Poemas para Chegada da Filha

Cerca de 1150 poemas para Chegada da Filha

Um "trem" chamado amor...
(Nilo Ribeiro)

Hoje eu divaguei,
sua imagem, vislumbrei,
a vida, reverberei,
no trem do amor, viajei

o amor é um trem,
difícil de explicar,
quando o danado vem
o coração quer se embarcar

na estação da vida,
o amor faz a parada,
alguns, sofrem na partida,
outros, alegram na chegada

este "trem" carrega emoção,
transporta a felicidade,
vai lotado de paixão,
volta cheio de saudade

é o trem chamado amor,
que não pode descarrilar,
pois machuca, causa dor
não tem como consertar

seu balançar costumeiro,
faz plec, plec, nos trilhos,
meu coração passageiro
faz tum, tum pelo teu brilho

este trem me leva,
este amor me apossa,
não preciso de reserva,
preciso da tua resposta

é danado este "trem",
é especial sua estação,
tão feliz ele vem
e estaciona no coração

um amor que não tem local,
qualquer cidade é ideal,
pode ser Natal,
quem sabe Blumenau

é um trem bão dimais
amar com toda paixão,
é reencontrar com a paz
que foi perdida na solidão

hoje eu divaguei,
sua imagem, idealizei,
nosso amor, sublimei
enfim, viajei,
por isto poetizei...

Nilo Ribeiro
Inserida por NILOCRIBEIRO
1 compartilhamento

Soneto da chegada

O amor é fruto do sentimento
É dor absorvida com prazer
Às vezes, dificil de entender
Pois compensa grande sofrimento

Veio curar o meu lamento
Minhas vontades satisfazer
Veio você pra me entender
E me libertar do aborrecimento

Um anjo, sutil e perfeito
Que cai em meus braços
Ocupa e aquece meu peito

Sem incógnita nem embaraços
Com afeto, carinho e respeito
Resultando em beijos e abraços

joão nascimento
Inserida por snjoao
1 compartilhamento

"Todos chegam no tempo certo, aos pés do seu carrasco."


ACD 2760
76-06/10/2016

Celso Corrêa de freitas
Inserida por CCF
1 compartilhamento

Quando chega o dia da casa cair (…) é um dia de chegada infalível, – o dono pode estar: de dentro, ou de fora. É melhor de fora.

(A hora e a vez de Augusto Matraga)

João Guimarães Rosa
Inserida por Filigranas
1 compartilhamento

A Felicidade

O vida que levo, desfruto e saboreio.
Quão meigos são os teus traços
Quão frios teus abraços.
Se te envolvo e me prendo a ti, sinto o amargo sabor daquele que pouco a pouco a tentam roubar de mim.
Roubar a vida? Me pergunta o tempo...
Digo eu:
- Sim. Roubar-me a vida. Vida essa que sofro, que lamento e me sento a observar o encanto dos desencantos dos teus algozes.
Mas que tem o tempo com a vida?
Já dizia a sábia experiência:
- O mesmo que a saudade com a partida!
E assim é a vida!
Cara, longa e sofrida!
Mas ainda que sejas assim tão restrita, a felicidade que fora outrora dita; diz o poeta:
- É apenas um estado de espírito.
Ser feliz é ser cônsul de quem és, donde vens, aonde vais e onde se quer chegar.
Independe de tempo, dinheiro, amores e desamores encontros e desencontros.
Ser feliz é saber que em cada partícula de vida, há uma oportunidade de plantar uma semente de sorriso um diálogo, um abraço, uma surpresa escrita em uma folha com pautas.
Ser feliz é contentar-se com o que tens e não ambicionar o que não tem
Ser feliz é simples.
É claro.
É belo.
É dizer bom dia sem ter a obrigação de dizê-lo.
É sorrir para alguém que, por um desacerto, tropeçou e caiu sentado, sem esquecer de estender-lhe a mão para que o dito se ponha de pé.
Em suma é isto:
Ser feliz é ser
Ser feliz é querer
Ser feliz é viver.

CARVALHO, Joel Rodrigues
Inserida por SrJoelRodrigues
1 compartilhamento

Lembre-se: a morte não tarda, e você não sabe a que horas ela vai chegar.

(Eclesiástico 14, 12)

Jesus Ben Sirac
Inserida por pensandogrande
1 compartilhamento

Entre a partida e a chegada

Entre a partida e a chegada,
a concretude do encontro
ou a expectativa na certeza
de que o tempo transforma.
Na despedida a promessa
do que se espera cumprir,
porém o tempo é mestre
na diluição da esperança,
invisível ponto na opacidade do nada.
Entre a partida e a chegada,
na metafísica do nada
a indecisão, o temor
do vão e do desnível,
preenchível e retificável
ou então a expansão do vazio.
No contraponrto entre princípio e fim,
na inédita chegada ou no retorno
a mão da alegria ou da tristeza...
Convém desvencilhar-se das inúteis certezas,
das altivas convicções,
já que segundo após segundo
o tempo talha novos sulcos na pele
do corpo e da alma.

Remisson Aniceto
Inserida por PROTEXTO
1 compartilhamento

Deus foi justo em não conceder ao homem o direito de escolher a hora da chegada do amor, porque se pudéssemos escolher, para muitos, ele nunca chegaria.

Carol Gray
12 compartilhamentos

"Tudo na vida depende de um ponto de vista, de partida, de chegada, de observação e do ponto final."

Luiza Gosuen
13 compartilhamentos

"As linhas de chegada näo significam que ganhamos,mas sim que vamos começar outra corrida"

Lil Wayne
34 compartilhamentos

Vem fazer festa para os meus olhos
posso ouvir meus cílios aplaudindo sua chegada

Renata Fagundes
22 compartilhamentos

Porque ás vezes você tem que abrir mão de uma coisa para dar espaço para a chegada da outra.

Clarissa Corrêa
56 compartilhamentos

O amor vem com a maturidade emocional. É preciso estar preparado para a chegada dele, por isso eu disse que é preciso se apaixonar muito para amar. O amor é bem diferente. Ele não causa transtornos psicológicos. A paixão é a escola para o amor. Mas com o amor vivemos estudando. E essa é a grande graça da vida: nunca deixarmos de aprender.

Clarissa Corrêa
4 compartilhamentos

“Com a esperança do amanhecer e a chegada de um novo dia, me perguntei: O que deve ser mais grave: a incapacidade de caminhar, ou a incapacidade de amar? Quantas vezes aqueles que são obrigados a vencer uma quantidade maior de obstáculos chegam mais longe do que aqueles que sempre tiveram o caminho aberto?”

Lupita Fernandez
4 compartilhamentos

O amor é chegada. É encontro. É dia e noite. É dormir de conchinha. É acordar e fazer um carinho de bom dia. É ajuda, mãos dadas, conforto, apoio. E saco cheio, também. Porque de vez em quando o amor enche o saco. Tem rotina, tem manhã, tarde, noite, tem defeito, tem chatice, tem tempestade. Mas o céu sempre limpa. Porque o amor é puro como o azul do céu.

Clarissa Corrêa
3 compartilhamentos

segunda-feira, 27 de junho de 2011
10:44
MEU SILENCO
É UM GRITO SEM VOZ
UM CAMINHO SEM CHEGADA
UM PEDIDO DE SOCORRO SEM RESPOSTA
UM CHORO SEM LAGRIMA
DE UMA CRIANÇA ASSUSTADA.

Dairini Camargo
2 compartilhamentos

Espere minha chegada...

Espere pela próxima brisa, destas que o tempo que precede o inverno traz: Estarei chegando com o primeiro raio de sol...
Estarei chegando com o orvalho das manhas de primavera, destas floridas de alma e perfumada pelos colibris...
Estarei chegando juntamente com o amor p aquecer o teu coração...
Mas ainda que demore um pouco, estarei chegando. Não sei se pelas asas de um anjo ou pelas nuvens de algodão, mas até mesmo em sonho estarei chegando...

Marcos Ferrer
2 compartilhamentos

Desde que nasci te espero...
Desde que cresci aguardo sua chegada.
Até quando amor de minha vida,
Viverei sem ser amada?

Zil Soares
2 compartilhamentos

Chegada à noite,
Tornamo-nos então, superiores, ficamos excelsos
Ultrapassamos os limites da experiência possível
No que é Metafísico!
Nas batidas da musica...
Pernas, braços, mãos, corpo, pensamentos, tudo parece estar fazendo parte de uma musica psicodélica!
Transcendemos...
Sem que percebamos
Evoluímos, e crescemos
Com essa eletroacústica
Correndo por todo o nosso corpo

Subimos para um plano superior
Alçamos então, vôo...
Desordenamos, desorganizamos
Perturbamos, atrapalhamos!
Com pés descalços, batendo, sustentamos polemicas
Na areia branca
Atordoamos, fazemos perder o controle
Transtornamos...
Derepente passamos a
Privar-nos da razão, do entendimento,
Desvairamos...
Iludimos, entramos em um completo
Delírio
Neste memento os olhos enchem de cores e flores
Alucinamos...
Tivemos um arrebatamento intimo
Completas admirações, estamos em um estado espiritual de união com o divino,
coisas sobrenaturais...
Ficamos pasmados, assombrados
Encantamos, inebriamos
Percebemos que de uma tal maneira
Através da arte, cultura, musica e dança
Extasiamos!

Fernanda Magalhães
2 compartilhamentos

Folhas

Apesar de secas
Ondulam ao ritmo do vento.
A chegada do outono
Indica a passagem da estação.
Acumuladas no chão
Deixam o destino de quem passa
Um tapete infinito
Na cor pálida
Cor do outono
Cor da tua pele.

Rita Padoin
2 compartilhamentos