Textos em Homenagem às Mães

Cerca de 1760 textos em Homenagem às Mães

DIA DA MÃES - HOMENAGEM ESPECIAL

Ela tem a capacidade de ouvir o silêncio.
Adivinhar sentimentos.
Encontrar a palavra certa nos momentos incertos.
Nos fortalecer quando tudo ao nosso redor parece ruir.
Sabedoria emprestada dos deuses para nos proteger e amparar.

Sua existência é em si um ato de amor.
Gerar, cuidar, nutrir.
Amar, amar, amar...
Amar com um amor incondicional que nada espera em troca.
Afeto desmedido e incontido, Mãe é um ser infinito.

Anderson Cavalcante

Sem minha mãe, acho que jamais teria me saído bem na pantomima. Ela possuía a mímica mais notável que já vi. Às vezes, ficava durante horas à janela olhando para a rua e reproduzindo com as mãos, os olhos e a expressão de sua fisionomia tudo o que se passava lá em baixo. E foi observando-a assim que eu aprendi não somente a traduzir as emoções com as minhas mãos e meu rosto, mas sobretudo a estudar o homem...

Charles Chaplin

QUERIDA MAMÃE

Tu que nos guardaste em teu ventre aquecido e do mundo fomos protegidos...
Tu que nos trouxeste para a vida, o que mais poderíamos querer?
Nos deste um cantinho dentro de ti e já crescidinhos nascemos para te conhecer...
Em teus braços fomos acalentados com teu amor e dedicação.
Nosso coração por ti, todos os dias acariciado...
Te conhecer por fora é só uma forma de nos fortalecer para o mundo, mas o que há de mais profundo vem do teu íntimo Ser...
Oh! Maravilhosa Criatura... Nascida do Amor Divino
que nos ampara a todos os momentos de nosso Viver!
O que mais poderíamos querer?
Rogar com todas as forças que Deus abençoe a todas as mães e se nem sempre ao nosso lado podemos te ter até tua lembrança nos faz reviver... que maravilha...
Você nunca estará sozinha Querida Mamãe!

José Guilherme S. Filho

Mãe é o amigo mais verdadeiro que temos quando a dificuldade dura e repentinamente cai sobre nós; quando a adversidade toma o lugar da prosperidade; quando os amigos que se alegram conosco nos bons momentos nos abandonam; quando os problemas complicam-se ao nosso redor, ela ainda estará junto de nós, e se esforçará através de seus doces preceitos e conselhos para dissipar as nuvens de escuridão, e fazer com que a paz volte aos nossos corações.

Washington Irving

Homenagem a nós

Que vida louca levamos nós, mães modernas, mães do século 21, mães de filhos únicos, ou de muitos filhos que se tornam únicos pelo pouco tempo que conseguimos ter para cada um...
Que vida louca temos nós, que acordamos ao raiar do dia e saímos para o trabalho delegando a outras, que em casa deixam seus filhos também, que sejam as mães que nossos pequenos não tem...
Que vida louca temos nós que somos mães por telefone em tempo integral, que fazemos de nosso horário de almoço um momento para checar a lancheira, arrumar uniforme, fazer “Maria chiquinhas” e ter tempo de lembrar as antigas mães e mandar seu filho escovar os dentes...
Que vida corrida temos nós, cheia de horários marcados com momentos de ser mulher, mãe, amiga, esposa, profissional, namorada... somos muitas e as vezes não conseguimos ser tudo...
Vivemos uma rotina que rotina mesmo quase não tem, pois o dia é sempre um mistério para aquelas que tem filhos, afinal nunca sabemos se o dia que começou é o dia marcado para a dor de garganta chegar, ou para a prova surpresa de matemática, ou para briga com o amiguinho na escola, ou para pesquisa sobre o relevo que ele esqueceu de te avisar...
Sabemos apenas que vivemos assim....
Acordar... trocar de roupa para o trabalho, esperar pacientemente que sua secretária do lar não falte, olhar seu filho dormindo por mais alguns minutos e ter vontade de ficar com ele só por hoje um dia inteiro, sair de casa, despedir-se do filho e dar muitas ordens a empregada que a deixam perdida... ir para o trabalho, ser profissional, ser mulher moderna, ser guerreira, lutar pra vencer, fazer a diferença no mundo profissional...
Ligar ao longo do dia para marcar pediatra, fugir correndo do serviço para assistir a apresentação da escola no dia das mães, procurar alguém para buscar seu filho na escola porque hoje apareceu uma reunião e não tem como ir, e sempre acabar contando com a sua mãe para te fazer esse eterno favor...
Correr, preocupar-se, desdobrar-se vencer o dia, e ainda chegar em casa checar a tarefa, supervisionar o banho, fazer mil e uma perguntas sobre o dia de seu filho, sentir-se culpada por não ser mais presente, brincar, dar atenção, cantar uma música, ler uma história, assistir pela bilionésima vez o filminho da Disney e acabar adormecendo ali, na caminha de solteiro ou do lado do berço, cansada, mas realizada por ter sido por mais um dia MÃE...

Juliana Nunis

Versos trocados

Pensei em várias formas de começar essa redação... Na verdade, acho que nunca fiquei tão nervosa quanto a fazer um texto antes. Parece que deu um branco na minha mente, as palavras parecem simplesmente terem sumido. Escrevi e reescrevi várias frases soltas, mas parece que nenhuma delas traduz em palavras realmente tudo o que eu quero te dizer... Mas então, no auge desse meu nervosismo de não saber usar frases e palavras, surgiu em minha mente algo que eu tenho certeza que seria um ótimo começo. Com certeza que você deve conhecer meus próximos versos;
“Amar é lindo, gostar também, amar o mundo inteiro, e a nós também...” Mas eu aposto que já deves estar pensando: por Deus, eu aqui esperando A redação da minha filha, que já faz textos excelentes, que só tira dez nessa matéria, mas ela vem até mim com esse textinho mixuruco de pré-escola... Pois é mãe, acontece que eu não consigo ver nada melhor do que esse texto para, no dia de hoje, transmitir tudo que sinto por ti. Acontece que hoje, com meus dezessete anos, jovem, muito jovem é claro, vejo nestes versos algo muito além de uma simples rima. Hoje vejo com outros olhos o que há onze anos atrás eu escrevi num pedacinho de papel.
Amar é lindo. O amor, o amor é o mais belo e raro sentimento que existe, é uma dádiva que o ser humano possui, de conseguir amar e ser amado. E isso mãe, eu devo a ti. Tu me ensinaste a amar, me ensinaste a respeitar, me ensinaste a dar valor à vida, aos amigos, aos familiares. E o mais importante de tudo: tu me deste amor. O amor mais singular que existe no mundo, o amor acolhedor, o amor que ensina, que provoca risos, lágrimas, que faz com que eu me sinta especial, protegida. Nos teus braços e no aconchego do teu colo eu sinto o verdadeiro amor, aquele que não existe em lugar algum da terra. Sinto amor em tuas palavras doces, em teus conselhos (que ultimamente têm me ajudado muito mais do que sequer tu imaginas), em tuas broncas, sim, e por que não? Se brigas comigo é porque me amas, e queres o meu bem. Está certo que na hora posso não gostar muito, mas logo passa, pois o amor que me dás em seguida cobre qualquer tipo de irritação.
Gostar também. Mãe, tu me ensinastes a gostar das coisas mais inexplicáveis da vida. Conhece alguém, além de nós duas, que acorda, e vai pra geladeira comer aquela comidinha fria que sobrou do almoço? Ou que adora comer doce com salgado? Mas ainda mais importante, tu me ensinastes a gostar do doce da vida, e, também, a saber lidar com o amargo, com as dificuldades, me ensinou a gostar da vitória, a gostar de aprender, de buscar o novo, me ensinou a gostar de aproveitar cada fase que passo, e que ainda vou passar. Ensinou-me a sentir o gosto da vida, com suas doces e acolhedoras palavras.
Amar ao mudo inteiro. Amar a vida, amar a família, amar a mim mesma. Mostrar esse amor. Toda vez que tu vinhas como uma leoa defender-me, ou que vinha voando toda vez que eu gritava ‘’manhêêê’’... Toda vez que deixaste de fazer algo pela minha felicidade, ou então que se sacrificaste para ver um sorriso em meu rosto. Todas as vezes que bolastes aquela surpresa, toda vez que correste atrás de mim para me encher de beijinhos e carinhos. Toda vez que dividiste comigo tuas angustias, teus medos, tuas felicidades. Todas as vezes que estavas do meu lado quando eu passava pelas mesmas coisas. Mostraste teu amor toda vez que me destes a mão e disse pra eu não me preocupar que tudo ia passar que logo as coisas voltariam ao normal. Mostrastes e mostras teu amor todo dia que chegas em casa cansada, e ainda assim vem a minha procura, carinhosa e meiga. Mostras teu amor dia a dia, e me ensinas a amar da mesa forma.
E amar a nós também. Neste último verso, quero fazer na verdade aqui um pedido de desculpa. Por todas as vezes que não quis te ouvir, que fiquei chateada contigo, que bati o pé, todas as vezes que por algum motivo te decepcionei, quero pedir desculpas pelas grosserias, pelas cenas, pedir desculpas por muitas vezes exigir tempo demais teu, por as vezes pensar que vives em minha função. Quero pedir desculpas por muitas vezes não te dar o valor que realmente mereces, por não demonstrar o amor que sinto. Mas saiba de uma coisa; eu te amo, e muito. Amo mais que conseguiria amar qualquer outra coisa, qualquer outro alguém. A ligação que temos, é forte demais. É o mesmo sangue, a mesma carne. E nunca mãe, nunca quero que tenhas duvida alguma do meu amor por ti. Meu maior sonho, é que um dia, possas olhar pra mim já crescida, e pensar: “Que orgulho tenho da minha filha” E é por isso que tento melhorar a cada dia que passa, por isso que quero sucesso na vida, por isso que me esforço pra fazer a diferença. Para dar orgulho a quem me ensinou a ter garra, a ir a luta, a não desistir nunca.
Agora, espero que toda vez que lembrares daqueles meus versinhos, daquelas mal traçadas linhas de onze anos atrás, veja o seu significado com outros olhos. Sei que não existem palavras suficientes pra descrever tudo que sinto por você, e mesmo que houvesse, ainda assim não seriam suficientes. Nosso amor é transcendente, está acima de tudo aqui. Espero que com essas palavras tenha conseguido te mostrar apenas uma fração de tudo que por ti sinto, de tudo que a ti sou agradecida. Escrever-te estas letras significam para mim muito mais do que te dar qualquer outro presente, pois isto aqui, vem do coração, vem com sinceridade, vem com amor. Feliz dia das mães. :)

Kathlen Heloise Pfiffer

Queria desejar FELIZ DIA DAS MÃES à mulher mais LINDA, DIVA e PERFEITA DO MUNDO: a minha mãe que...

1) me carregou durante 9 meses em seu ventre;
2) sofreu para me conceber a vida, mas mesmo assim sorriu aos prantos ao me ter em seus braços pela primeira vez;
3) ficou com medo de me sequestrarem na maternidade;
4) me viu andar e falar pela primeira vez;
5) com coração apertado, me levou para escola ainda bebê;
5) zelou pela minha saúde e educação até à fase adulta da minha vida;
6) quando choro, está ali para enxugar minhas lágrimas e dizer que tudo vai dar certo;
7) quando estou feliz é a primeira a compartilhar a minha felicidade;
8) me chama de bebê da mamãe mesmo sabendo que tenho mais de 20 anos;
9) sabe exatamente quando estou triste;
10) sabe exatamente quando estou mentindo, mas finge que acredita em mim;
11) se preocupa 24h comigo, mesmo dizendo que não;
12) deseja minha felicidade acima de tudo;
13) sabe dos meus medos, defeitos, qualidades e traumas e ainda me AMA;
14) me acha linda, mesmo nos meus piores dias;
15) me atura;
16) me compreende;
17) cuida de mim quando estou doente, mesmo depois dos 20 anos;
18) me mima de tudo que é forma;
19) é minha conselheira no campo amoroso, do trabalho, de moda, de saúde;
20) é a minha única e MELHOR AMIGA.

Mãe, muito obrigada por fazer parte da minha vida. Saiba que meu amor por você é imensurável.

Ninah Alves

Homenagem às mães!
Ela lê meus pensamentos... No silêncio do seu abraço,
ela me acalma, e me ouve...
Sem criticar, sorri, quando só sei chorar, e quando tudo está ruim!
Ela diz acalma-te, tenha fé...
A mamãe está aqui para sempre te ajudar!
Na sua infinita sabedoria, no seu intenso amor!
Mãe é mãe e nada irá substituir esse amor sem nada em troca pedir!
Rogo a deus, que eu me vá primeiro, pois mãe é fortaleza!
E sem ela minha vida seria somente tristeza!

Desconhecido

Homenagem às mães

Mãe, amor sincero sem exagero.
Maior que o teu amor, só o amor de Deus...
És uma árvore fecunda, que germina um novo ser.
Teus filhos, mais que frutos, são parte de você...

És capaz de doar a própria vida para salva-los.
E muito não te valorizam...
Quando crescem, de te esquecem.
São poucos, os que reconhecem...

Mas, Deus nunca lhe esquecerá.
E abençoará tudo que fizerdes aos seus...
Peço ao Pai Criador que abençoe você.
Um filho precisa ver o risco que é ser mãe...
Tudo é cirurgia, mas ela aceita com alegria.
O filho que vai nascer...

Obrigado é muito pouco, presente não é tudo.
Mas, o reconhecimento, isso! Sim, é pra valer...
Meus sinceros agradecimentos por este momento.
Maio, mês referente às mães, embora é bom lembrar...
Dia das mães, que alegria é todo dia.

J.Bernardo

Para Sempre

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Carlos Drummond de Andrade

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.

Fernando Pessoa

Ser Mãe
A missão de ser mãe quase sempre começa com alguns meses de enjoo, azia, seguido de desejos por comidas estranhas, aumento de peso, dores na coluna, emoção à flor da pele e arrumação de travesseiros e almofadas na cama, para acomodar melhor sua barriga.
Mãe não é apenas aquela que gera. Tem mãe que adota, tem a mãe que cria, mas uma coisa é fato: depois que uma mulher se torna mãe, ela nunca mais será a mesma.
Mãe é a primeira a dar condições para seus filhos viverem bem. Mãe é aquela que ama antes de ser amada. É aquela que atende antes de ser chamada. É aquela que beija antes de ser beijada. É aquela que corre para o abraço esquecendo o cansaço. Só uma mãe é capaz de se doar, de perdoar, de compreender, de aceitar e não julgar.
Ser mãe é ser feliz somente por ser mãe!
Ser mãe é ser amor e amor que ninguém esquece!
Ser mãe é ser mãe e ponto.
Parabéns e Feliz Dia das Mães!

Maykira

DIA DAS MÃES SEM A PRESENÇA DELA!

Para aqueles que, assim como eu, não tem mais sua presença terrena, ela sabe que somos seu espelho de vida, e assim desejo o mesmo a você o que desejo a minha mãe. Amor incondicional. Sinto sua presença a cada minuto por todo o santo dia. Mãe quando tem o amor recíproco do filho, sua dor causada pela separação que se faz necessária para que outras futuras mães possam nascer, continuará ela a sentir que ainda será amada e presente na vida de seus amores filiais.

O mundo espiritual matou a morte, e assim mais rapidamente ela se conscientizará que ainda vive e viverá eternamente, mesmo que separados pelos projetos divinos. Essa passagem obrigatória entre as moradas do criador funcionará apenas como uma promoção de acordo com seu merecimento, mas nunca cairá no esquecimento daqueles que os amam verdadeiramente.

E você mãe, que sofre pela dor da perda de seu filho, tenha fé na providência divina, pois amor que é amor não é orgulhoso ou egoísta, cada um de nós temos nossa missão a cumprir nessa estada terrena. Crê que um dia o reencontro acontecerá, e se não crês, não tem problema sabe porquê? Pelo simples fato de que, se é amor ele nunca morrerá! Pense nisso pois tens outros filhos para criar.

Feliz dia das mães!

Sandro Guimarães

Bom seria se todos os dias fossem o "dia das mães",
Se os filhos acordassem sensíveis a uma tamanha gratidão,
Se os corações de todos fossem presenteáveis,
Se o amor por todas elas fosse coberto de obediência, respeito, carinho e cuidados.

Ah, bom seria se todos os dias fossem o "dia das mães", se os filhos ouvissem seus conselhos como ouve o melhor amigo, se eles a tratassem realmente todos os dias como uma joia de grande valor, e pensassem bem antes de lhe responder indevidamente.

Bom seria se todos os dias fossem o "dia das mães", e os filhos não as abandonassem depois que crescessem ou constituíssem suas próprias famílias, nem as rejeitassem pelas consequências da idade que o tempo traz.

Bom seria sim se todos os dias fossem o "dia das mães", e a gente pudesse florir a vida dela como florimos hoje, e dizer a cada amanhecer sem ser preciso tantas festas aparentes... "Mãe , eu amo você".... Bom seria... Se todos os dias fosse mesmo o Dia das mães.

Cecilia Sfalsin

Dia das Mães?
- Mãe é mãe todos os dias!
O meu filho é a alegria de minha vida.
O meu filho será sempre minha prioridade.
-Eu sei o que ele pensa.
-Eu sei do que ele gosta.
-Eu sei o que ele teme.
-Eu sei que não pertenço aos sonhos dele.
-Eu sei que ele não pode entender o que é ser mãe.
-Eu sei que eu não posso entender as experiências da vida dele.
Todas as qualidades do meu filho são próprias dele mesmo e eu o acho perfeito!
Toda mãe tem muitos defeitos, comete muitos erros, na tentativa desrespeitosa de fazer parte, de ignorar a impotência, desejando criar um elo com o Futuro.
Errada ou não, enquanto estiver viva continuarei tentando fazer a minha proteção, mas a cada ano mais distante, mais ciente de que só fui parte no processo, apenas um instrumento físico e pretensioso: Não ultrapasso a mim mesma!
A parte da mãe é proteger o que assumiu, com todo seu amor.
A parte do filho é se fortalecer para vivenciar o seu tempo, um novo tempo, só e capaz, sem âncoras, numa progressão ampla em todos os sentidos.
Eu devo ter feito meus pais chorarem por mim, sem eu mesma nem notar ...
Eu devo ter dado alegria e orgulho aos meus pais, sem eu mesma nem me importar...
Fiz minha caminhada de filha e não consigo me lembrar “do trabalho” que devo ter dado. Estou dentro na normalidade, pois “memória de filho” é muito diferente de “memória dos pais”. A vida é o presente!
Estou fazendo, agora, aos setenta anos, minha caminhada final de mãe.
A minha meta é só não incomodar, pois perdi muito de minha capacidade de proteger, mas eu quero ser lembrada, pelo menos, como:
- ELATENTOU !

" Elatentou" – palavra nova, que bem me define.

Hebe, a que atenta...

Homenagem dia das mães

A todas as mães que trabalham fora, as que cuidam do lar e aquelas que estão ausentes e presentes na função de: educar, amparar, enxergar os erros, os acertos, corrigir, dar amor, colo, carinho.... contribuindo para que seus filhos sejam cidadãos de bem no futuro.
Que Deus nos tenha sempre sob a proteção do seu olhar, nos dando forças, para continuarmos nesta jornada, que para muitas mães é árdua, devido às dificuldades da vida e até mesmo, quando um filho que recebeu toda educação de boa conduta, se desvirtua.
E as mulheres que pariram, sem despertar o amor maternal, e os filhos(as) que têm as mães falecidas, mas vivas no coração, que sejam tocados pelos anjos do Senhor.

Isa Soares

Dia das mães

Vou agora tentar narrar o que com muito esforço minha cabeça conseguiu criar, a fim de demostrar meu carinho por quem nunca irá me deixar.

Deus, quando a mulher criou, colocou em seu peito o mais lindo e infinito amor. Ela já cresce com uma vontade específica: ter um filho, gerar uma nova vida.

Quando a criança nasce, seus sentimentos ficam mais intensos em seu coração e com a criança cria-se um vínculo, que nada poderá apagar nem mesmo o tempo.

Ela não consegue ver seu filho chorar, se desespera e logo corre para o acalmar. Seja no simples modo de alimentar ou quando o filho venha a se machucar, ela sempre consegue seu amor demostrar.

A criança vai crescendo e como passarinho quer voar, não percebe que tem alguém do seu lado que sempre dele cuidou, deu carinho, deu sua juventude, deu seu amor.

Agora aquele bebê lindo que precisava da mãe pra tudo um jovem se tornou, e como o passarinho o mundo quer descobrir, não ouve sua mãe e voa sem ao menos se despedir. A mãe fica com esperança de que o filho um dia irá reconhecer que precisa retribuir todo o amor e não a fazer sofrer.

Começa a aprender achando que é adulto, torna-se um ignorante do saber. A mãe tenta até avisar, filho não vá por esse caminho, pois sou experiente já sei onde ele vai dar.

Lá na frente ele começa a enxergar o quanto sua mãe estava certa e o quanto ele foi um tolo e dela não quer mais se separar. Porém sua mãe agora está envelhecendo, e isso ele não tinha pensado, achava que teria sempre ela ali do seu lado.

O tempo que no mundo ele passou, poderia estar com sua mãe e lhe dar o amor, agora o arrependimento bate no peito, pois se esqueceu da sua heroína, que o amava tanto e tinha por ele tanto respeito.

A mãe realiza seu sonho que há tanto tempo ela tem: o filho um dia iria um abraço apertado e sincero lhe dar.

Crianças, jovens, tenho um recado para lhes entregar. Não fiquem achando que ela é obrigada a te suportar, pois você só quer venha a mim e não pensa em retribuir todo o tempo que ela se dedicou somente pra ti.

Escute, sua mãe precisa se sentir amada, precisa de uma pequena e simples palavra. Então todo dia lembre-se de pronunciar, mãe eu te amo e sempre irei te amar. Pra ela isso vale mais do que um presente, pois bens materiais não substituem o prazer de um coração contente.

E tem mais, estude, busque uma profissão, para um dia poder dela cuidar e demostrar sua retribuição. Esse é o processo da vida, muitos perdem o maior tesouro que alguém poderia ter, por falta de reconhecimento e de agradecer. E por incrível que pareça muitos morrem sem isso reconhecer.

Por isso quero sempre estar do seu lado, retribuir o amor que você me deu no passado e que até hoje continua a demostrar. Não tenho dúvidas, Deus te fez com o objetivo de amar.

Feliz dia das mães.

gabriel brandão

SINTO FALTA!
Sinto falta do seu olhar penetrante, seu sorriso marcante e seu jeito simples de ser.
Sinto falta das palavras amigas, dos gestos carinhosos ou simplesmente da certeza que estavas ao meu lado.
Sinto falta dos seus beijos, das carícias em noite fria, do abraço apertado na hora em que o medo insistia em me assombrar.
Sinto falta do sim, do não, do talvez e principalmente dos conselhos exagerados.
Sinto falta do simples do complexo, do início e do fim.
Sinto falta do tempo em que nos seus braços eu podia me apoiar.
Sinto falta do tempo em que mesmo errado via no seu olhar furioso a mais bela declaração de amor.
Sinto falta dos rabiscos do cartão, que lhe entregava junto com a flor de papel crepom.
Sinto falta das cobranças e das lembranças do tempo de criança.
Sinto falta das palmadas, dos beliscões e puxões de orelha.
Sinto falta da presença, do cheiro do perfume e do jeito simples de ser MÃE!
Feliz dia das mães!

Cleverson Modesto

Eu sei que ainda vivo o sentimento que vivia no último dia das mães.
Sei que esse sentimento não vai me abandonar, nunca mais nesta vida.
Mas eu também sei que muitas vidas vivi e outras tantas me esperam, de outra forma só seria se eu não tivesse tanto a me acrescentar.
É isso que sou, um espírito caminhando em sua própria busca e aprendizado,
como você que lê, neste instante, o que escrevo sobre “quem sou”.
Então, se tenho algo a lhe dizer, não vou lhe faltar.
Somos filhos de Deus, espíritos imortais, imperfeitos, mas de uma capacidade infinita, na nossa bendita individualidade, prontos a tirar da vida a lição que viemos buscar.
Assim, não se atormente tanto com o mundo lá fora, ele está como deve estar,
o seu compromisso está dentro do seu coração. Ouça-o!
Deixe o mundo lá fora sob a vontade de Deus, aceite os desígnios divinos.
Não julgue tanto seus atos e os erros alheios, somos falhos, é assim mesmo.
Cada um, a seu tempo, descobrindo o que tolamente alguns chamam de verdade.
Porque a Verdade não é assim algo tão rígido, único, a Verdade talvez, eu disse talvez, seja o que cada um de nós é capaz de compreender.
Olhe ao redor: O tempo todo as coisas mudam, as pessoas se descobrem, se deixam, as crianças e os cães têm aquele olhar, os sonhos se refazem, o rio segue, o mar ondeia, as estrelas cintilam, o céu se movimenta.
Dentro do seu ser algo sempre lhe disse para seguir em frente.
Mesmo quando você se diz cansado, traído, desesperado, a sua voz interior avisa que ainda há muito a caminhar e você ouve:
-“Segue!”
Essa não é a voz de Deus, é só sua consciência espiritual relembrando os seus compromissos com essa vida.
-“Segue!”
Quando a agonia apontar busque a Paz, quando o mundo “doer” busque a Fé,
quando a escuridão se avizinhar seja sábio e não duvide que tudo passa, essa é a grande lição que a claridade do sol nos dá, derrubando a noite, diariamente, sem cessar.
Essa sim é a voz de Deus, avisando:
-“Estou aqui! Há sempre uma nova chance para você!”
Ninguém vai nos dizer por onde ir, mas cada um de nós sabe bem o que busca,
mesmo que nos sintamos tão confusos, tudo que queremos é um pouco de luz,
muita paz, alegria, amor e coragem.
Ah! ... CORAGEM!!!!
É só do que precisamos para começar, recomeçar e reconhecer a voz de Deus no sol:
-“Coragem!”
É quando ouvimos esse chamado que estamos em uníssono com Deus.
Então, meu visitante:
-Coragem!
Com a graça e a proteção de Deus!

Rosane Rocha de Freitas

Hoje o dia amanheceu feliz.
O dia das Mães tem cheiro de carinho no ar.
Tem forma de rosas e cor de amor.
É um dia cheio de afeto, abraços, beijos e lágrimas de felicidade e de saudade.

Quem não tem mais este anjo protetor aqui na terra, sente-se abatido por não poder presentear aquela que o amará eternamente.
Não fique triste, ela vive em teu coração.

Não esqueça... a vida é bela e você está nela.
Seja feliz em todo tempo.
Feliz dia das Mães.

Marta Felipe