Texto sobre Meninas

Cerca de 141 texto sobre Meninas

MENINAS, MULHERES,
Vamos exercitar?
O mundo ja é suficientemente machista e patriarcal,
Sofremos preconceitos e castrações da sociedade , família, desde que nascemos...
Pelo simples fato de sermos mulheres.
Vamos tentar falar menos ou NÃO falar mal uma das outras?
Que tal?
Como exercício de descontaminação,
Uma MULHER nunca fala mal da outra!
Combinado?
Obrigada/ De nada!

Waceila Miranda

Garotas de Azul. Garotos de Rosa

Ok, também não sou a favor dos meninos de azul e meninas de rosa. Acho sim, muito digno o governo conscientizar a população da realidade atual do país, ninguém tem que se meter na vida de ninguém, cada um sabe do que gosta. Só acho que se é pra fazer campanha tem que fazer para todos os tipos de preconceito. A maioria diz que não é preconceituoso, mas todo mundo sabe que existe preconceito. Então e aí? Fazemos campanhas para a inclusão e aceitação social dos gays, trans e etc, e as outras classes que sofrem preconceito? E os gordinhos? E aqueles que são considerados feios, nessa sociedade estereotipada? Todo mundo sofre (ou sofreu) algum tipo de preconceito, acho sim, válida a ideia da campanha, mas acho que deveria ter um foco mais generalizado.
Ao invés de promover a aceitação de uns e outros, poderiam apenas ensinar a população a se respeitar. Se fosse assim, duvido que haveria bulling nas escolas, espancamentos horrendos nas ruas, brigas entre torcidas e etc. Nossos problemas cairiam pela metade! Nossas crianças seriam melhores pessoas no futuro, e com certeza mais despreocupadas em ''se encaixar''. O bulling só existe porque foi implantada na sociedade a ideia de que todos tem que ser assim ou ''assado'', um molde foi inventado e todos temos que nos espremer pra caber nele, se não o fazemos, somos estranhos, feios, caretas e sei lá mais o quê.
Um monte de gente fica filosofando sobre ''ser diferente'', ser diferente dos outros é somente ser você. Percebe? Falsos e estranhos são os iguais. Não entendo porque as pessoas se renderam a isso, a maioria nem percebe que isso acontece, ou que são assim. A coisa foi tão bem feita que ninguém se toca. O mantra da sociedade capitalista é ''seja igual e critique o diferente''. Nós todos permitimos que essa sociedade se edificasse, até eu que me considero ''consciente''. As pessoas apenas se perdem no caminho... Aos 12 anos todos querem mudar o mundo e ser isso ou aquilo, mas aos 18 olham pra trás e dizem ''como eu era idiota''.
As pessoas deixam de acreditar...

Tatiana Azevedo

Chico Buarque

Sempre foi a mais bonita das meninas dessa sala.
Não, não é do Chico Buarque, é daquele que vos fala
Que, por sua conta e risco, admirava as melenas
Da menina encantadora, que não era de Atenas.

Para ela declamava os poemas de Neruda,
Era um sinal dos tempos, uma “paixonite” aguda.
Comentavam toda hora a Geni, a Carolina,
Mas um dia, a Roda viva afastou-o da menina.

Despedida lacrimosa cheia de “não me abandone”,
Procurou diversas vezes conversar por telefone.
Inspirado na Maysa ou, ainda, no Jacques Brel,
O contato se manteve, só que via Embratel.

Com o tempo, declinaram duração, ardor, freqüência
E, com o passar da banda, conformou-se com a ausência.
Corroída pouco a pouco, desabou a construção.
Amanhã foi outro dia, apesar do coração.

Muitos anos se passaram, numa festa do colégio,
Encontraram-se de novo. Dissipado o sortilégio.
Passearam em silêncio pelo pátio da escola,
Recordando os bons tempos, quando lhe passava cola.

Procurava ver no rosto da senhora corpulenta,
Entre rugas, o sorriso, o encanto, a pimenta,
Que haviam desertado sem sinal de compaixão.
Ocorreu-lhe: “Para ela é a mesma sensação?”


Conversaram mais um pouco com colegas de outrora.
Nada mais fazia a ponte do “então” e do “agora”.
Cabisbaixo, afastou-se sem que ela o notasse.
Caminhando, só lembrava a mais linda da sua classe.

Por instantes, a lembrança cativava por inteiro
Parecia-lhe ouvi-la a cantar Pedro Pedreiro
A imagem se turvava , apesar de obsessiva.
Era tudo a vingança da maldita roda viva.

Relembrava os momentos do passado esquecido
E o trauma do encontro com o grande amor perdido.
Vítima de uma lembrança que um dia o deixou louco,
Prisioneiro de uma frase “partir é morrer um pouco”.

Uma farsa do destino, um embuste traiçoeiro
O instante revivido não valia o primeiro.
Um abraço, um beijo morno e a viu se afastar
Uma lágrima a segue , um suspiro: Vai passar.

*Do livro ´´Desespero Provisório``, Ed. Edicon

Alexandru Solomon

As vezes agente teima em querer o vento que não nos pertençe.
Porque meninas choram ao ver um filme romântico?
A resposta é simples elas se colocam no lugar dos personagens,sonham e imaginam-se dentro da história,mas logo percebem que éh impossivel viver todo aquele sonho.Nem tudo nos pertençe,mas o que piora tudo é que as coisas mais dificeis são aquela que queremos.
Mas tem a história daquela pessoa,que sem saber que era impossivel foi lá e fez.
"O segredo é tentar" e se o medo de sofrer tentar te impedir,dê um passo de cada vez.

Tamires Medeiros

Saudade da Infância

A infância em que não se tinha problemas em misturar meninas com meninos no mesmo dormitório.

A infância em que a internet não podia substituir o contato com os amigos.

A infância em que a briga entre amigos durava apenas 1 dia.

A infância em que a novidade da semana era o novo colega de sala.

A infância em que a grande conquista era completar o álbum de figurinhas.

A infância em que tínhamos raiva por não entender o comportamento das pessoas que se comportavam como eu e você nos comportamos hoje.

Paulo Henrique Antunes de Almeida Moura

Casar-se
Nem todas meninas sonham com um vestido branco e um principe encantado, mas algumas merecem isso elas foram destinadas a isso na verdade e com 15 anos já tem tudo arquitetado, a igreja estará decorada com rosas brancas e vermelhas e as 19 horas entrará ao lado do seu pai ao ver todos os seus amigos ali para te prestigiar no seu grande momento toda sua vida passa diante dos seus olhos, do principio ao fim, ela se vê com 7 anos quando abomina todas essas melodrices e odeia beijos, um pouco mais a frente, 12 anos ela já tem indicios do seu "primeiro amor" e até então 15 anos na sua festa de debutante ela decide que quer se casar na igreja vestida de branco e entrar ao lado do seu pai, um pouco mais longe ela vê a sua familia reunida na sala de estar em sua casa todos sorriem alegres e contentes e caminhando mais quase chegando no altar se vê velhinha com o seu esposo ao lado sentados em uma varanda e por fim o último suspiro. Casar é escolher o homem para toda sua vida e se apaixonar todos os dias pela mesma pessoa.

Kananda Silva

DEIXA...

Deixe abertas janelas
deixa tuas meninas a mirar-me
junte-se a mim, faminto por horizontes
agora levado por uma doce vontade

De repente,
uma sede escorre involuntária
deixo que me sinta
num céu, goles sem estrelas

De repente,
uma fome toma-nos conta
deixa que eu te coma
num oceano provo teu amor por mim

SIGRID SPOLZINO

As Meninas do Mar

Bonitas e inteligentes,
Vivas, transparesecentes.
Não se sabe se são meninas ou se são adolescentes.
Perdidas elas estão, perdidas na ilusão.
Na ilusão de um caminho que ainda se está a desencadear...
Descobrir o mistério das meninas do mar.

Nadavam como peixe,
Pulavam como Golfinho.
Não sabem encontrá-las, não sabem o caminho.
Cantavam e gritavam. Falavam pelo ar.
Declamavam vários poemas e viviam a chorar...

Choravam de tristeza, choravam de alegria.
Choravam de noite e choravam de dia.
Suas lágrimas regavam aquela terra que era seca e fruto nenhum produzia.
Hoje voltou a ser seca, uma terra sem alegria.

No mar encontravam a paz, pois não tinham nenhuma moradia.
Vivam a vagar, por água e simpatia.
Todos as odiavam. Oh coitadas daquelas meninas.
No mar nasceram e no mar desapareceram.
Só queriam o bem e procuravam a família.
Eram meninas da água, mocinhas do ar...
Sumiram com o vento e nunca mais serão encontradas as meninas do mar.

Davi Luís

Mulheres Meninas
Mulheres são meninas quando querem ser
E a menina mais mulher, que eu conheço é você
Não tem como eu explicar, mas é tão fácil perceber
Entender, saber o por quer, que as meninas são assim
Mulheres ainda na infância matem a esperança de um dia
Voltar a ser, aquela criança, de sonhos indestrutíveis
De cabelos bagunçados, sorriso aberto, inocente
Nós homens não, somos tão sem noção
Precisamos dessas meninas mulheres
Para cuidar da nossa vida, como já foi citado,
“Mulheres são o que são, e não o que nós queremos que elas sejam”
Mulheres são, pardas, brancas, índias ou negras
A cor não importa, todas tem sua beleza
Meninas são tão mulheres, mulheres tão meninas,
Ao enoitecer, choram pra nos fazer sorrir
Sorrir, pra evitar o chorar, mulheres são simples
Só que a simplicidade, é difícil de entender!

Wendel Lima dos Santos

As meninas se abraçam e se tocam
Olham-se, e olham e param.
Estátuas, em pé é manhã.
O toque o olhar o encontro
O sentimento e o beijo
Ah! O beijo como um conforto
Não como um consolo
Jamais como um gesto de fugir
Jamais como uma forma de se redimir
Criando aquilo que muitos procuram
Dando aquilo que poucos têm

Dom das palavras e o poder de um microfone
Os desejos dos homens
Os quereres da gente
O som da tua boca e o tom do estalo
É o sinal do hino no estardalhaço da noite
Do frio da madrugada ao calor de meio dia
Do horário que saio ao horário que entro
Sem fazer barulho, ela vem, não sei se é ela
É o ponto ou a ponta do fim. Ponto!

Tiago Braga Barosa

Eu sinto uma tristeza quando vejo meninas chorando por causa das falsidades do amor moderno...
Ate aonde devemos fazer tantas coisas para magoar alguém sem ter a noção da dor que podemos causar.
Fico com medo de deixar meu coração exposto a isso... Mas é um risco que devo passar.
Não posso esta ao seu lado nesse momento, mas lembre, nunca desista de amar, nunca perca a fé.
Por mais que andemos em caminhos diferentes, existe apena um proposito, sermos felizes.

Valberto Fernando Veiga

A, Priscylla Barbosa
Quem era a gente? Duas meninas sorridentes em mundos completamente diferentes.
Nos unimos e depois disso apenas diversão.
Momentos felizes
Momentos tristes
Momentos engraçados
Momentos chatos
Momentos intrigantes
Momentos descontraídos
Momentos de sorrisos
Momentos de choros...
Tanta coisa, tanta conversa, tanto pensamento, tanta diferença...
Eu com os meus defeitos e você com os seus, afinal quem é perfeito? Quem agrada a todos? Quem tem tudo que todo mundo queria ter?
E essas diferenças temperam nossa amizade!
Sou agradecida a tudo que você já me fez de bom e ruim, afinal quem é bom o tempo todo?
Amo você minha amiga

Elaine Fernanda

Me perdi andando em ruínas por não ter onde rodar
Percebi de longe as meninas, logo temi tropeçar
Percebi os traços dos prédios, corri alguns quarteirões
Me assustei com bêbado velho mas não bati nos portões
Isso é o que eu devia fazer, to aqui pra espairecer
Sai pra me acalmar, ninguém vai me encontrar
Se alguém telefonar: morri

Phill Veras

O que transforma as meninas de hoje em mulheres mas cedo?
A alto suficiência de se própria ou fato do corpo aparentar uma mulher ao invés de uma menina.
isso é o mistério da vida na atualidade.
Quando as meninas se ornam mulheres mas cedo e com isso vem a dura realidade da vida de uma verdadeira mulher.
E cedo contrair filhos e marido, e logo uma casa para cuidar esquecendo assim sua juventude.
Que perdida não tem mas volta a não ser a dura realidade.

Neilton Silva Nogueira

Soldados

Nossas meninas estão longe daqui
Não temos com quem chorar e nem pra onde ir
Se lembra quando era só brincadeira
Fingir ser soldado a tarde inteira?
Mas agora a coragem que temos no coração
Parece medo da morte mas não era então
Tenho medo de lhe dizer o que eu quero tanto
Tenho medo e eu sei porque:

Estamos esperando.

Quem é o inimigo?
Quem é você?

Quem é o inimigo?
Quem é você?

Quem é o inimigo?
Quem é você?

Quem é o inimigo?
Quem é você?

Nos defendemos tanto tanto sem saber
Porque lutar
Nossas meninas estão longe daqui
E de repente eu vi você cair
Não sei armar o que eu senti
Não sei dizer que vi você ali.
Quem vai saber o que você sentiu?
Quem vai saber o que você pensou?
Quem vai dizer agora o que eu não fiz?
Como explicar pra você o que eu quis
Somos soldados
Pedindo esmola

E a gente não queria lutar.
E a gente não queria lutar
E a gente não queria lutar
E a gente não queria lutar.

Legião Urbana

Reis e rainhas

Tantos meninos
Tantas meninas
Crianças inocentes
Num mundinho tão simples

Miram o mar
Brincam de navegar
Correm ao vento
Sem preconceitos

Contam estórias
De faz de conta
Acreditam nas fadas
Guardam os dentinhos

Pulam as estrelas
Sorriem com o sol
Apagam as luzes
Da lua cheia

Tão bom ser criança
Tão bom ter esperança
Acreditar no papai noel
Pensar que o limite é o céu

São reis e rainhas
Encantando seus súditos
Com artes e estrepolias
Tesouros dos pais, avós e tios

Tão simples a vida
De felicidade plena
Tão sábias crianças
Deliciosas lambanças...

Nane vs

Dizem que as meninas estão em busca do príncipe encantado.
Ou que algumas preferem o lobo mau, acho que todos lembram desta forma de pensamento que sempre rodeia o mundo feminino.
Mas, a menina, a menina que senta e vê a chuva caindo, ela não quer o príncipe nem o lobo, ela só quer um amor de verdade, um amor fora dos livros infantis e livros adultos.
Ela quer ter com quem conversar, contar seus lamentos, deixar suas lagrimas rolarem e dar seus melhores e mais belos sorrisos.
E no fim da tarde, deitar no sofá e receber un beijo e um carinho.
Ela não quer ficção, ela quer alguém de verdade.
Com defeitos e acertos, sem juras, sem promessas.
Apenas alguém que aceite-a sabendo como confusa ela é.

Tatiana Corrêa

Meninas, aprendam: se alguém lhes disser "- Vc é linda, que está bonita", nunca diga "Imagina, bondade sua!" , "São seus olhos", e tantas outras desculpinhas!
Diga "Obrigada" e ponto final! Não precisa se desculpar por ser linda...Assuma-se e sinta-se linda! Isso tbm é lindo!

Mell Glitter

FELIZ DIA DA MULHER A TODAS NÓS!
Feliz dia da mulher as meninas, as tias, as avós, as amigas, as colegas, as mães, as filhas.

Feliz dia da mulher as gordas, as magras, as feias, as belas, as jovens e as velhas; as que conseguem manter o padrão de beleza que a mídia impõe, e as que conseguem ser elas mesmas e ser feliz assim mesmo.

Feliz dia da mulher as mulheres que tiveram que dar seus filhos porque não puderam cria-los, e feliz dia da mulher as que tem seus filhos ao seu lado. Feliz dia da mulher as que tiveram que enterrar seus filhos que foram levados pela violência ou pela doença.

Feliz dia da mulher, as mulheres que morreram assassinadas por seus companheiros e feliz dia da mulher as que tem um casamento, um namoro feliz e com homens que as respeitam.

Feliz dia da mulher a todas, que trabalham as vezes mais que os homens e não ganham a mesma coisa. Feliz dia da mulher as mulheres que conseguiram seu espaço no mundo do trabalho. Parabéns as que perdem vagas em que seriam mais competentes, simplesmente porque correm o RISCO de engravidar e o empregador ter gastos com faltas e direitos trabalhistas.
Feliz dia da mulher a NÓS que somos maioria, mas somos tratadas como minoria, e ainda temos ( talvez por muito tempo), que lutar contra isso.
Mas saibamos que a maior luta ainda ainda é contra nós mesmas. Contra aquilo que acreditamos que merecemos, contra nossa falta de visão do mundo e da nossa força.

Não vejo muito a comemorar no dia do hoje, ao ver uma fila de cinema cheia de MULHERES empolgadas para assistir " 50 tons de cinza" e sinceramente, o sucesso desse livro e filme, é um reflexo dos 50 tons de cinza da existência da mulher hoje.

Ver um bando de mulheres ( sim , elas mesmas, que querem ser tratadas como iguais) babarem ao ver uma mulher se chamar de "desajeitada" ser amarrada, ser abusada fisicamente e emocionalmente, e ainda assim , ( acreditem) se "apaixonar" por seu algoz. Isso me entristece. Não só por mim, mas pelas meninas que esse filme esta formando e levando-as a acreditar que isso é um relacionamento normal entre homens e mulheres. Será que la no fundo, o sucesso desse best seller não nos diz: "olhe bem, lá no inconsciente somos assim..."?

Não critico o livro, vender é o objetivo no mundo capitalista.
O que quero dizer, é que muitas mulheres são as culpadas por sermos vistas como somos pelos homens, pela sociedade e pela mídia.

Feliz ano da mulher! Isso é o que desejo a todas. Que a nossa feminilidade não precise ser destruída pelo feminismo radical, mas também que saibamos nos colocar ao lado dos homens, sem oprimi-los ou deprecia-los para mostrar o quanto somos livres, interessantes e maravilhosas.

Abraço a todas as mulheres em quem me espelhei para ser quem sou hoje.
Abraços a todas as mulheres que ajudei a formar e a todas que convivem comigo.
Força, energia, determinação e muito amor a todas.
Parabéns a cada uma de nós pelas nossas vitórias!
Edolesia Andreazza.

Edolesia Fontoura Andreazza

...meninas, comecei a assistir ao filme que elas estava assistindo,coloquei minha mão nos cabelos da Bruna e comecei a acaricia-lo e logo senti meu celular vibrar,haviam duas mensagens.
“Oi seu feio! Volto hj. Bjx”-Sorri animado com a noticia e percebi o “pescoção” das meninas.
-HUM,quem volta hoje hein JONINHAS?-Jéssica perguntou.
-Uma amiga minha.
-Que amiga?-Elas perguntaram num “coro”.
-Eita,quanta curiosidade! Uma amiga que eu conheci ontem.
-Amiga mesmo?-Bru perguntou erguendo uma de suas sobrancelhas o que eu achei meio indecifrável.
-Claro que sim.-Disse gaguejando.Elas se olharam e disseram.
-Aham.Amiga...
-Parem de besteira,eu não vou ficar com ninguém.-Mais uma vez ela falaram juntas.
-Não falamos isso.
-Eu to falando já. Eu quero beijar alguém que não é ela. –Olhei pra Bruna que ficou vermelha. Jéssica levantou os braços e disse.
-Sobrei.-Começamos a rir e eu voltei a prestar atenção no filme.Depois de uns segundos meu celular vibrou duas vezes seguidas.
“Beija logo!!”-Sms da Jéssica e a outra dizia.
“Quero saber o que vamos fazer hoje. Porque você não vai me deixar ficar depressiva nas férias.” - Duda mandou. Respondi-a primeiro.
“Ok,vamos combinar algo. O que você quer?” E para a Jéssica eu respondi.
“Dorme que eu beijo.Acho que ela tem vergonha”. –Vi ela lendo e logo depois disso ela virou para o lado e “dormiu”.Voltei a acariciar o cabelo da Bru e fui me achegando,percebi sua respiração mudar e fui encostando meus lábios nos dela, ela foi retribuindo aos poucos,fiquei de frente pra ela e com a mão em sua cintura, aumentamos o ritmo do beijo,meu corpo começou a ficar quente, deslizei a mão que estava na sua cintura para dentro da sua blusa e comecei a acariciar sua barriga e sua cintura, a mão dela estava em meu rosto acariciando e depois de um tempo tinha ido para minha nuca, senti meu corpo arrepiar quando suas unhas arranhavam o local, parei o beijo lentamente e comecei a beijar seu pescoço, escutei o suspiro dela,fiquei entre suas pernas e levei as mãos pra suas coxas puxando ela mais pra baixo no colchão, puxei suas pernas pra minha cintura e voltei a beijá-la, senti suas pernas me apertarem,levei as mãos pra dentro da blusa dela novamente e cheguei em seus seios apalpando com um pouco de força,ela parou o beijo assim que eu fiz isso.O porque eu não sei, mas fiquei só com um selinho sem graça no final.Fui para o lado dela novamente só que agora com vergonha.Ficamos quietos, senti meu celular vibrando.
“To com vontade de tomar cerveja!!” –Ao ler a sms da Duda me deu vontade também.
“Ah,vem aqui em casa,vamos tomar cerveja,comer batatas e assistir filmes.”-Alguns minutos depois ela respondeu.

eu D