Saudades de um Amigo que Morreu

Cerca de 1130 frases e pensamentos: Saudades de um Amigo que Morreu

M? Não sei. Você é que mudou um tanto, amigo.
Se distanciou mais e mais do seu passado.
Ela continua lá
junto daquele cara que conheceu
mas que agora já não é mais o mesmo.
E assim é: estradas e encruzilhadas
e novamente estradas.
Pessoas se encontram, partilham coisas,
caminham juntas algum tempo
e, depois,
cada qual segue seu rumo
na ampulheta descendente dos minutos,
dos dias, dos anos...
Destino: sinuoso sendeiro onde deambulamos todos
na direção dos braços da inelutável morte.

Raniere Gonçalves

Do trabalho eu consigo muito mal dinheiro, se não me dedicar a família e amigos, vou morrer sem ter aproveitado nada e nada vou deixar para a miséria do mundo.

Cleber Viana Barros

"Nascemos para morrer. Festas, amigos, família, namorada, viagens, são apenas distrações para esquecermos de nosso fim."

Charis D. Cruz

Os amigos são os irmãos da vida

Sábio Temporal

Meus amigos, quanta gente boa tem morrido estas últimas semanas, vários colegas de trabalho e amigos. Temos ficado atônitos com tantas perdas. Deus proteja a todos e não se esqueçam de agradecer a Deus por tudo. Por que não abraçar , beijar, agradecer e sorrir para quem gostamos? Pedir desculpas quando erramos e reconhecer a gratidão? — se sentindo angustiada.

Rosi Barreto

A cada ente querido e amigos que se vão, nos tornan enfraquecidos, não por ser uma pessoa fraca, mas por estarmos perdendo a raíz que nos prende a vida terrestre.

Lmagari

É o fim da nossa amizade.

Hoje faz 45 dias que nossa amizade acabou.
Foram tantos anos juntos.
Tivemos algumas despedidas.
Mas sempre voltamos.
Agora sinto que foi a última vez.
Você sempre estava presente quando eu estava sozinha tentando resolver meus problemas.
Você participava das minhas tristezas, me consolando; e das minhas alegrias, comemorando.
Ah! Foram bons momentos juntos. Mas acabou. Não terei saudades.
Aliás, já nem lembro mais o porquê da nossa amizade.
Quando conheci você acreditava que você fosse meu melhor amigo. Afinal você me consolava sem fazer perguntas.
Mas nesta época, eu tinha apenas 18 anos, e falavam bem de você na mídia.
Com o tempo fui sabendo mais sobre você.
E eu não podia mais me enganar.
Eu sabia que iria me matar cedo ou tarde.
E mesmo assim relutei em me livrar de você.
Todos me diziam o que faria comigo. Não queria acreditar.
E eu teimava em defender você. Meu melhor amigo. Companheiro de tantos momentos.
Mas enfim, fumo, se vá para sempre da minha vida.
O prazer que você prometia era só uma ilusão.
Não há nada que você possa acrescentar aos meus dias felizes ou tristes.
Eu posso e quero viver sem você.

Maria Angélica Carnevali Miquelin

So tenho uma certeza,que não tenho certeza de nada.E nem disso eu tenho certeza.

Sábio Temporal

Pensar é arte,
A arte de viver,
De viver livre e não se prender!

Sábio Temporal

SE POR MIM MINHA MÃE PERGUNTAR

Se por mim minha mãe perguntar
Diga a ela que estou morto, diga...
Que contrariando sua vontade, fui poeta,
Mas que meus versos eram pobres e as rimas
Não foram o bastante para pagar as contas.

Diga a ela que tive muitos amigos, os melhores.
E que nessa vida amores não me faltaram.
Não diga a ela que meus amores eram putas
Nem que os amigos eram escória.
- Mas diga que amei a todos.

Caso ela descubra, diga que eram moças de família
E por alguns trocados precisavam pagas as contas.
(Não importava a sífilis à insensatez)
E diga que aqueles amigos foram únicos e verdadeiros,
Por mais que a vida eles tenham me tirado.

Não diga à minha mãe que fui alcoólatra ou que
Pouco me alimentava - não mais que um pedaço de pão diário
(Justamente aquele que o diabo amassa)
Ela não suportaria saber que seu filho era ébrio e subnutrido.
Diga a ela que eu adorava doces e de sonhos me alimentava.
(Não diga que os mesmos eu adquiria na cama da boleira - em troca de muito amor)

Tampouco diga que por amor eu vendia minha poesia
Por mais pobres que os versos fossem, minha cama nunca esteve vazia.
Diga a ela que quase me casei, não com uma das putas, mas...
Esquece, diga apenas que pretendentes eu tive.
Não eram todas boas, mas as tive.
E quando se foram - não mais me tiveram.

Diga que fui religioso e comparecia em todas as missas.
Diga que a Deus eu adorava, não que o Diabo eu escrevia.
Conte de minhas amizades paroquiais, exceto que com o vinho
O padre me embebecia e com as freiras eu dormia.
(Aqueles crucifixos e hóstias tinham utilidades)

Diga a ela que fui poeta menino, criança amada e adorada.
Não há nada melhor do que lembrar minha pobre mãe da criança que fui - e morri sendo.
Diga que alegrava a vida das pessoas, não que eu as entristecia.
Diga que constantemente, tristemente eu sentia falta dela.
- A todo momento.

Fui poeta, jovem fino, amante - assassino.
Fui tudo o que não prestou e mais um pouco.
Nunca tive nada e nada me deram!
Exceto o lenitivo da vida, esse eu precisava.
Fui saudoso, fui nostálgico, depressivo - esquizofrênico.

Amorosamente louco, tampouco lúcido e regular.
Tive tudo e ao mesmo tempo nada. Ao nada
Fui reduzido e agora por todos - brevemente - serei esquecido!
Exceto por minha mãe - por ela serei lembrado...
- Com muito amor.

Diego Evair

Ah meu amigo... Quanto tempo eu não esperei por aquele abraço de à pouco...agora só queria que tivesse durado alguns milésimos a mais...coisas como isso fazem seu dia, semana, mês ou ano ruim ter valido a pena... Nem que seja só naquele instante...

Victor Cassucci

Nos preparamos para perder
tudo nesta vida,bens materiais
amizades,conquistas.
Nos adaptamos tão bem a
novas condições impostas
pela vida, más nunca estaremos
preparados para perder alguém
que esta ao nosso lado,
não ah como se adaptar
ao vazio deixado por quem
foi tão amado.

Suelen Soares L

Você não tem motivos para sorrir, seus amigo estão mortos, mas sua mente adora pregar peças.

AntisocialQueen

Não busco amigos por serem raros e preciosos, igual à vida; não busco inimigos são iminentes igual à morte!

EstherRogessi.

Para onde vou não levarei casas, terras, riquezas, amigos ,carros e com certeza irei sozinho sem nem ao menos caminhar serei levado por parentes e amigos ou ate mesmo desafetos e ninguém ficará comigo então para as minhas filhas terei deixado apenas o conhecimento para que elas possam passar para as próximas gerações. Para os amigos e a historia contemporânea a marca de um cidadão de bom caráter filho de Pedro Clementino e Maria Augusta

Andre sales

Tinha 5 mil amigos no facebook. A esposa "postou" data, hora e local do sepultamento. No dia, todos estavam postando notas de sentimentos, fotos, vídeos e aúdios relacionados ao falecido, além de criarem um grupo no whatsapp só para falar bem dele. Enquanto isso o tempo ia passando e na hora de carregar o caixão, não apareceu 1 amigo.

Adriano Reis

É certo que a dor da perda ameniza os defeitos e ressalta as qualidades. Um sábio chamado amigo, me ensinou que isso acontece, porque defeitos só se pode tratar em vida.

Abigail Aquino

Vivemos a procura da felicidade, cumplicidade e amizade... Na verdade, vivemos em um mundo de pseudo fantasias... O final é sempre trágico

Dudu Gonçalves

Que loucura é a vida... encontro e desencontros, amores que viram conhecidos, amigos que viram lembranças...
Caminhar para a morte... talvez não seja um bom angulo de ver a vida, mas aceitar que é a única certeza que temos é necessário... e viver como se fosse o ultimo dia, tem que ser feito, nem que seja em pequenos detalhes do dia-a-dia... como mudar o percurso de volta para casa, mandar uma mensagem para aquela pessoa que vc morre de medo de não te responda, experimentar novos gostos, sensações, sentimentos...
VIVER DE VERDADE, NÃO APENAS SOBREVIVER...
Vc já fez algo diferente hoje, que te faça sorrir ou até mesmo chorar?! FAÇA... coloque vida, na sua vida

aline ignacio

Quando amamos um cão, a dor da sua perda é irreparável, mas o amor é infinito e renovável. O tamanho do sofrimento da sua perda, jamais chegará aos pés do tamanho da riqueza deixada em nossos corações.

Portanto, não é hora de negar uma nova oportunidade de adotar um novo amigo. Que não substituirá o que partiu. Mas nos ajudará a seguir em frente.

Leticia Bergallo