Texto de Sexo

Cerca de 123 texto de Sexo

REVERENCIA AO TODO

Obrigado coração que ja me matou de amores, jorrou rios de minha seiva por dentro de eu e me ensinou o perdão.
Obrigado pulmão que ventanias ja me fez engolir.
Obrigado orelhas que tanto segredo ouviu e boca que tantos contaram.
Obrigado olhos espelho de minh'alma.
Obrigado boca, lingua e grandulas.
Obrigado exofago, pancreas, tripas, intestinos delgado, grosso e fino.
Obrigado neuronios, meu cerebro um tanto real.
Obrigado meus pés pela estrada, aos braços pelas construções e mãos pelas tombos que a todos sempre ajudou a reerguer.
Obrigado irmãos, porque nós todos juntos formamos o eu.
Obrigado por nunca terem me decepcionado, por jamais me abandonarem, por comigo chegarem donde aqui estou, donde aqui estamos.
Obrigado carater, honratez, caridade, solidariedade, moral e lealdade que sempre me acompanharam.
Obrigado meus ocultos irmãos.

Janicelio
Inserida por janicelio
1 compartilhamento

Amo a Chuva!
Chuva é um fenômeno meteorológico que resulta da precipitação das gotas líquidas ou sólidas da água das nuvens. Durante o fenômeno, gotas pequenas crescem por difusão de vapor de água. Ao cair, a profusão de gotas refresca os ambientes, alimenta lagos e rios, mata a sede, escorre pela terra, lambe os corpos e convida ao entrelaçamento de braços e pernas e libera sons mágicos.

Alexandre Scaldaferri
Inserida por ascaldaferri
1 compartilhamento

Trocando as Bolas – por Lene Campos

Opa ! Não é nada do que você pensou : trocando as bolas aqui tá falando de situações e não “daquelas” bolas… Rsrsrsrsrss

Vamos rir não é mesmo ! Faz bem e nos deixa mais jovens. Opa, a grana anda curta pra BOTOX.

Quero falar das grandes(bolas, ops) trocas e das pequenas também!!! Kkkkkkkkkkkkkk
Quero falar de trocar o Certo pelo Duvidoso.

Que delícia viver a vida com despreendimento. Que delícia arriscar .

Você trocar um cara meio certinho, pelo sacana que te joga na cama e te faz esquecer de tudo.

Você trocar um “namoro falido” por um affair que te faz um bem enorme.

Trocar aquele cara que talvez , pudesse até se tornar seu marido, mas que insisti em ressaltar seu defeitos por um amante delicioso e que sabe valorizar cada segundo ao seu lado.

Trocar o que te deixa pra baixo, por alguém que te coloca pra cima , por cima …

As nossas escolhas também podem ser meio malucas. As nossas escolhas podem não ser tão admiráveis, nem tão coerentes… ( minha amiga me disse que não tem culpa católica) e que vive intensamente.

E isso menina, vive ! Mas vive pra valer.
Vive o que vida tem te trazido de bom. Vive o que faz sua pele estremecer.
Vive o que faz seu coração vibrar.

E troque o Certo ou o Duvidoso , mas troque pelo que te faz sentir : mulher , querida , desejada, respeitada.

Prefira ser chamada de “gostosa” do que de chata.

Prefira ouvir sussuros do que gritos de homem estressado ou indeciso.
Que a única indecisão seja o lugar que vocês terão os próximos bons momentos.
Que se for pra chorar que seja de saudade , mas saudade com reciprocidade.

Não sei se você captou ,mas as melhores coisas das vida também devem acontecer só em off…

Lene Campos
Inserida por lenecampos30
1 compartilhamento

"... tenta ao menos me amar
Só não me trate como uma qualquer
Só não me traia em algum destes cabarés
Se um adeus é a solução
Então, parta em paz
Adeus! Até nunca mais.."
___________________________________________
Insta: @william.calixto.barbosa
Face: pt-br.facebook.com/damadecabelosnegros

William Calixto
Inserida por williamcalixtob
1 compartilhamento

Toda sorte de amor que se espargi numa cama.
Todo azar de um amor engando, que numa cama permitiu-se ficar.
Toda vida em pensamentos, em lembrança de momentos, que nunca mais voltarão, mesmo quando desejado estes foram.
Toda sede consumida, tanta fome saciada e tanta fraqueza de espirito por falta de sustentação

Eduardo Gonçalves de Castro
Inserida por pensadoredu
1 compartilhamento

Não reprimo meu desejo!
Como tudo que tenho vontade
Bebo tudo que quero e na quantidade que posso
Realizo os meus planos inconsequentes
Transo sempre com minhas ousadias
Faço amor com quem me der na telha
Durmo pouco ou muito quando estou com vontade
Eu desejo o meu desejo e pelos meus desejos pago o preço
Só loucos são felizes nessa vida
Só loucos!

Eduardo Gonçalves de Castro Andac Salgueiro
Inserida por pensadoredu
1 compartilhamento

PERNAS PRA QUE TE QUERO

(Cântico)

Pernas, pra que te quero?
Velozes, inquietas, entrelaçadas;
Presas a mim, abertas - descobertas.
Cruzadas - Ah, nó sem fim....

Brancas, vermelhas - Floridas com curvas.
Torneadas, desmaiadas - sobre a cama.
Enforcam-me, mordo, tiro o laço,
Escorrego, abraço - mergulho no abismo.

Sanha a boca, abrocham os lábios.
Desabrocha a fenda, floresce; adormece,
Arrepia os espinhos, fere-me o peito.
Devoro caminhos, me perco nas coxas.

Me encontro, na fonte da vida,
Entrando e saindo; salivando palavras.
Murmuro desejos, doces desejos!
Azedam os beijos agridoce sabor.

Da gruta à floresta, bosque sombrio,
Denso nevoeiro: noturnos silêncios,
Doloridas saudades. Orvalhadas contínuas,
Jorram - luminosas tempestades!

(Lamento)

Pernas, pra que te quero?
Trêmulas, frias e assombrosas.
Se não, para fugir do mundo!

Pernas, assim me perco. Morro!
Fecha-se o cerco, murcham os lírios,
Feneço nos campos...

Pernas, abram-se a mim, perto do fim.
Ainda não acabei. Pernas, escorrem de ti
O sol das manhãs, tardes afins.

Pernas, este canto se encerra,
Com versos floridos, umedecidos,
Por nectários desejos....

Diego Evair
Inserida por DiegoEvair
1 compartilhamento

Muito prazer em te conhecer


Desaprendi o amor com você
no dia em que te conheci, experimentei
feito experimenta-se uma dose de cicuta
esse seu desamor sempre tão latente.
Hoje não amo mais ninguém
nem eu mesmo.
E agora que estamos em sintonia
e nos tornamos igualmente cruéis
frios e insensíveis
que tal recomeçarmos do início?
Oi... Muito prazer em (re)conhecê-la.

J.W.Papa
Inserida por JotaW
1 compartilhamento

Como são longos os dias em Bogotá
Tempo bom. Vida mansa
Quando tudo fica ali, pra lá de Bagdá.
E a palavra inalcançável, um sonho de criança.
Mas essa névoa que se fixa
Ó Deus! Esta névoa que te imunda de malícia
Da infância o que ecoa, são frutos de uma mente prolixa.
Chuva que cai, pinga, incomoda. O que há é o suor e sua carícia.
Sou do tamanho daquilo que deixei para trás.

Darlex Machado
Inserida por darlex
1 compartilhamento

Já falei de você...

Já falei de você pro meu lençol, minha cama e cobertor.
Falei do seu corpo, teu sorriso e do seu cabelo.
Falei de sua boca, sua força e do seu cheiro.
Falei do quanto eu me sinto bobo perto de você.
Uma criança excitada pela pela primeira vez na vida.
Eles já sabem, te tanto eu contar
quantas loucuras eu faria com você.
Então eles me perguntam:
O que ela tem que te fascina tanto?
E eu não sei responder...

Chris Borges
Inserida por ChrisBorges
1 compartilhamento

Perpendicular paralela

Duas linhas não se cruzam por acaso.
Talvez as nossas formem uma perpendicular perfeita
produzindo um ângulo reto
que se encontra de modo exato no prumo.
Adjetivo de dois gêneros (masculino e feminino)
Erguendo-se e descendo em um movimento uniforme e contínuo.
Mas... também, pode ser que sejam linhas paralelas.
Linhas que se seguem lado a lado e que nunca se encontram.
Segmentos de reta, com os mesmos coeficientes angulares
mas que nunca se encontram e nem se tocam.

Chris Borges
Inserida por ChrisBorges
1 compartilhamento

Bebo porque tenho sede
Choro porque tenho vontade
Rir é uma contradição
Grito por não ter opção
Não sou uma cobaia de laboratório
Não me meça, comensure e nem me avalie
Me explore, violenta com vontade
Me coma e me vomite
Me consuma, me explore
Mas não me entenda
Não me explique

Chris Borges
Inserida por ChrisBorges
1 compartilhamento

O meu desejo nesta noite,
É teu beijo e o aroma que exala do teu corpo;
O calor contagiante das suas mãos a me tocar,
O arrepio ao te sentir na minha nuca a respirar
Despertando os meus sentidos
Aguçando a libido enlouquecendo-me
Com sussurros delirantes no ouvido
Os beijos e abraços apertados,
Em meio aos nossos corpos já despidos e suados,
A tua mão passeia e desvenda cada parte do meu ser
Com um misto de mordidas e carícias puxões e levantadas,
Viramos petecas sendo atiradas contra uma parede e outra
Deste quarto mal decorado;
Em fim a cama e encontrada nos atiramos
Então você despe-me do salto e retira-me a lingerie com a boca
Deixando-me mais louca Me tortura com tal ato.
Cobrindo com beijos o meu corpo
Após me amarrar junto às grades da cama,
Contorcendo de excitação
Com você transformando
O meu corpo no seu parque de diversão
E nesse brinquedo deixa nos perder
Fazendo nossa fonte de prazer,
Gemidos se confundem a essa altura
A sua mão levanta a minha cintura
Libertando-me das grades ao me beijar...
Agora eu te mosto,
O quão eu solta posso,
Contigo entre os meus braços, te conduzo pelo quarto,
Levo-te pra mesa no canto te sento beijo, lombo te ama...
Minha linda, agora te faço,
Morrer de prazer em meus braços, Seu corpo se treme e gela... Tão bela
O teu líquido é o alimento que preciso teu perfume o aroma que aguça
e os teus braços o cobertor que aquece o meu corpo nu.
Agora tu dormes no meu ombro,
Como num encanto, mulher que enfeitiça,
Ao despertar com um sorriso de me beija, balançando a cabeça,
Há essa noite o prazer nos cercara,
E o seu sono será apenas pausas amenas
Essa noite seremos só eu e você e morremos várias vezes de amor e prazer...

Armanda Fernandes Barreto
Inserida por Armandafbarreto
1 compartilhamento

Notas de um moralista

Era de madrugada e eu acabara de dormir com uma garota jovem e bela que eu conheci a pouco num bar. Me levantei e enchi um copo do melhor uísque que o dinheiro pode comprar, acendi um charuto cubano e sentei na varanda da minha casa em frente ao mar, e lá pensei que pela manhã quando a garota acordasse e fosse embora eu continuaria ali sozinho. Deus eu era uma pobre alma, um homem que tinha tudo, mas não tinha nada.

AndréRicardo
Inserida por andrericardodepaula
1 compartilhamento

Eu pensei em ser feliz ! E sou !
Eu pensei em viver ! E vivo !
Eu pensei em conhecer o mundo ! E conheço !
Eu pensei em amar ! E amo !
Eu pensei em ser rico ! E sou
Eu pensei em me apaixonar! E me apaixonei !
Eu pensei seriamente em mim e conclui :
Não me atrevo a pensar em nada que não me edifique.

Roger Freitas
Inserida por rogerfreitas
1 compartilhamento

Não complique,
Descomplique,
Duplique,
Triplique minha felicidade ou se retire.
Soma, divida, me ensina
Não me reprima.
Preenche, entende, me sente
Ou se ausente.
Me tenha, mas não retenha,
Me tome, mas não me torre.
Me consome na cama, não minha paciência, por favor
Me umedece entre as pernas, não meus olhos, meu amor
Sinta minha ausência,
Mas não cobre presença
Me ame, se apaixone
Não questione
Seja simples.

Pode Me Chamar de Lua
Inserida por LuaJanuario
1 compartilhamento

_ O apetite voraz por obra de autêntica arte dos parafraseares me oferecem ligeira vantagem a defender-me, e o pior ;
Procurar escapes aos outros não serem ignorantes preconceituosos, por escassez de cabal conhecimento, de esclarecidos cujas fontes são fiéis e não imagináveis.
Aí a tens, sorve-a!_
"Neste astuto sensualizar, meus sentidos aguçam a honra e espontaneidade da mente.
Esta que flerta em incontível blefe.
Um paradoxo do se promover para não se liquidar.
Este o sou! Abrasivo! Esfuziante! Indigno, nada sucinto, aliás , alieis-vós partículas e fundí-vos."

Sailsantucci
Inserida por Mutacao
1 compartilhamento

Os dois lados do amor

Foi tão gostoso gostar de você,
Não me lembrava como era o amor.

Foi tão intenso e verdadeiro,
Achei que seria para sempre.
Você lembrou-me como é ser feliz,
Que posso amar e ser amado,
Mostrou-me que estou vivo,
E a vida sorriu para mim.

Com você minha vida deu uma volta,
Fiquei de ponta cabeça,
Vi o mundo com olhos de criança,
Tudo ficou mais simples e bonito.
Apaixonei-me por inteiro,
Acreditei no meu coração,
Amei demais até perder a razão,
Vivi momentos inesquecíveis.

De repende tudo mudou,
Sua presença deu lugar à saudade,
A felicidade deu lugar à esperança,
A alegria deu lugar à tristeza.

Fecho os olhos e sinto você,
Sua pele quente,
Seu cheiro de fêmea ardente,
Ouço seu coração pulsando forte,
Sinto seu corpo colado no meu,
Sua respiração ofegante, seu beijo,
Seus lábios tocando os meus,
E meu coração quase explode de dor.

São só lembranças,
Tudo aquilo que parecia infinito,
Não sei como, e nem quando,
Mas parece que acabou,
Deixando um vazio sem fim,
Um sensação de abandono,
Uma dor que me consome aos poucos.

É o outro lado do amor,
Que um dia levou-me às nuvens,
No outro, ao fundo do poço,
E mostrou-me que, assim como faz sorrir,
Também faz chorar e sofrer.

É tão triste ter que te esquecer,
Não me lembrava como era essa dor.

Siger Lagel
Inserida por sigerlagel
1 compartilhamento

Memorias de noites alucinantes que passamos juntos, uma melhor que a outra, criam em mim a espectativa que o biz seja ainda melhor.
Memorias de como é segurar forte seus cabelos te puxando pra dentro de nossa felicidade com desejo imenso de satisfaze la em tudo.
Memorias dos momentos em que te ataco violentamente como se precisasse vencer uma luta que nunca venço, mas acabo vencido por voce todas as vezes.
Memorias de uma mulher firme e decidida que me diz toda sorte de palavras que almentam o meu deleite.
Memorias de seu olhar ainda me querendo depois do amor e desfalecidos deitados, com a cabeça em meu peito temos um momento mágico de felicidade.
Memorias, memorias, memorias, que criam em mim a espectativa que o biz seja ainda melhor.

TY Monteiro
Inserida por TYMonteiro
1 compartilhamento

Eu me deixo afetar mesmo sem notar, eu caio, me machuco, choro e sinto dor, vou até o fundo do poço, sinto medo até de mim e de perder o controle, quase perco a fé, a esperança, mas nunca permito que isso chegue ao limite crucial da desistência.

Eu rezo, eu oro, eu imploro, eu suplico eu grito até com Deus, eu chuto os pensamentos e emoções, eu prendo a respiração pra morrer, e eu choro, e choro e choro até não enxergar mais, até os olhos quase caírem da cara.

Eu quero arrancar a pele, eu quero virar pó e eu viro cinzas, e nas cinzas eu fico até sentir o calor do AMOR e esse amor cresce e me toma de novo, eu levanto aos poucos, devagar, percebo que a luz ainda existe e que o poço ainda tem água e eu bebo a água e respiro fundo, sinto o frescor de novo no rosto, a brisa sopra e eu saio voando como FÊNIX de sua própria morte!!!

Podem me queimar, podem me ferir, podem me ignorar, me odiar, mas eu digo, eu não sou esse "corpo" mas o que nele está é "FOGO" e esse fogo há de me aquecer até que esse corpo esfrie definitivamente.

Márcia Raphael

MARCIA MARIA RAPHAEL
Inserida por MarciaRaphael
1 compartilhamento