Príncipe

Cerca de 979 frases e pensamentos: Príncipe

Meu Primeiro Amor

Eu, homem maduro, que já conhecia o mundo
Cansado de tanto ter me apaixonado
Porém, sem nunca ter encontrado
Alguém pra permanecer do meu lado.

Vi em ti o que não encontrei em mim:
O amor verdadeiro, sincero, puro e meigo.
Você, menina mimada, sonhando com príncipe encantado
Que um dia viria te buscar num belo cavalo.

Sonhava acordada com um sentimento arrebatador
Daqueles que só a alma pode entender
Ao encontrar um grande amor.

Aproximei-me como quem não quer nada
Talvez uma amizade, mas na verdade
O que eu queria era te deixar apaixonada.
Queria descobrir o amor
Pois viver só de mentiras não tem valor.

Você sempre educada aceitou meu convite.
Saímos, conversamos e bebemos
Em uma serra alta onde tudo se avistava
No horizonte a neblina se aproximava e o sol já se escondia
Foi tudo perfeito: eu, o céu e a sua companhia.

Passamos a viver uma bela poesia
Sinceridade, compreensão e carinho nos uniu
E é à base de nossa felicidade.

Não tenho cavalo, nem sou príncipe encantado
Mas tenho amor e hoje o tanto que te dou
É só um pedaço de tudo que você vai viver ao meu lado.
Eu te amo.

Mauro Cezar

sem ti sinto-me que estou preso na escuridão da solidão. você és a minha luz divina,não larga-me e nunca pensa deixar-me se não morro dentro da escuridão.beijos

Albano Jamba Belchior

Do que me vale namorar um príncipe se meu coração pertence a um vagabundo.

CamiSilva

Desde crianças somos impulsionadas a imaginar e desejar um homem príncipe, mais nós apaixonamos por um ogro, interessante que descobrimos que o ogro no fundo é o príncipe que imaginamos e desejamos.

Hadylla Nascimento
Inserida por hadylla

Não vai adiantar esperar o príncipe se você não se comportar como uma princesa !

Camilla Felix Cavalcanti
Inserida por camillacavalcanti

A ARTE DE CATIVAR... O PEQUENO PRÍNCIPE E A RAPOSA

"O Pequeno Príncipe" de Antoine Saint-Exupéry
Releitura


"Era uma vez uma raposa que vivia sozinha em uma floresta. Bonita, de pelo lustroso e castanho, a raposa era caçada por inúmeros homens que tentavam sempre se aproximar dela. Muitos a queriam, e ingênua, muitas vezes ela caiu em suas armadilhas, porém, esperta, sempre conseguiu fugir a tempo, saindo apenas com pequenos arranhões. Que, estranhamente, não cicatrizavam rápido, mas que, de fato, não eram tão profundos. A raposa então tornou-se arisca e passou a evitar os humanos, até que um dia, um pequeno príncipe chegou em sua floresta.
- Quem é você? Perguntou, apreensiva, a raposa.
E ele respondeu seu nome de príncipe, mas a raposa insistiu:
- Você é um caçador?
Ele respondeu com um sorriso: - Não! Sou um príncipe.
A raposa desconfiou, farejou o ar, mantendo-se sempre a distância.
- Príncipe? Pois você tem cheiro de caçador.
O príncipe sorriu e tentou se aproximar, mas a raposa rosnou e se afastou. Mas ele não temeu e se aproximou mesmo assim e facilmente dobrou os joelhos e colocou a raposa em seu colo, que tremia, mas ele colocando seus dedos por entre o pelo castanho a fez se acalmar. E a raposa, com seus olhos negros, que brilhavam somente conseguiu falar:
- Por favor, me cativa?
- O que quer dizer "cativar"? Perguntou o príncipe, com os olhos fixos na raposa deitada em seu colo.
- É algo há muito tempo esquecido - disse a raposa - Significa "criar laços". Significa que você é para mim diferente de todos os príncipes e caçadores que encontrei por aí. Que para ti não sou uma raposa igual a cem mil outras raposas. Se você resolve me cativar e eu também te cativo, nós teremos necessidade um do outro. E eu serei único para ti, e você será único para mim...
- Entendo! - disse o príncipe - Um dia, uma flor me cativou. Ela era única para mim...
- Nada é perfeito! - suspirou a raposa, logo em seguida retomando seu raciocínio - Minha vida têm sido muito monótona, eu caçava galinhas, os homens me caçavam. Todas as galinhas se pareciam, todos os homens também. E isso realmente me incomodava, sabe? Mas se você, meu príncipe, resolver me cativar minha vida será cheia de sol.
Então a raposa calou-se e observou por muito tempo o príncipe, que somente a acariciava por entre os pelos castanhos:
- Por favor... cativa-me! Disse a raposa.
- Sim - disse ele - o que é preciso fazer? Diga-me que farei.
- É preciso ser paciente - respondeu a raposa - temos que nos encontrar todos os dias, e conversar, primeiro a distância, mas aos poucos você chegará cada vez mais perto. E todo dia tem que voltar.
E assim o pequeno príncipe fez, e todo dia ele voltou, e assim cativou a raposa. Todos os dias um pouquinho mais".



Cativar?
O que de fato desejas?
Permanecer entre as vírgulas?
Quem dera se esta sua abstrata sensibilidade, fosse guiada por novos rumos, e não se privasse do desconforto da duvida quando diante de teus próprios anseios.
Sua observação... "indefinida", me dispersa, me irrita, e a ausência de uma ação causou a reação de uma entrega que não aconteceu, seria este um ato singular?
Escrever fascina... mas esclarecer supera o êxtase.
Gosto de quem olha nos olhos e fala! Nada de linhas e entrelinhas. Eu quero ouvir o som, o som daquilo que não estará transcrito em livros ou manuais de instruções.
Seja claro, para não ser esquecido.
Porque não estou propensa a te esquecer!
Mas lhe digo, meu coração não tem uma cadência definida, é imprevisível, e subliminar!
Descompensado e descompassado, e em muitos momentos chega a ser débil, mas possui um senso prático de escolhas e se basta quando farto de amores assimétricos e sentimentos imprecisos.
É eminente que me enxerga como louca, confirmo de fato sou, as paixões me movem...
Mas como não se alterar? Abster-se de escolhas? Preferir o caminho avesso as sinuosidades?
O não escolher, por si já é uma escolha.
Então que seja o afeto explicito o principio, desta desordem, que seja a causa e efeito o perfazer desta amizade visceral.
Não tenha muita pressa, mas tente não se ater, pois se não houver em ti desejo suficiente para apreciar a curiosidade, a inércia lhe consumirá.
Não sou feita de meros toques, ou retoques, sou apenas uma versão absolutamente mutável, governada por valores, instintos, crenças e intuição.
As vezes me observo e bem lá fundo e me assusto!
Há ainda tantos anseios, vontades certamente insanas para olhares que guardam sua obsoleta lucidez na gavetinha de cabeceira, mas não me privo de tê-las e desejá-las, e querer realizar cada uma delas a meu momento. Tudo bem eu sinto que a qualquer instante tudo vai se tornar numa grande tragédia emocional de caráter generalizado onde certamente irá atingir alvos não previamente estabelecidos. Mas fazer o que se nunca tive uma cabeceira, nem tão pouco a gavetinha?
Sei que há por ai um certo ditado que diz: "Quem muito quer nada tem"
Eu particularmente o considero de péssimo gosto, pois isso tem cara daqueles tipinhos que são dados ao comodismo.
Como não desejar muito?
Fico aqui imaginando aqueles que realmente fizeram História, os grandes inventores, criadores, pesquisadores, artistas, personagens fantásticos que pisaram aqui na Terra e mudaram o mundo, ali sentados contemplando o infinito e se permitindo a tal condição de pensamento?
E você ai deste seu observatório, analisando as fontes de energias, gerando emoções, retardando reações e comprimindo corações, fará o que para sair da caixa ?
Consulte seu terapeuta, pois certamente ouvirá que minha presença é prejudicial a sua saúde.
Mas se mesmo assim, desejar correr riscos, então pare de pesquisas no Google, nada que encontrar chegará perto de uma definição coerente. Lembre-se não sou nenhum ratinho de laboratório, não estou a espera de analises.
Sou apenas a raposa.


Rê Pinheiro.

Rê Pinheiro
Inserida por RegianePinheiro

Aí você percebe que nos seus sonhos ele era o cara, mas ao reencontrá—lo, vê que ele nem é tudo isso...

Leticia Nassinger
Inserida por mulherdefases

Mulher entenda: o seu príncipe não é o 'encantado'... e sim o Príncipe da PAZ!

Eduardo Prado (Papiro)
Inserida por EPrado

Sorri meu amigo que já é tarde!
Amanhã é outra voz que chama,
Não chores meu príncipe alado,
Olha as nuvens e larga o drama.

Edgar Sacadura
Inserida por edgarsacadura

Quem diria! Aquela história de príncipe encantado existe mesmo! Mas não, a verdadeira realidade não é tão perfeita quanto aquela que se imaginava nos contos de fadas. O príncipe vem, mas não a cavalo, ele pode estar bem vestido e cheiroso. Pode acontecer um lindo casamento também. Acontece que o amor não é um conto assim tão perfeito, mas tem lá muitas belezas, e com uma imaginação fértil, pode ser sim um conto de fadas, princesas, como preferir.

Marjila Agostini
Inserida por marjilaagostini

Era uma vez um príncipe encantado, ele caiu do cavalo. Fim.

Cabelos castanhos, olhos azuis e um sorriso encantador. Espada na mão direita, escudo na esquerda. Gritou: - Princesa, vim roubar o beijo de amor eterno e sermos, enfim, felizes para sempre... "

Branca de neve, Rapunzel e Cinderela, certamente ensinaram que o príncipe encantado um dia chegaria.Se você ainda estiver a espera dele, primeiro, certifique-se: você é uma verdadeira princesa? Isso requer algumas coisas básicas: uma voz doce e suave, costurar seu próprio vestido e cantar com pássaros. Mas você não é assim. Nem sua mãe, sua avó... Nem princesas e rainhas da vida real foram/são/serão . Aliás, que saco deveria ser casar-se com alguém que conheceu há três horas .Penso que o encanto acabava bem antes da meia noite.

O fato é que ninguém é perfeito e muito menos igual ! Homem e mulher são diferentes por natureza. Homens tem testosterona , barba, músculos e mania de marcar território. Mulheres tem estrógeno e toda aquela agitação na TPM. Hormônios a parte, o outro tem história, passado, costumes... Você também!

PARE de pensar que o amor acabou porque você descobriu que o príncipe se tornou um ogro. Amar requer bem mais que borboletas no estomago, calafrios e mãos suadas. É saber enlaçar-se. Relacionar-se. Saber que o outro terá fios brancos, rugas e que um dia a gravidade vai levar tudo pra baixo- e não adianta apelar para a fada encantada.

Encare os fatos e aprenda a viver esse relacionamento com o próximo, ou com os próximos que virão. É necessário, antes de tudo, admirá-lo pelo que ele é e representa em sua vida.

Qual seria, então, a fórmula mágica para manter o encantamento no relacionamento? Não posso afirmar e estou longe da certeza,aliás, se durante todos os anos que passaram nunca inventaram, acho difícil que ela venha existir. Mas acredito na boa e velha teoria de que aprender a conviver com as diferenças e particularidades do outro, já é um grande passo para o " E eles viveram felizes para sempre..." Bem...Pelo menos tentaram.

Vivian Galvão
Inserida por viviangalvao

De repente Deus te dá de presente o que você sempre sonhou, mas como nada vem fácil é preciso muita luta para alcançar seu regalo.
Em oração espero pelo dia de abraçá-lo.

Maryanne Schramm
Inserida por maryann

"Não tenho cavalo, nem sou príncipe encantado, mas tenho amor e hoje o tanto que dou é só um pedaço de tudo que você vai viver ao meu lado."

Mauro Cezar
Inserida por MauroCezar

Você foi meu príncipe, meio e fim.

Maycon Mirachi
Inserida por mcolla

Uma princesa não fica sem o seu príncipe.

Bruno Cidadão
Inserida por cidadaobruno

Amar é coisa mais bonita,é sentir se bem psicologicamente,fisicamente e ter você do meu lado é complenta a minha psiqui amorosa:te amo muitooooo

Albano Jamba Belchior
Inserida por Albano0708

A minha amizade para ti que não seja um obstaclo mais sim motivação para você caminhar seguro.

Albano Jamba Belchior
Inserida por Albano0708

Um dia amei
dediquei-me
esquecim que o
mundo esta ao meu
redor só pensem em ti.

Viver sem você é uma das mais
dificludades que deveria existe
em minha vida.

Albano Jamba Belchior
Inserida por Albano0708

O príncipe encantado é uma miragem que se desvanece com o tempo.

Nelson Barh
Inserida por Roberto2011

Estou longe de ser um príncipe encantado, mas o "viveram felizes para sempre" tem que ser ao seu lado!

Sebastião Souza
Inserida por sebastiaosouza