Texto de Alegria de Crianças

Cerca de 13 texto de Alegria de Crianças

O DIA DAS CRIANÇAS

O dia das crianças.
É um dia especial.
O amor, a alegria.
E as vezes o material.

O papai e a mamãe.
Sei que trazes alegria.
E por isso que espero.
ansioso por este dia.

Para aqueles que me aguardam.
Sei que vens com promissão.
Transbordando os lares que passa.
Com amor no coração.
Mas aqueles pais que trabalham.
Quase estando na escravidão.
E que passam dias e noites.
Tentando um ganha pão.
Talvez os seus filhos a noite.
Te recebam com decepção.
Quando abrirem o pacote e verem.
O tamanho da desilusão.
Pois o sonho foi desfigurado.
Por um prato de arroz e feijão.

Esperança, brinquedo e paz.

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!!!!

Rafael O. Leme
Inserida por rafaeloleme

As vezes temos
que ser um pouco assim como as crianças,
pois tem alegria verdadeira, brincam e
não deixam que nada
tire o seu sorriso, que nos seus rostinhos
estão sempre estampados,
sei que temos que ter responsabilidade,
ter maturidade, mais não significa que
temos que tirar de dentro
de nóis essa criança que á,
a vida é assim, uma hora temos que ser
adultos, outra hora despertar a criança que
está dormindo, mais nunca tira-la de dentro
de nóis, pois é ela que nos dar ânimo, e alegra nosso
ser interior. faça de sua vida, uma vida repleta de coisas boas
que nenhum problema lhe
abale, assim como esses seres indefesa faz.
Temos que aprender com eles a dar rumos melhores a
nossas vidinhas! A fazer de um simples
instante um grande momento.

Maya Souza
Inserida por MayaSouza

Ouço gritos de alegria
lá ao longe crianças cantando...
Sons de sinos, violinos e harpas
já meio dia ...E todos nas ruas falando .

É A BENDITA ESPERANÇA QUE CHEGOU !

Que alegria,ela chega a cada manhã ...
Bendita tambem é a fé que se insinua
nas horas desesperadas.
Bem vinda essa saudade que
diminue a distância.
Bem vinda a voz do vento que desperta
nosso silêncio.
Bem vinda essa lágrima que desliza no
meu rosto e umidece o meu sorriso,
mas que não me tira a alegria de ver
nascer mais uma poesia.


Marleninh@ Castilho

19/06/2012/

Marleninh Castilho

Crianças...

Anjos... que são a alegria, que nos trazem a felicidade.
Vamos cuidar desses nossos anjos, tanta maldade eles não iriam aguentar.
Existe um dia que representa o que eles (as crianças) significam...
O amor, a pureza, a inocência...
Nos trazem a alegria de cada dia, um amor inagualável.
O amor dos nossos pequenos anjos...
São uma espécie rara, mas muito se encontra.
Um sorriso que nunca existiu igual, um pensamento puro que só eles tem.
Uma aurea maravilhosa, brilha, brilha, brilha.
Uma alma incente, cativante.

São esses... os anjos... AS NOSSAS CRIANÇAS!

Jéssica Gomes
Inserida por jeegomes

Quem sou?

Na singela favela, notei alegria nela
e que crianças sorriam, jovens corriam
até em demasia pra uma tarde fria.
Afinal do que sorriam?
Aí notei que minha fixa caia pela qual
me apercebia ser um ser tão frágil
a viver uma vida tão pobre
diante de gente tão nobre.

Quem sou afinal?

jbcampos

jbcampos
Inserida por camposcampos

Simplesmente

Ao adentrar à singela favela notei que nela havia alegria, as crianças sorriam, os jovens tagarelavam em demasia numa tarde fria... Pensei, afinal do que sorriam. Então vislumbrei que caia a fixa pela qual há muito não me apercebia ser um ser tão frágil e pobre diante de gente de índole nobre. Voltei o meu pensamento ao real e pude entender um pouco, apenas um pouco de que a vida ali não influía, tampouco, fluía sobre àquela matéria fria tomada de alegria quente de singela gente. Aí conclui que a felicidade encontra-se na simplicidade de um brinquedo qualquer, dependendo do olhar de sabedoria do pobre mortal a qual ria da própria ironia do belo malmequer o qual ao final do dia arrefecia e noutro fenecia ao capricho da natureza real.

Ali entendi que tudo o que possuía; somente me pertencia por um laivo de momento e que tudo deixaria ao meu orgulhoso tormento.

Como sou pobre, meu Deus!

jbcampos

jbcampos
Inserida por camposcampos

Hoje o dia chegou mais cedo..
com ele a alegria das crianças

A casa está cheia de amor dos risos
inocentes das crianças..

De onde os sonhos são flores..
perfumadas de felicidade e carinho

Anjos doces amados que desejam ..
ser lembrados e querem ser amados..

hoje o dia veio cheio de paz...
onde o respeito e a sinceridade andam

Sempre juntos de mãos dadas,
casa cheia de amor
onde pode faltar tudo menos a esperança..!

MariaIsabelMoraisRF
Inserida por MariaIsabelMoraisRF

O que nos faz sorrir ?
A alegria de quem te ama faz sorrir
O sorriso das crianças por ai
Um breve momento de conversas com amigos
Uma tarde cheia de grandes sorrisos
Ah como é bom sorrir
Por mais breve que sejam esses sorrisos
O melhor é saber que alguém quer vê-los
É incrivél como este pequeno gesto
Faça tanta diferênça, estou certo ?
Sorrisos, Sorrisos por toda parte
É como a arte...
Tem várias formas e cores
É a inspiração de amores.
Um sorriso de lado
Por mais bagunçado
Se for sincero
Ele será amado...
Ah...o sorriso entre amores
uma linda forma de sabores
Uma melodia cantada por anjos
uma nota tocada por nós
Um gesto tão lindo
Um sorriso amigo.

Gabriel H T
Inserida por gabrielht

Alegria

A alegria do palhaço contagia
Contagia todas as crianças
Crianças que não tem idade
Idade que nos fazem crianças

Crianças enrugadinhas e felizes
Felizes por terem algo especial
Especial amor dentro do coração
Coração acariciado pelo Pai Celestial

Celestial é o ser criador
Criador de tudo o que vemos
Vemos a natureza a nossa volta
Volta e meia vamos dar

Dar a alegria que temos em nós
Nós e eles no mesmo balanço
Balança o corpo na linda dança
Dança e beijos de salada mista

Mista de sonhos e brincadeiras
Brincadeiras que nem a do Zé pereira
Pereira que subiu na árvore
Árvore que amarra a corda pra balançar

Balançar na ginga da capoeira
Capoeira na grande e alegre roda
Roda viva é alegria garantida
Garantida pelo moço do parque

Parque onde se escorrega
Escorrega-se para brincar
Brincando vai se distraindo
Distraído para se alegrar

Djalma CMF
Inserida por 81024673

As crianças

Criança eterna esperança
Alegria de todo lar
Presença certa no Reino do Pai
Anjo enviado por Deus a nos alegrar

Todos já fomos também anjos
Quando éramos simples crianças
Vivíamos com os nossos sonhos
Muitos que quase não se alcançam

Vivem no eterno presente
Amam assim como os animais
Pureza é palavra de ordem
Perdoam até os mais cruéis

Inocência que precisa de proteção
Pra quê antecipar os acontecimentos
Deixe-a na sua vontade de coração
Criança quer apenas ser criança

Djalma CMF
Inserida por 81024673

DIAS DE INFANTE

Lembrei-me de quando era pequeno infante
E a alegria transbordou em minha face amarela,
Das brincadeiras em tom de aquarela,
Dos brinquedos de cores vivantes!

Busquei dentro de mim a eterna criança
E tentei trazê-la para o mundo de agora
Somente para saborear os dias de outrora,
Que ficaram guardados na doce lembrança!

Em estado de êxtase por tal felicidade,
Corri feito um coelho por entre a floresta
E por um atalho logo cheguei em minha morada.

Depois fui fazer compras na cidade
Para organizar grande festa
E comemorar com toda criançada!

VALDEMI CAVALCANTE TEIXEIRA

Valdemi Cavalcante Teixeira
Inserida por valdemi

“As almas dos velhos e das crianças brincam no mesmo tempo. As crianças ainda sabem aquilo que os velhos esqueceram e têm de aprender de novo: que a vida é brinquedo que para nada serve, a não ser para a alegria!”

(trecho extraído do livro em PDF: Se eu pudesse viver minha vida novamente)

Rubem Alves
Inserida por portalraizes

Sentado aqui na minha varanda, sozinho, olhando as luzes de tantas janelas em tantos prédios, e já na segunda taça de vinho, penso que a felicidade é uma palavra de difícil qualificação Comparada com uma cor, certamente teria várias nuanças. Pode significar o estado de um ser ditoso, contente, alegre, de sorte, enfim, um indivíduo satisfeito com a vida por vários motivos. E, nesta variedade de motivos, cabem várias reflexões. Sem dúvida, a felicidade é um estado de espírito e, por isso, muito pessoal e variável. De modo que a razão da felicidade de um, pode ser por outro ângulo, ainda que contrariamente, a razão da felicidade de outro. Exemplo: o portador da boa saúde, forte, belo, econômica e financeiramente bem, é feliz por estas circunstâncias; outro, doente, feio, fraco e pobre, por motivos de crença kardecista, pode se sentir satisfeito e feliz, por admitir pelo que crê, que ao reencarnar ele mesmo escolheu uma vida de sacrifícios, para purgar erros e faltas cometidas em vidas anteriores e, com isso, atingir a perfeição espiritual, para ele mais valiosa que tudo. É feliz por isso. Um outro católico praticamente por viver bem e agraciado por pedir e receber dádivas celestiais que lhe são proporcionadas por seu deus e seus santos de devoção, vive deitado no armarinho da gratidão e felicidade; outro, da mesma crença, levando vida de cão, sofrendo agruras; julga-se, também, conformado e feliz por considerar que tudo que sofre é um desígnio da divina providência e como tal deve entender como justo e aceita conformado e até agradecido. É feliz também a seu modo. Em outras palavras, o que é ótimo para uns pode ser ainda que em sentido completamente oposto, também aceitável para outro. Uma espécie de felicidade pelo avesso. O interessante é que este estado de espírito pode ser sentido, em certas circunstâncias, por uma coletividade inteira, ora sob o aspecto positivo, ora sob o aspecto negativo. Assim, a chuva diluvial que atingiu inúmeras vezes o Rio de Janeiro e, principalmente a Região Serrana, destruindo barracos nos morros e atingindo, também bairros elegantes da zona sul do rio; essa chuva que levou um prefeito a apelar para oração para que não mais chovesse, pois não tinha meios para socorrer os desabrigados, é, sob outro aspecto, a mesma chuva salvadora de vidas em todo o Rio, que poderá salvar os reservatórios, mais uma vez que, sob um terceiro aspecto, vivemos há décadas dos eternos políticos que assentam as nádegas nas cadeiras do congresso. O furacão que arrasta cidades, derruba torres, afunda barcos e mata muita gente nos EUA, considerado dos mais adiantados locais de progresso do mundo é o mesmo vento forte que no Saara, com o nome de Simum, refresca a atmosfera tórrida do Norte da África, estendendo sopro quente através do Mediterrâneo, temperando o clima de todo sul da Europa, considerado o ideal para o turismo da região. Como se vê, a felicidade não é facilmente definível. Tudo depende das circunstâncias. Enfim, as luzes acesas de cada janela desses prédios, tão distantes, continuam iluminando o que estou vendo agora. Tim Tim.

Alessandro Lo-Bianco
Inserida por AlessandroLoBianco