Textos sobre Mentiras

Cerca de 442 textos sobre Mentiras

AMOR DE VERDADE


Mente o mar, lentamente,
no vagar das ondas quentes,
mente mormente
sobre as suas correntes,
na superfície calma,
tudo é paz e tranqüilidade,
por baixo é que se revolve
sob os auspícios de Netuno,
transforma o oceano taciturno,
e deixa marinheiros soturnos,
até aos belos raios noturnos

Mente o poeta mente inclemente,
mente pra toda gente,
gente decente e inocente,,
fala de amor, eterno amor,
fala do jardim com flores e cores,
mente sobre a beleza das dores,

Mente a pena que escreve
histórias, causos e prosas
é causar pena às duras penas,
mesmo a pena leve mente,
tão apenas e tão somente,
para fazer sorrir tanta gente.

A mentira está na triste verdade
da vida vivida do autor,
que na verdade sua vida não é,
é e são outras vidas quaisquer,
ama, trai, é amado é traído
por tantas mulheres e tantos maridos,
sente e lamenta a tristeza que é sua
por não ser, chora a lágrima alheia,
deixa as pegadas do leitor na areia,
sangra um sangue que não é seu,
mas que lhe corre e corrói as veias.

É preciso ao poeta e ao escritor mentir seu amor,
para que verdadeiro ele seja ao leitor,
o amor escrito sem prosa ou poesia,
não é amor é só ilusão, fantasia.

Pérsio Pereira de Mendonça

Persio Pereira de Mendonça
Inserida por PersioMendonca
1 compartilhamento

AMOR DE VERDADE


Mente o mar, lentamente,
no vagar das ondas quentes,
mente mormente
sobre as suas correntes,
na superfície calma,
tudo é paz e tranqüilidade,
por baixo é que se revolve
sob os auspícios de Netuno,
transforma o oceano taciturno,
e deixa marinheiros soturnos,
até aos belos raios noturnos

Mente o poeta mente inclemente,
mente pra toda gente,
gente decente e inocente,,
fala de amor, eterno amor,
fala do jardim com flores e cores,
mente sobre a beleza das dores,

Mente a pena que escreve
histórias, causos e prosas
é causar pena às duras penas,
mesmo a pena leve mente,
tão apenas e tão somente,
para fazer sorrir tanta gente.

A mentira está na triste verdade
da vida vivida do autor,
que na verdade sua vida não é,
é e são outras vidas quaisquer,
ama, trai, é amado é traído
por tantas mulheres e tantos maridos,
sente e lamenta a tristeza que é sua
por não ser, chora a lágrima alheia,
deixa as pegadas do leitor na areia,
sangra um sangue que não é seu,
mas que lhe corre e corrói as veias.

É preciso ao poeta e ao escritor mentir seu amor,
para que verdadeiro ele seja ao leitor,
o amor escrito sem prosa ou poesia,
não é amor é só ilusão, fantasia.

Pérsio Pereira de Mendonça

Persio Pereira de Mendonça
Inserida por PersioMendonca
1 compartilhamento

Não me defina, não me represente; Sou algo incomum ou será que...não... Somos perfeitas criaturas do acaso que alguns exageros nem temos direito de julgar.
Agora voce entende que o egocentrismo e o narcisismo em se achar especial neste planeta de condiçoes oscilantes nos propicia apenas o poder que a natureza e nao o imaginario deus de cada lingua expressa?..

Paulosantucci
Inserida por Mutacao
1 compartilhamento

Quem nunca faz amor
Vai dizer que o amor não existe
Quem não se da o respeito
Vai dizer que ninguém o leva a serio
Quem não abraça o romantismo
Vai dizer que não gosta de flores
Quem é infiel e mentiroso
Vai dizer antes ele do que eu
Quem rejeita o sim do coração
Vai dizer que o não é racional
Quem abre mão do sentimento
Vai dizer que os pensamentos eram diferentes
Quem não se arrisca a uma nova possibilidade
Vai dizer que a vida é vazia e triste
Quem troca um amor verdadeiro por status
Vai dizer que antes só do que mal acompanhado
Quem vive pulando de galho em galho
Vai dizer que tem o dedo podre
Quem não se coloca no lugar do outro
Vai dizer que não é o que você esta pensando
Quem não enxerga a vida com amor, fé e esperança
Já morreu
E não tem mais nada a dizer.

BCS
Inserida por Bruesar
1 compartilhamento

Se as doutrinas não viessem encharcadas de segundas intenções...não é assim, no íntimo cada qual defende sua ideologia, filosofia, grupo, interpretação, tradição.
Logo religião é celeuma e só tem em comum a fantasia pelo protetor imaginário.
Eu sou o do confabular evidências.
Entretanto as centenas de milhares de dogmas das igrejas provindas do conto judeu incorporado de outras civilizações há crível dicotomia.Mentiras descaradas.

Paulosantucci
Inserida por Mutacao
1 compartilhamento

MENTIRAS CONFORTANTES OU VERDADES DESAGRADÁVEIS?

Observar o que leva as pessoas a ser quem são é uma das coisas mais curiosas da vida. Eu sempre gostei de reparar as pessoas e os seus comportamentos. Na maioria das vezes eu fico surpresa com a capacidade de algumas.

No afã de querer viver grandiosidades, a gente acaba se diminuindo à ilusão de que as pessoas das quais amamos seriam incapazes de nos magoar. Eu não queria te decepcionar, mas acredite: todo mundo é capaz! Não somos perfeitos. Muito pelo contrário, somos cheios de arestas que arranham e machucam os outros – ainda que tenhamos a mais bela das intenções.

A culpa é geral. Ninguém está imune do engano. Afinal, as mentiras são quase sempre confortantes e dependendo do que foi feito, a verdade machuca à beça. De forma que, a primeira opção, de vez em quando, é a única para algumas pessoas. Ser honesto requer um pouco de esforço. Ninguém gosta de dar relatório, então mentir – por ser mais fácil – é o que move as relações atualmente.

Não se sinta culpado, as pessoas que amamos também são capazes de coisas terríveis. O amor existe para além da recíproca. O amor é a fé cega. É a crueldade da dúvida de, no mergulho, não saber se vai reencontrar o ar, mas ainda assim não temer. A gente acredita, porque amor e desconfiança são inimigos antigos de guerra.

Sempre olhei com estranheza para as pessoas muito ciumentas e desconfiadas de tudo, que não sabem querer bem de olhos fechados. A gente deixa ir sem saber ao certo se o carinho volta. Amor é o não desespero quando os olhos não estão em você. Mas se alguém o fez chorar, reconsidere. Porque o amor não se trata do próprio sorriso, trata-se do sorriso do outro.

Se a casa cair, rebele-se, mas seja um rebelde politizado. Só não fique no silêncio, porque no silêncio dá até pra ouvir o barulhinho do coração rachando. Dedique-se a quem saiba priorizar as relações, que optam por preservar o sentimento evitando “mentirinhas” desnecessárias. Caso contrário, rebele-se. E seja autossuficiente para prosseguir. Eu costumo dizer que a autossuficiência é afrodisíaca, afinal todo mundo gosta de estar perto de pessoas que se bastam. E segue adiante, porque tristeza e decepção fazem também parte do processo.

Ninna Carpentier
Inserida por ninnacarpentier
1 compartilhamento

Livre está!!!
Era uma vez uma história. Uma história de amor que tinha tudo para ser para toda a vida. Um daqueles amores que se estendem por muito tempo, com altos e baixos, com histórias e fatos, com romance e com rumores, muitos anos alegres. Daqueles nos quais a gente não vê estar diante de um abismo, ou qualquer possibilidade de ser um erro fatal.
Um dia um a gente cai do cavalo e fica diante do abismo, que sempre achávamos que não existia, perdemos o rumo, a direção, a noção do que é perto e longe e do certo e do incerto. Aí levantamos o tapete, obvio que eventualmente, até descobrir uma quantidade imensa de mentiras escondidas, que a gente jamais imaginou que pudessem estar tão perto de nós.
No que devo acreditar quando somo obrigado a deixar de acreditar nos sonhos que tínhamos? Das esperanças que nos restavam? Ou até mesmo do projeto de uma vida inteira?
Em quem devo acreditar quando não posso mais acreditar na única pessoa que achava que era a mais confiante? Ou na pessoa em quem confiava de olhos vendados?
No que devo acreditar quando eu olhar para o futuro que havia sonhado e preparado com todas as forças e tempo, e, de repente, ver que tornou-se fumaça e começou a se dissipar pelo ar?
Tem gente que não nunca teve uma dessas histórias, e nunca irei desejar para ninguém, minha história parecia que eu havia sido agraciado por Deus e meu destino traçado na perfeição. Mas, mesmo após eu levantar o tapete e me surpreender com o que me deparei, sempre o destino me mostrava que havia algo de errado, me mostrando em outras pequenas histórias. Histórias que nunca pareciam fazer algum sentido algum, soavam como som distorcido, ou apenas rumores de um uma casa assombrada, pareciam histórias de ser alvo de boas apostas, que sempre dei por mentirosas, ou para viver feliz, preferi não dar audiência e sempre ser o errado e bobo. Caminhei e caminhei, até chegar em uma rua que me deparei com um muro enorme, sem saída, é onde muitos se encontram e aí vemos que chegou a hora de retornar e voltar para a largada,
Mais cedo ou mais tarde, uma hora a gente se cansa. Cansa de tentar, de ir, de vir, de lutar por algo que no fundo sabemos que não iria prosperar, de renovar as esperanças, ou, até mesmo, de regar aquele vasinho da fé e do amor. O vasinho que olhamos para ele e lembramos dos laços e pactos de amor que em outrora havíamos proclamado um com o outro, que tem no fundo o final feliz, no qual nos sempre ouvimos nos contos de fadas “Contos de Fadas”.
Chegou o momento, em dizer: agora chega. Que, se a chuva o regar, ótimo, porém, sem a obrigação de ser o único responsável pela rega. E, quer saber? Essa fase não é má. Costuma até ser nessas fases que aparecem pessoas bacanas, mas não foi isso que aconteceu.
O problema é quando um tira o vasinho da varanda. Resolve que não vale mais rega-lo, e sim, decide tirar o vasinho de onde ele estava e deixa de olhar para ele. Decide que a chuva esporádica ou o orvalho da manhã não é mais o suficiente, mas sim, leva-o para o porão ou dentro de um armário trancafiado para ninguém ver as folhas já amareladas por falta de agua ou queimada pelo sol, ou, pior, leva-o para outro lugar, um terreno baldio ou coloca na lixeira do vizinho.
Era uma vez um amor do tamanho de um oceano. Era uma vez o rompimento da distância e dor. Era uma vez a traição. Era uma vez a mentira, Era uma vez a manipulação, E lá estava eu, assistindo o mar levando nosso castelinho construído as margens da maré, um pouco em cada onda, e vendo a nossa história se transformar em um rosto desconhecido e borrado, manchado pelas lágrimas de sofrimento de um amor esquecido. Era uma vez a nossa história que tinha tudo para ser um conto de fadas, mas como eu cresci, não devo acredito mais nessas baboseiras, porém poderia ter deixado o nosso vasinho no fundo do quintal, ou até mesmo na varanda, onde o orvalho toca todas as manhãs, e, acreditar na alternativa em que um brotinho apareça enquanto a gente estava distraído.
Sabemos que após as avalanches, sempre aparece um brotinho. Geralmente, um brotinho melhor do que o outro. Bem, quando achamos que não vamos mais acreditar em contos de fadas e que já crescemos para essas baboseiras, temos da vida outra ilusão e se inicia nova caminhada, até virar a esquina e se deparar com uma rua sem saída ou com o vasinho em outro lugar.
Mas, bem ou mal, decido lhe perdoar, decidi escancarar as portar do coração e ir varrendo o chão por onde a bagunça ficou, tirar a gordura que atrapalhava a minha aorta e me livrar daquele lugar. Deixo você ir e pode ir tranquilo, já me livrei de suas mentiras, manipulações e traições, acalmei a minha raiva e sequei as minhas lágrimas. Descobri que a terra gira, não quero mais suas justificativas, nem respostas dissertativas (dizendo que lamenta ou que tudo não passa de mentiras), um dia a tristeza se assenta. Não precisa dizer nada, absolutamente nada, tantos erros consumados que essa história ficou no passado irado, irei dar passos largos, para não querer ver cicatrizar as feridas se fez. Quero lhe ver voar o mais alto que conseguir, vendo o horizonte sem fim, libertando quem você realmente é com suas ânsias, e, para aumentar essa distância, para qual eu possa prosseguir.
Amor, siga em frente, não curve-se para baixo e nem olhe para trás, mesmo que se arrependa, o passado não estará mais à venda, muito menos poderá alterar as legendas das cenas que vivemos. Siga em frente, eu assino alforria ou eu lhe dou a anistia, por um ato de autoria, que eu parei de procurar. Voe alto, voe para longe, bata suas assas o mais depressa, rumo ao norte ou siga o rio em direção ao mar, tanto faz, procure um novo lugar, uma nova casa, um novo cobertor. Assim comemorarei a nossa morte dessa tristeza sem fim, enfim, bata suas assas perdoado e tranquilo, mas bata cada vez mais para longe de mim.

Rhenan Gobi

Rhenan Gomes Gobi
Inserida por RhenanGobi
1 compartilhamento

Um grito de revolta é sempre necessário para lutarmos contra a corrupção e a injustiça que grassam...contradizer é a nossa arma, que haja pois esse espírito de contradição para responder à violência a que estamos sujeitos e aos roubos que nos fizeram e querem continuar a fazer impingindo-nos mentiras descaradas, por
parte de quem julga que tudo pode...

nataliarosafogo
Inserida por nataliarosafogo1943
1 compartilhamento

S O B R A

"Sombras de sobrancelhas...por detrás da rede dos meus cílios há mistério em teus ninhos. Donde estou - alto, léguas há palmos -, donde estou, ainda não o vejo. Percebo! Aí percebo. Auto, eu (eu mesmo), línguas e parabólicas: quanto mais lapido a profundeza de minhas olheiras, mais vejo quão oco são os meus olhos em cólicas. Ai se ilusão fosse adjetivo de gente boa, meu amor. Ai se fosse bom, a gente, ser ilusão...amor. Cego - e fosse lá eu cego mesmo - eu queria é lhe sentir. E, em curtos passos de tempo, assim mesmo, esporádico, agora eu já era cego. E sabia! Era todo tempo cego, por ti, de verdade. Nunca o vi, mas senti. Basta! Bastardos são os pontos e as feridas. O excesso de verdade é sempre a pior das mentiras".

Fabrício Hundou - um autor desconhecido.
Inserida por FabricioHundou
1 compartilhamento

Mentiras Religiosas e Políticas

Imagine uma religião e uma política honestas e sem mentiras... Conseguiu? Se não, é porque conhece a realidade. E se ainda assim continua religioso e submetendo-se ao que é imposto pela religião e pela política, você também é culpado, por omissão, alienação e conivência.

Ivo S. G. Reis
Inserida por ivosgreis

Quais são suas prioridades de vida?
Quais são os teus sonhos!?
Quais são as suas saudades?
Você sabe reconhecer as suas falhas?
O que vc precisa pra ser feliz?
O que falta vc buscar em sua vida?
Machuca em vc, ter que reconhecer as suas verdades disfarçadas de mentiras?
Qual foi seu maior erro?
Não deixe pra amanhã o que vc pode fazer hoje, pois o amanhã não lhe pertence!!! Ser feliz é viver em paz, amando o seu próximo e principalmente a si mesmo!!! O mundo não espera por ninguém, e não vai esperar por vc!!! Se ame!!!
Me ame!!! Mas acima de tudo!!! Ame a sua vida!!!! Seus valores e suas verdades!!! Vc, apenas vc será capaz do seu próprio #sucesso tanto #emocional #pessoal quanto #profissional!!! QUERO TE VER E ME VER!!! #FELIZES para #sempre #sandralimma

Sandra Psini
Inserida por SandraPsini

Caso eu não revide,
É porque só o amor merece retaliação.
Não tenho covardia,
Mas guerra não é opção.
Não aceito ter meu tempo roubado.
Nem meus ouvidos atentos a ignorância.
Borram-me a consciência.
Não tenho sangue de barata,
Só fervo por necessidade.
Não sou o que afamam,
Sou o que me faço ser.
Todo ódio é um desvairamento.
Crio sempre distanciamento,
Daquilo que me deseja irar.

Tatiana Graneti
Inserida por TatianaGraneti

"Quem nunca se chateou ao ser enganado por uma pessoa mentirosa?

Entretanto, cruzar com essas pessoas nos traz um grande aprendizado. Nos torna mais astutos, não é mesmo?
E você ao invés de bloquear seu fluxo de energia duvidando de outras pessoas, se lamentando por ter sido enganado, atraindo negatividade com maus pensamentos, agradeça.
Simplesmente agradeça, pela evolução que o Universo te proporcionou, siga em frente com leveza.
Ouça mais a sua intuição. Silencie a mente, deixe seu coração te conduzir. É certo que ele dirá se novamente você está lidando com um (a) mentiroso(a). Vai evitar também sua voz interior dizendo: “ Eu te avisei!”
Fique atento aos sinais, á energia das pessoas, e não sinta raiva, apenas compaixão."
Via O Universo e Eu.

O Universo e Eu
Inserida por lyne-sena

Casta genética das abelhas: abelha-rainha, operárias e zangões. Claro que existem subdivisões como as polinizadoras, batedoras, limpadoras de favos, fazedoras de cera (sindicalistas)... Sociedades de melhor gestão pública, colônias organizadas, possuem maior longevidade, menor taxa de fertilidade por responsabilidade social; e não por queda da luxúria dos zangões. Mas qual é o ponto aqui? Até onde eu saiba, não fora identificado no genoma humano qualquer indício de sistema de castas.
Uma abelha diria que uma invenção tem a capacidade de ser enfeitada como o máximo poder abominável do imaginário. A verdade é fria, mas linda e abstêmia: abelhas morrem pelo bem da colônia. A mentira social humana tem sabor de fast-food.

Andrê Gazineu
Inserida por Gazineu

PRECISO.

Preciso parar de acreditar em mentiras.
Elas machucam demais.
Preciso parar de acreditar em contos de fadas.
São apenas sonhos.
Preciso parar de acreditar em músicas.
Elas contam histórias dolorosas.
Preciso parar de confiar em palavras.
Nem sempre são verdadeiras.
Preciso parar de sonhar mais alto do que posso alcançar.
sonhar não adianta, preciso lutar.
Preciso parar de correr atrás de pessoas falsas.
Quem eu preciso já está aqui comigo.
Preciso parar de escrever.
Me sinto mal.
Preciso parar de esperar demais de você.
Isso me decepciona.
Preciso ir em embora...

Letícia Pinho
2 compartilhamentos

A humanidade é um aglomerado de mentiras,
e isso corresponde a esta ilusão chamada sanidade.

Tudo ainda se trata da mesma coisa,
tudo ainda se resume a caverna e a carne.

O meu 'nada sei' significa simplesmente que
apesar de todas estas teorias e descobertas,
nós ainda continuamos envelhecendo e morrendo,
correndo atrás das mesmas coisas,
bloqueados na mesma capacidade natural,
e tudo que percebemos é o quanto cada vez mais
nos tornamos descartáveis, e o preço de uma vida
equivale ao salario do mês, mês após mês,
e tem tanta gente que morre por menos.

Eliaxe Mondarck
2 compartilhamentos

Quer saber de uma coisa?
cansei de mentiras, as pessoas pensam que eu não percebo? Não sou tão idiota quanto pareço ... Amores que na verdade nem são tão verdadeiros. Que me fazem sofrer mais do que sorri. E por fim , eu desisto de tudo isso e agora.. Vai ser do meu jeito! E se disserem que eu mudei,vou dizer: E não me arrependo disso. Afinal de contas, já passou o tempo de me preocupar com o que as outras pessoas pensam ao meu respeito, não importa mais, Não mais.

Layla Eslaynne
2 compartilhamentos

Falsidade...

Vejo mentiras em teus lábios,
Falsidades em teu olhar,
Desilusões a todo lado,
Fraqueza no teu amar.

Já não sinto em você a firmeza,
Nem um apoio pra me segurar,
Já não conto com sua gentileza,
Pois você nunca soube me amar.

Com você provei do fruto do pecado,
Em tua árvore só colhi solidão,
Pensei está no paraíso sagrado,
Quando percebi, era só ilusão.

Reff Carvalho
2 compartilhamentos

Sobre mentiras e avessos!
E no vazio do espaço que nos separou, renasceu o que eu jurava nunca ter existido: Nosso amor.

Era uma vontade mútua de se descobrir além do permitido. Aquele terreno tantas vezes explorado, era depois de tanto tempo, completamente desconhecido. Você com seus rolos e manias, eu com minha solidão de multidões. Percebi depois de alguns minutos te olhando – nós continuávamos os mesmos, porém a quilômetros de distância.

Eu queria te lembrar de um passado, mas só consegui dizer algo sobre o seu presente. Você se gabou do quanto ainda conseguia enganar suas meninas, e eu sorri como se isso não mais importasse – Eu também enganei alguns rapazes.

Talvez naquele momento eu me sentisse pronta e suja o suficiente pra você. Admitir isso era a maneira menos dolorosa de dizer que o amor que um dia eu rejeitei, naquele segundo, me sufocava.

Você segurou minha mão e disse em meu ouvido palavras que eu jamais esquecerei:

- Você é minha garota. Independente do resto.

Abri meus olhos e larguei suas mãos como se tivesse pronta para te deixar. E fiz. Eu queria me tornar sua garota, não ser ela pra sempre.

Você já podia voltar para suas meninas, e eu, para minhas mentiras.

Bruna Vieira
2 compartilhamentos

MENTIRAS

Não suporto perversidade,
Nem tão pouco maus tratos.
Não suporto agressividade,
Nem tão pouco falsidade.
Não suporto desagravo,
Nem tão pouco humilhação.
Não suporto fingimento,
Nem tão pouco desacato.
Não suporto bater,
Nem tão pouco apanhar.
Não suporto desatinos,
Nem tão pouco suas consequências.
Não suporto falsas palavras
E nem tão pouco grandes MENTIRAS.
Por isso, não diga mais nada
Porque de minha parte, a partir de agora,
Prefiro ficar calada

Rosa Berg
2 compartilhamentos