Texto Não Literário

Cerca de 43 texto Não Literário

Pastelaria

Afinal o que importa não é a literatura
nem a crítica de arte nem a câmara escura

Afinal o que importa não é bem o negócio
nem o ter dinheiro ao lado de ter horas de ócio

Afinal o que importa não é ser novo e galante
- ele há tanta maneira de compor uma estante

Afinal o que importa é não ter medo: fechar os olhos frente ao precipício
e cair verticalmente no vício

Não é verdade rapaz? E amanhã há bola
antes de haver cinema madame blanche e parola

Que afinal o que importa não é haver gente com fome
porque assim como assim ainda há muita gente que come

Que afinal o que importa é não ter medo
de chamar o gerente e dizer muito alto ao pé de muita gente:
Gerente! Este leite está azedo!

Que afinal o que importa é pôr ao alto a gola do peludo
à saída da pastelaria, e lá fora – ah, lá fora! – rir de tudo

No riso admirável de quem sabe e gosta
ter lavados e muitos dentes brancos à mostra

Mário Cesariny

Última Carta:
Querida Holly, Eu não tenho muito tempo, não digo literalmente é que você foi comprar sorvete e vai voltar logo! Mas tenho a impressão de que é a última carta porque só resta uma coisa pra dizer, não é para se lembrar sempre de mim ou comprar um abajur, você pode se cuidar sem a minha ajuda, é para dizer como você mexeu comigo, como você me ajudou me amando, você fez de mim um homen, Holly, e por isso eu sou eternamente grato, literalmente. Se pode me prometer alguma coisa, prometa que sempre que se sentir triste ou insegura ou perder completamente a fé vai tentar olhar para si mesma com meus olhos. Obrigado pela honra de ter você como esposa, eu não tenho o que lamentar, tive muita sorte. Você foi a minha vida Holly, mas eu sou apenas um capítulo da sua, haverá mais eu prometo portanto aqui vai o meu grande conselho: não tenha medo de se apaixonar de novo, fique atenta àquele sinal de que não haverá mais nada igual.
P.S. Eu sempre vou te amar.
(P.S. Eu Te Amo)

Cecelia Ahern

Não quero nenhum lugar no universo da literatura. Tudo o que deveria ser dito ou escrito já foi realizado. A luta é insana e torturante, requer esforço sobre-humano para se manter visível e consumível.
Há muita cacofonia no mundo. Quero parar de ouvir, ver e sentir, me concentrar no nada, no ócio não criativo.

ICBA, 26 de setembro de 2013

Valdeck Almeida de Jesus (jornalista)
Inserida por valdeck

Literatura não Póstumas de Samuel Augusto
Nem JOÃO GUIMARÃES, ou CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE,
Nem CECÍLIA MEIRELES, ou MARIO DE ANDRADE,
Nem JORGE AMADO, ou LIMA BARRETO,
ou EUCLIDES DA CUNHA, ou MONTEIRO LOBATO,
Nem sequer AUGUSTO DOS ANJOS, nem ÉRICO VERÍSSIMO,
Nem MANUEL BANDEIRA, ou GRACILIANO RAMOS,
Está homenagem que fez fui Eu,
Samuel Augusto, à Literatura que ainda não Morreu.

Samuel Augusto
Inserida por sasgag

Uma literatura que não respire o ar da sociedade que lhe é contemporânea, que não ouse comunicar à sociedade os seus próprios sofrimentos e as suas próprias aspirações, que não seja capaz de perceber a tempo os perigos morais e sociais que lhe dizem respeito, não merece o nome de literatura: quando muito pode aspirar a ser cosmética.

Alexander Soljenitsyne

O dia de não trabalhar não é o dia de se distrair – literalmente, ficar desatento. É um dia de atenção, de ser atencioso consigo e com sua vida. A pergunta que as pessoas se fazem no descanso é “o que vamos fazer hoje?” – já marcada pela ansiedade. E sonhamos com uma longevidade de 120 anos, quando não sabemos o que fazer numa tarde de domingo!

Nilton bonder

Entre na onda da simbiose
Literária
Amorosa
Carnal

Não se afogue em preconceito
Ignorância
Na aceitação só do que classifica ser normal

Pegue sua prancha
Essa que você não tira debaixo do braço
E saia da areia

Pule pra água
Se encharque
Deixe a cabeça molhar

Quem sabe assim não brota algo mais daí ?

NaNa Caê

A vida, literalmente não é como você pensa.
Você pode tentar decifra-la pela eternidade e nunca vai conseguir desvendar seus mistérios.
A dor, que você pensa que aguenta, é maior que você.
Mas também, a mesma dor, que você pensa que não aguentaria, te fortalece, e te traz pelo menos algo bom.
O medo, que te faz se esconder atras de algo, é o mesmo que te faz enfrentar as coisas com a cabeça erguida.
O amor, aquele que você acha que não é verdadeiro, ao mesmo tempo se torna imortal.
A raiva, que te faz ver as coisas no pior ponto de vista possível, é a mesma que te faz enxergar o quanto todos nós somos parecidos.
A fé, que se quebra em pedaços, é a mesma que te faz acreditar que tudo é possível.
E a felicidade ? Ah, a felicidade, a tão sonhada felicidade, essa sim, é a que te faz voar e cair, chorar e rir, ter forças e ser fraco, rir ou gritar de nervoso, tudo isso ao mesmo tempo ! Uma mistura de sentimentos que nada, nem ninguém explica.
Não é eterna, mais dura tempo suficiente, para tornar um pequeno momento, em uma grande lembrança, daquelas que quando você lembra, enche os olhos de lágrimas.
Então, apenas viva, um dia de cada vez, pois a vida, é apenas uma mistura de sensações e aprendizados, sejam eles bons ou ruins.

Veridiana

Quando dizem que o tempo voa, não é exagero, o tempo literalmente voa,
voa pelo espaço-tempo, e leva com ele tudo, ou melhor, quase tudo.

Existem coisas que ele não consegue levar, como as lembranças, a memória-viva em nós, os sentimentos, as amizades.
O tempo por mais que poderoso, em sua definição totalmente incrível e inexplicável, ele não é forte o suficiente para tirar de nós as coisas boas que cultivamos com quem gostamos, e isso mostra a força de uma verdadeira e genuína amizade.

Como o tempo é brincalhão, acho que por ele não conseguir arrancar de nós aquilo que guardamos em nossos corações, ele resolveu em vez de nos tirar, nos acrescentar algo amargo e doloroso, a saudade.

Não sei dizer se a saudade foi um presente de grego que Deus nos deu, só pra nunca esquecermos das coisas, ou se ela pode ser considerada algo bom justamente por não nos deixar esquecer e despertar em nós uma vontade doida de manter contato com alguém ou nos trazendo à memória as boas lembranças de algo ou de alguém.

Como o tempo passa depressa, mostrando a cada um de nós o que podíamos ter feito e não fizemos, as oportunidades perdidas, mas ao mesmo tempo nos mostra aquilo que conquistamos e fizemos de bom, nos mostra que não existe de fato tempo perdido.

Dimitry Duarte

Dimitry Duarte

Sabe aquela sensação que você está sozinha?! É sozinha, não estou me referindo no sentido literal da palavra, mas de estado de espírito, aquela sensação que mesmo estando com várias pessoas ao seu redor, você sente-se sozinha, mesmo conversando e sorrindo, há uma sensação de vazio, parece faltar alguma coisa, ate parece meio sem lógica o que eu estou “falando”, mas realmente é assim que acontece, o engraçado é que nem mesmo nós sabemos explicar o que se passa, o que está faltando?! Sentada, começo a olhar para os lados, com movimentos repetitivos, giro a cabeça de um lado para o outro como se procurasse alguém, como se estivesse ansiosa esperando por alguém, mas ninguém aparece...
Ai eu percebo que não estava esperando por ninguém, não tinha marcado com ninguém, seria esse o reflexo do meu inconsciente, que queria estar a esperar por alguém? E novamente, quando me “cai à ficha” volta àquela sensação. E eu me pergunto: “meu Deus, não tenho motivos para me sentir assim, queria entender o porquê desse sentimento de vazio, o porquê desse sentimento de solidão?”.
E mesmo sem entender, eu continuo a caminhar, sei que falta algo, mas tenho a certeza que logo chegará! E no dia em que chegar, eu direi: “então era você, por quem tanto esperei!”.

Martina Alencar

Literalmente Amor...

Não poderia ser diferente, não poderia ser outro lugar. O Arpoador tem um pôr do sol que faz a alma de qualquer um aplaudir. Dono de beleza singular conta a história de quem mora no bairro – como eu –, ou de quem vai até ele só para alimentar o coração de sol, balé das águas e paz. O Arpoador é poliglota, sem raça, ou local onde as raças se encontram – e talvez seja o contorno de areia mais cosmopolita e democrático de Ipanema.

Sem sentir, o Arpex virou meu santuário, meu camarada, meu confidente. Me espera quase que diariamente só para saber como estou e me encher de beijos com cheiro de maresia molhada. Já enxugou muitas lágrimas, riu de minhas histórias, ouviu minhas músicas, participou de encontros amorosos capazes de deixar muitos casais morrendo de inveja ou a polícia enfurecida. Mas o gesto mais genuíno de todos foi ele ter me cedido a sua beleza, seu balanço das ondas e seu poço de inspiração para dar asas a minha imaginação e ser palco principal de meu primeiro romance, A bailarina da loja de tapetes.

É Arpex, virei escritora... e você foi meu muso inspirador... Obrigada... Coloque seu melhor sol no dia do lançamento... Te vejo amanhã!

Ana Flávia Corujo

E quem um dia poderia imaginar que o fim chegaria mais rápido do que imaginávamos? Não, o fim literalmente-o corte brutal da linha que nos ligava, e sim o distanciamento. Fizemos tantos planos, tantas promessas que foram quebradas apenas com um “Adeus”, nenhuma explicação concreta, nenhuma resposta para todas as perguntas.
Eu realmente lamento por esse tempo que estamos passando separados, sinto muito, muitíssimo pelas mágoas que ficaram de todas as palavras que não foram ditas. Eu sei que um dia nos veremos de novo, eu posso sentir por todo o meu corpo. Quando penso que não, que chegamos realmente ao fim, uma voz grita que não, que ainda há muito o que ser vivo, e eu acredito e vivo em cima disso, porque quando disse que queria passar minha vida ao seu lado, eu disse sério.

C.or sou-ofmysoul.tumblr.com
Inserida por carolrigon

O homem não atrai o que ele deseja, mas sim o que ele é.
O homem é literalmente o que ele pensa, seu caráter é a soma completa de todos os seus pensamentos.
Toda ação e todo sentimento são precedidos por um pensamento.
Os homens são ansiosos para melhorar suas circunstâncias, mas enquanto forem incapazes de melhorar a si mesmos, eles permanecem limitados.
Pensamento acurado começa com as palavras que nós dizemos a nós mesmos.
As circunstâncias não fazem o homem, elas revelam o homem a ele mesmo.
Assim como uma pessoa sem força física pode ficar forte através de constante treinamento, uma pessoa com pensamentos fracos pode tornar-se forte exercitando-se para o pensamento acurado.

James Allen
Inserida por filipeleaop

Sua magoa não é minha, sua magoa, é literalmente sua, assim se da com a sua tristeza, sua raiva, seus erros...
Você pode ate iludir-se, atribuindo-as a mim mas... Não pode mudar o fato de que a solicitou de seus pensamentos, não dos meus.
A ocasião não faz o ladrão ela apenas testa se vai, ou não, haver o delito.

Julio Ramos da Cruz Neto
Inserida por JulioRamos

a verdadeira educação nao desconhece o valor dos conhecimentos cientificos ou aquisiçoes literarias
mais acima da instrução aprecia a capacidade e a bondade de caráter o mundo não necessita tanto de homens de tanto intelecto ,mais de nobre caráter.
a formação do caráter é q já foi confiada aos seres humanos e nunca dantes o seu diligente estudo foi tao importante como hoje.

isrrael damaceno
Inserida por isrrael

Querida Holly, eu não tenho muito tempo. Não digo literalmente, digo, você saiu pra comprar sorvete e logo estará de volta. Mas tenho um pressentimento de que seja a última carta. Pois só me resta uma coisa pra te dizer. Não é para que eu te lembre de comprar uma lâmpada, pode tomar conta de si mesma sem a minha ajuda. É pra te dizer o quanto mexeu comigo. O quanto me mudou. Você me transformou em um homem ao te amar, Holly... e por isso eu sou eternamente grato. Literalmente. Se puder me prometer algo, prometa-me que quando estiver triste ou insegura ou quando perder completamente a fé, você tentará ver a si mesma através dos meus olhos. Obrigado pela honra de ser minha esposa. Sou um homem sem arrependimentos. Um homem de sorte. Você foi a minha vida, Holly... mas sou apenas um capítulo na sua. Haverá mais. Eu prometo. Então aqui vai, o principal: Não tenha medo em se apaixonar novamente. Fique atenta para esse sinal quando a vida que você conhece terminar.
P. S. Eu Sempre irei te Amar!
(Filme P.S. Eu Te Amo)

Cecelia Ahern
Inserida por LVertuan

A vida e o que fazemos enquanto nao vem a morte...
Viver literalmente e um desafio que precisamos vivenciar com serenidade perene.
Viver pode ter dois estágios... Estar feliz com o que somos ou temos, ou estar ativamente na busca de ser feliz alguns anos dos que nos resta.
"Tao simples quanto isso..."
Fraterno abraço e sorriam !!!

Elmar Santos
Inserida por ElmarSantos

O NADA LITERÁRIO
Cuidado com a “literatura” que não serve como literatura para o conhecimento sobre si mesmo, nem para prolongar a longevidade, porque para se chegar à verdade não há sabedoria nem caminhos.

"Psychic operator" pelo Mind Control Institute Inc. Laredo Texas - USA

AGENOR ALVES SANTOS
Inserida por Agenor-escritor

Odeio, odeio, odeio o amor.
Odeio literalmente o amor.
Mas não o amor de pai, mãe, amigos e irmãos.
Odeio aquele amor.
O que preenche o coração.
Odeio o amor com todo ódio e rancor.
Odeio o amor que faz feliz simplesmente por ser seu amor.
Odeio o amor de filmes, séries e novelas.
Odeio o amor que te espera na janela.
Odeio o amor que te da presente, lembranças e bombom sabor nutella.
Odeio amor de musicas.
Odeio amor que tem uma musica.
Odeio amor que te abraça.
Odeio o amor que te acalma.
Odeio o amor que olha no fundo dos olhos e enxerga sua alma.
Odeio o amor que entende seus dias difíceis, sua dor.
Odeio, odeio, odeio o amor.
Odeio o amor que tem cheiro.
Odeio amor de tatuagem e tal.
Odeio o amor carnal.
Ai, como eu odeio o amor.
Odeio o amor que te liga, te manda mensagens e pergunta como foi seu dia.
Odeio o amor que te dá arrepios, frio na barriga e calor.
Odeio o amor que beija com toda vontade e ardor.
Meu Deus como eu odeio o amor.
Odeio saber que existem pessoas felizes com amor.
Odeio pessoas que vivem do amor.
Ah odeio o dia dos namorados também.
Odeio, odeio, odeio o amor.
Jamais vou deixar de odiar o amor.
Odeio quem diz: eu te amo. Sendo que troca de amor de ano em ano.
Odeio amores melosos, cheios de ‘’mimimi’’.
Odeio você senhor amor.
Fazem-me um favor?
Quando eu morrer coloque a seguinte frase:
Aqui jaz aquele que odeia muito o amor. Pois o amor que ele amou nunca o notou e jamais o amou.

Estevão Brito
Inserida por estevao31

SEM MEDO...

Não tenho medo de ir em busca dos meus sonhos... No mundo da literatura me vejo uma discípula que segue seu mestre feito criança na aventura de seus primeiros passos. Quero galgar por esse caminho fantástico o qual julgo, francamente, ir rumo a fabricas de sonhos e fantasias, onde muitos encontram conhecimento e entretenimento. Com avidez procuro empenhar-me em contribuir para que todos viagem comigo nessa aventura e juntos vivermos esse fantástico mundo de fantasia e conhecimento.

Valda Fogaça