Poemas para Bêbados

Cerca de 170 poemas para Bêbados

Somos jovens, belos, bêbados e caretas...
Sempre em bandos e às vezes em dois...
Curtindo grandes amores, chapados, pirados...
Pelados, olhando as estrelas à espera de carinho e à procura
de um futuro que não chega.

Bob Marley

Se um homem escreve bem só quando está bêbado, dir-lhe-ei: embebede-se. E se ele me disser que o seu fígado sofre com isso respondo: o que é o seu fígado? É uma coisa morta que vive enquanto você vive, e os poemas que escrever vivem sem enquanto.

Bernardo Soares

Fernando Pessoa

Dizer que um crente é mais feliz do que um cético é como dizer que um bêbado é mais feliz do que um sóbrio.

George Bernard Shaw

E você ainda é o homem mais lindo do mundo. No canto da foto dos amigos bêbados, e você é o homem mais lindo do mundo. Com gorro, no meio da confusão do frio. Escondido embaixo de tanta roupa. No fundo do mar. No escuro. De costas naquela festa chata. Meu Deus, como você é lindo. Não sei direito o que é aurora boreal, mas acho que deve ser algo lindo que se formava enquanto você era feito. Não sei direito o que é isso que eu sinto por você. Mas como é maravilhoso fumar você, cheirar você, tomar você, injetar você. Calar a boca. Me pergunta uma daquelas coisas para eu dar uma daquelas respostas que você morre de rir. Me deixa pirar no seu céu da boca escancarado. Você se joga pra trás. E só porque você e o mundo inteiro têm certeza do quanto você é lindo, você faz questão de sempre se largar no mundo. É a liberdade que só tem quem é infinitamente lindo ou infinitamente feio. Eu sou mais ou menos, mas nesse segundo, já que comprei sua beleza, sou a mulher mais linda do mundo. Me deixa ser linda vestindo você. Outro dia me peguei pensando um absurdo que me fez feliz. É triste, mas me fez feliz. Pensei se isso que você faz, de ficar horas comigo depois de ter ficado horas comigo. Se isso é algum tipo de caridade sua. Porque, veja bem. Somos plantas e pássaros diferentes. Eu sou a bonitinha que lê uns livros e vê uns filmes. Você é essa força absoluta e avassaladora que jamais precisará abrir a boca para impor sua vitória. Você coloca aquele moletom cinza com dizeres do surf e eu experimento um guarda-roupas inteiro pra ficar à sua altura. Você é essa força da natureza que deu certo. E como eu não sou mulher de correr da dor, deixo ela entrar aos pouquinhos, esbugalhar meus sentidos, enfraquecer meu orgulho. Quando vejo, estou calada novamente, ouvindo o que você não diz e vendo o que você não faz . Não existe não morrer um pouco quando você chega

Tati Bernardi

Algumas vezes um homem inteligente é forçado a ficar bêbado para passar um tempo com os burros.

Ernest Hemingway

Faça sempre lúcido o que você disse que faria bêbado. Isso o ensinará a manter sua boca fechada.

Ernest Hemingway

Nunca devemos lamentar que um poeta seja um bêbado, devemos lamentar que nem todos os bêbados sejam poetas.

Oscar Wilde

“Você dormiu com o celular embaixo do travesseiro. Porque até uma ligação dele bêbado, de madrugada, te querendo como última opção, pode ser melhor que esse silêncio.”

Tati Bernardi

Sentimento sem título

Sorte tem os bêbados,
pois conseguem dormir.
Sorte tem os Loucos,
pois são livres para agir.
Sorte tem os idiotas,
pois conseguem amar e sorrir.
Gostaria de fugir da realidade em que vivo
e entrar em um copo de whisky,
Para ser Louco e idiota
Assim, faria o que quisesse
Sorriria, dormiria e teria a capacidade de amar.
Ah! como eu os invejo!

Mauricio Pereira

Ouviram num boteco um berro mágico
De um bêbado, um pedido refrescante
A Skol da liberdade em raios fúlgidos
Brilhou na mão do dono nesse instante
Se o Senhor, tiver vontade
Vem beber com a gente até ficar de porre
Copo Cheio, e liberdade
Aprecie este líquido a vontade
O Skol amada, idolatrada,
Salve, Salve
Bebendo todo dia desse líquido
Tem vezes que parece, a terra desce
Meu Deus do céu, só penso nesse líquido
Não existe nada mais que me interesse
Gigantes depois de três, que beleza
Chorão depois da décima e tristeza
No dia seguinte dor de cabeça
Skol dourada
Entre outras mil, és tu Skol
Cerveja amada.
Dos filhos deste bar és mãe, gentil
A Skol do Brasil!
Hui,hui!!!

Natália alves.. Nathy

Brasil e Argentina parecem dois bêbados cambaleantes a cabecear nos postes. Só que, enquanto a Argentina parece estar a caminho da economia de mercado, o Brasil parece estar de volta ao bar.

Roberto Campos

Tenho amigos santos e loucos
Prostitutas e poetas
Bêbados e drogados aos montes.

Tenho amigos que
não sei que são meus amigos.

Tenho amigos que mentem.
E eu acredito que eles precisem
que eu acredite.
E por que não acreditar?

Tenho amigos que não perdôo os
defeitos que são mais meus do que deles.

Tenho amigos que não
são meus amigos.


Tenho amigos que
deveriam ser amores, e são.


Tenho amigos
que são borboletas.
Suas cores me pintam.

Tenho amigos que não entendo
nada do que eles falam, e
sinto tudo o que eles sentem.

Tenho amigos que brigo.
Por não saber dizer que os amo.

Tenho amigos que são amigos.
Mas não são meus.

Tenho amigos que
são variações da minha
própria existência.

Tenho amigos que são tudo
o que o mundo precisa para
sobreviver.

E ...

Tenho amigos que são
o melhor que há em mim.

Sintia Lira

Quando bebemos, ficamos bêbados.
Quando estamos bêbados, dormimos.
Quando dormimos, não cometemos pecados.
Quando não cometemos pecados, vamos para o Céu.
Então, vamos beber para ir pro Céu!

Juliana

Se você reunir 5 bêbados para escolher um caminho, todos vão pelo mesmo.
Porque quando bebe todo mundo se ama, todo mundo quer apoiar!!
(Releitura de voltaire: Voltei, bebi cai e LEvoltei)

Rachel Willians (RWC)

Eu quero o teu beijo, tua boca na minha inteira. Tua língua madura enroscada na minha, numa busca sem tréguas e sem caminhos. Eu quero teu hálito perfumado invadindo meu gosto. Eu quero engolir o teu desejo, colar teu corpo no meu e num abraço sem fim, olhando nos teus olhos, dizer que tudo o que quero na vida é ter você só pra mim, como numa poesia. Eu me despeço e sigo trôpego ao sabor do vento. A madrugada escura envolve com seu nevoeiro a minha alma e o meu coração segue apertado, batendo descompassado e chorando a tua ausência, gritando a distância dos teus beijos e deixando escorrer uma lágrima vermelha que se misturou ao escuro da noite, enfeitando a saudade e o sofrer de mais uma espera com a cor escarlate. E vento soprou forte cortando o meu rosto triste, carregando-me para cada vez mais longe. O vento sibila em meus ouvidos e congela os meus lábios que agora já não sentem o calor dos teus. Vento cruel, irresponsável, que veio não sei de onde com a missão de nos separar. Mas que ele não saiba que enquanto soprava com sua volúpia indesejável, ele trouxe para mim o teu perfume. E eu aqui calado, sorrio pela felicidade de guardar na distância o teu cheiro, que é o meu cheiro que me invade tirano ao sabor do vento.”




Cinzentos.

Diario-de-um-jornalista-bebado

Quanto mais imposto o tom

Mais incógnito é o som


Tudo vibra quando o mudo fala

A sabedoria sem notas

Rege a sinfonia que escuta a própria fala



Dizer sem saber

Convence o critico que procura falha

Cria essência

Torna incerto o que discurso exala


A verdade fala por si só

Não se preocupa com o tom que dita a fala

Não nota quem argumenta só.

Aprende quem escuta

A verdade não luta

Não precisa de si, fá ou dó

Bêbado Escritor
Inserida por bebadoescritor

Já vivi o bastante para não ver o tempo voltar
E aprendi, que quando me arrependo
Talvez a cura não tenha tempo de curar

Bêbado Escritor
Inserida por bebadoescritor

A paixão nos destrói
A paixão nos envergonha
Traz para perto o amor que dói
Afasta o amor que sonha

Tudo é intenso,
Tudo é muito vivo
Tudo é novo

Gestos simples
Enxerga a beleza nos olhos da pessoa amada
E lacrimeja de felicidade

Mas as marcas da devoção
não são fáceis de esquecer
O perdão não é bastante
A paixão é o amor destrutivo, que ninguém consegue conviver


Ah! como é bom viver
Ao menos uma vez, vivi um paixão..

Bêbado Escritor
Inserida por bebadoescritor

O que nos resta

Com os mesmos olhos que vi o mundo
Agora nem mesmo, sou capaz de enxergar

Os medos da infância voltaram
A voz perdeu o grave
O corpo desfalece


Mas tive tempo
Revi meus erros
Pensei demais
Tanto que já não lembro

As brigas, os maus momentos
Vivi com gente que não vive mais

E olhando para as minhas mãos enrugadas
Esqueci mais uma vez,
Mas dessa vez não foi minha culpa
Foi da luz do sol, que surgiu enquanto caminhava pela a estrada.


No que estava pensando?
Por que me aborreci tanto com aquilo?
Por que não vivi mais aquela amizade?
Por que não amei mais os que me amaram?

nem passou por esses pensamentos o arrependimento
O que restou,
foi o doce gosto das memórias,
dos sentimentos

Já vivi o bastante para não ver o tempo voltar
E aprendi, que quando me arrependo
Talvez a cura, não tenha tempo de curar

No fim, as boas lembranças das nossas vidas
é o tudo que vai restar.

Bêbado Escritor
Inserida por bebadoescritor

Teorema da Complexidade

Como se fazer entender
Algo que chega abstrato
Suga a mente e faz perder
A visão, fala e tato

Como se fazer sentir
Da vida que amanhece
O simples lembrar que faz rir
E como fogo logo aquece

Como se fazer perdoar
As dores do não saber
O medo de perder
E a incapacidade de esquecer?

Como se fazer emergir alegria
Num pequeno gesto singelo
No olhar que acende o dia
E no encontrar tão belo

Como não ficar entristecido
No partir que mesmo sabendo o retorno
Aparenta tudo estar perdido
Com a solidão que preenche o entorno

Mas, como fazer compreender
O que é inexplicável
Abalável
Retornável
Infindável
Sendo que mentes atraídas
Pecam no inverno de ríspidas
Tempestades de águas ácidas

O fruto que muitos aspiram
É meu mais valioso presente
Minha mais pura semente
Que germina amor reluzente

Que eu saiba discernir
Ir e vir
Ajudar e sobretudo, Amar!

Poeta Bêbado
Inserida por poetabebado