
Da atmosfera da Terra.

JESSÉ BARBOSA DE OLIVEIRA

JESSÉ BARBOSA DE OLIVEIRA
Inserida por jessebarbosa1827

Porque a cada música é uma viajem distante ao vácuo de minha mente, é a cada dia e um aprendizado sobre o quanto o amor esta presente!

Heber Leandro
Inserida por heberleandro