Poemas de Amor

Cerca de 2625 poemas de Amor

Você estará para sempre em minhas lembranças, porque deixei em minha memória um pedaço do tempo para pertencer somente a nós dois.
Quando estou ao seu lado, parece que tudo fica mais fácil, mais leve, mais seguro, é como se eu abrisse os meus braços para a liberdade. E neste momento parece que o nosso amor é tão fortificado que nossos corações penetram um ao outro, virando apenas um ser, um só coração, um só sentimento.
Quando você fica longe, fico com saudade de você, e não vejo o minuto de estar novamente aos seus braços, no encanto de nossas vidas, sentir seu abraço forte e aconchegante, sua respiração envolvente, seus olhos me olhando e me encantando, me levando a sonhos, ao amor...
Os ventos que sopram me fazem lembrar você, até nas chuvas que caem te vejo em meus pensamentos vindo para me abraçar... Nas ondas do mar, as lembranças suas fazem acalmar meu ser, sozinha me vem o sorriso, porque sei que logo vou te encontrar...
Que saudades de você nestes momentos que fico sem te ver, que vontade de estar sempre ao seu lado...sempre...sempre, sem ter estes intervalos sem você....

Samanta Bernardi

CONTÍNUO CONTIGO

Fascina-me com a leveza que teces teus mais puros sorrisos. O timbre da tua risada me tranca em cofres de sonhos vivos. Perco-me nas encantadas horas que vivo ao teu lado e, quando tentas, em meio as tuas crises de felicidade, esboçar os motivos das tuas infindas risadas, faz-se, claramente sem perceber, o mais sagrado anjo que caminha nas veredas de minha vida. Quando sorris, a anatomia inteligente dos teus lábios se desnuda em poesia. Teus toques são puros beijos de quem conhece as maravilhas do amor. Teus beijos provam que um homem pode viver mais de uma vida simultaneamente. Sinto-me eu quando estou contigo. Sinto-me liberto quando estou em nós. Desejo uma vida séria ao teu lado, mas, já de longe, tu me invades loucamente e, de perto, sou um completo bobo conquistado. Que seja amor em silêncio, calmo, sem pressa. Que nossos corpos não suportem tanto carinho se os sonhos se materializarem em verdade algum dia. Nossos corações nascerão novamente, floridos de novas essências: nossas essências. Porque a eternidade, meu anjo, é um sopro contínuo de vida que pulsa em nossas veias.

Bruno Oggione
Inserida por Oggione

"Pequenas palavras de um coração falante"
Por Thiago Augusto

Mas a vida prega pequenas peças em nós.
vivemos como que num livro
e a vários capítulos
A cada momento estamos em um
hora, no "é"
Hora, no "não é"
as vezes passamos pelo "talvez"
e as vezes ficamos no "quem sabe"
mas o melhor de todos é o capitulo " um dia"
dia esse que será após a noite
para tanto basta dormir
nada como um dia após o outro
um pé na frente do outro
cada passo dado
cada degrau subido
tudo isso nos leva em fim a
mais um dia

Senti isso hoje e decidi por compartilhar

Thiago Augusto Santos
Inserida por THIAGOAUGUSTOSANTOS

Posso te falar

Posso te falar sobre a vida.
E as belezas que ela tem.

Posso te falar dos sonhos.
Daqueles que me fazem bem.

Posso te falar os meus segredos.
Há você e a mais ninguém.

Posso te falar dos meus defeitos.
E o quanto mudei, como também...

Posso te falar "te amo".
Como jamais disse para um outro alguém.

Mário salles
Inserida por Mariosalles

E todas as vezes que
Eu chorar, saiba que é por ti.

E todas as vezes que
Me declarar, saiba que é assim.

Todas as vezes que
Eu disser que te amo.
Acredite!

Meu mundo sem você,
Não existe.

Pedro Veraszto
Inserida por PedroVeraszto

Foi no arrepio do seu corpo
Que eu me entreguei e fiquei louco

Foi no calor dos seus braços
Durante alguns amassos
Que eu me senti Amado

Entre beijos e abraços
O meu coração
Ficou viciado

Não disfarço
Quero viver sem preocupação
Só Eu e você loucos de paixão

Pedro Veraszto
Inserida por PedroVeraszto

Nos seus olhos encontrei o brilho mais lindo do que as estrelas oferecem.

No teu sorriso encontrei a paz que me adormece.

Nos teus braços, todo o calor que me aquece.

Em você, tudo que eu preciso e me enaltece.

Pedro Veraszto
Inserida por PedroVeraszto

À distância

À distância, amo e sou amado
Com a esperança de me encontrar
No momento certo e adequado
Com quem também vive a me amar.

Não importa quanto tempo leve
Para nosso encontro acontecer
Tenho a esperança que seja breve
Mas o tempo é quem irá responder.

Obstáculos estão entre a gente
Impedindo nosso pulcro abraço
Superaremos de forma prudente
Buscando juntos, o mesmo espaço.

Enquanto isso não acontece
Vivo pacientemente a esperar
Com força e fé em minha prece
O dia perfeito para te encontrar.

Te amo...

luiz santos
Inserida por PoesiasPoemaseAfins

Sabe, tá difícil amar, tá difícil esquecer, tá difícil achar alguém pra amar, mas que não seja você. Tá difícil chorar, tá difícil escrever, porque as lágrimas correm, na carta que escrevo pra você. Lagrimas malditas, que escorrem sem querem, chamam por teu nome, porque o que queria era te ver. Queria esquecer, e nunca mais lembrar, lembrar do teu sorriso, que ainda me faz viajar. Esquecer o teu olhar, queria esquecer você, mas é impossível esquecer, alguém que sempre vou amar, esse alguém sempre será você...

Willian De Douza

Amor perdido


Na calada da noite
ouço uma coruja a piar
será um canto de horror
ou só um clamor a soar

Com seus olhos no horizonte
uma sombra surge ao longe
sobre a lua na clareira
essa sombra que vagueia

A coruja se apavora
e a sombra vai embora
Será uma alma perdida
que vive a vagar

Por ter perdido um amor
que não soube dar valor
e hoje vive a procurar

POEMA AS BRUXAS

A força do amor

Sou o verdadeiro mar em fúria
A onda gigante de um tsunami
O ataque enfurecido de um tubarão
Sou a força inconstante da tempestade
Desaguando no seu coração

Sou a maré cheia, em noites de lua cheia
A Deusa das águas que caminha sobre ela
Sou o cavalo marinho
Que mergulha na imensidão do seu coração
Procurando o caminho pra ter de volta
Um amor que não acabou

Sou o vento forte do furacão
Girando sempre em sua direção
Tirando de você a dor da separação
Trazendo de volta um amor sem explicação

Sou o sol de todos os dias
A lua de todas as noites
Sou as nuvens, o vento fria
A magia contagiante
A brisa que te refresca
O calor escaldante

Sou o amor incondicional
A veste perfeita do funeral
Sou a vida reluzente
A fada dos dentes

Sou tudo que possa imaginar
A dor, o amor, a vida, a morte
Sou à sombra de seu coração
Um amor sem comparação.

POEMA AS BRUXAS

Te amo menina

Onde quer que eu vá
Seja em qualquer lugar
Se você estiver lá
Faz com que tudo ao redor deixe de importar

Esse seu jeito de me olhar
Esse seu jeito de me abraçar
esse seu jeito de sorrir
é o que me faz querer sentir

Mas ninguém sabe como é
Sentir esses sentimentos
Como os que sinto por você
Os que te culpo em todos momentos

Eu tenho horas, sabe
De pura solidão
E são nessas horas que mais te quero
Então não se afaste, não

Você me tem fácil demais
Não pense o contrário
Gosto de você mais que tudo
Isso não parece ser temporário

Seja debaixo do sol intenso ou da garoa fria
Deixa eu te amar
Noite após noite
Dia após dia

Alline Fernandes
Inserida por AllineFernandes

Poema inacabado...

Amar é...

Buscar o amor a cada momento, durante toda a vida, enfrentando as lágrimas, fazendo cessar a dor, enxugando a cada gota da face.
É transformar, dar brilho ao nosso horizonte, deixar para trás o irreal, buscar o nosso sol como se procura uma joia exclusiva...
(fev/89)

Lia Andrade
Inserida por LiaAndrade1

Que remédio - o amor?


Os poemas estão duros
o amor desapareceu dos versos
a tinta que antes coloria as linhas
agora, apenas mancha o papel
Falta sinceridade aos romances.

Aos poemas falta amor
aos versos, poesia
aos casais falta romance sincero, melodia
Falta o pulsar no coração dos poetas
Falta retomar o passado com nostalgia.

Falta morrer de amor, ao meio dia
com o peito apertado
após longa noite de desespero
e luzes acesas
e cama vazia.

O amor, aos versos sinceros
aguarda retornar um dia
Almeja transformá-los em poemas inteiros
e a partir do zero
enchê-los com o desespero contido em suas agonias.

Não há remédio para tal mal
há que se amar feito os poetas de antes
e apaixonar-se pela vida todos os dias
Há que se deixar levar pelas curvas do amor
mesmo delirando de febre, encolerizado, cheio de dor.

J.W.Papa
Inserida por JotaW

Das tristezas

Tristeza?
A gente tem que poemar!
Põe amor nela!

E ela vira poesia
Vira pó de tanta AMAResia

Lúcia Fernandes Bonito
Inserida por LuciaBonito

Afeto, amor, compreensão - eis os alicerces da vida.
Escrevemos com amor o poema da adolescência.
Com a música do amor, orquestramos a grande canção da existência.

E tu, cético diante da ternura,
impermeável ao sentimento,
aprende esta verdade:
A vida é Amor, e nada mais!
(Rubáiyát)

Omar Khayyám

Poema para Carlinhos Brow

Pra você canto qualquer canção
Que venha bendizer o amor
Dá-me um tantinho desse Sol que é luz
E é sempre sorriso feliz
De onde vem a estrela forte?
Pra você a brisa sempre soprara palavras livres
Que generosamente encantam outras
Quase diferente, pintando música
Com acorde de tintas regido pela cor vermelha
Mesma cor do nome do mar onde você mora
Quão infindas suas cores,
Quão vivos seus tambores,
Quão gigante sua fé,
Quão África seu Axé.
Bem aventurados seus velhos e suas crianças,
Bonita seja sua missão.
Querido filho dos encantados,
Proteja suas andanças.

Saulo Fernandes

Poema para amor a distância

Ha´quem me dera ter asas como a um passarinho para voar ruma teu destino e te mostras todo meu amor e carinho de um modo que te eleve aos céus de prazer sem limites...

Leonildo bernardo dos santos

Poema de um amor eterno

Quando eu não existir,
Busque uma praia solitária
Estarei no vento que vem do mar

Quando eu não mais existir
Ouve nas solidões de tuas noites
Melodia triste e profunda
Estarei na música


Quando eu não mais existir
Procure na casa do crepúsculo
Nas tardes vestidas em véus
Serei a brisa que te beija a boca

Estarei no perfume das flores
Que tuas mãos tocarem
Nas estrelas que teus olhos buscam
Serei o frio do luar que te afaga

Quando eu não mais existir
Irá sentir-me nas noites de felicidade
Serei o sorriso a ternura o teu pranto.

Deixarei nas lagrimas de teus olhos,
Artificiais lembranças da noite
Em que me entreguei a seu coração
No gostoso fruto proibido
Estarei nos beijos que te derem

Quando eu já não existir
Existirá o meu amor ardente nas estrelas
Suspirando na serragem da madrugada

Quando eu não mais existir
Haverá um barco
Onde verás o semelhante sorriso
E a pequena boca dizer
Eu te amo
Quando eu já não existir
Procure-me dentro de si mesmo
Nas tuas lembranças
E então saberás que sempre fui
E sempre serei teu...

Milene Isabele

LUZ, VIDA E AMOR! POEMA MÍSTICO

No centro da Rosacruz
Desabrocha a rubra flor
Símbolo que me conduz
Na senda da Luz, Vida e Amor...

Exala um perfume alquímico
Que fica sutil no ar
Impregnando meu corpo anímico
Que faz minh’Alma no infinito levitar...

Entro em contato com o Cósmico
Meu ser é enlevado em poesia
Sou um buscador Místico
Envolto nesta sublime trilogia:

Luz que emana Vida
Vida que emana Amor
Amor é a Luz da Vida
Na mística rubra flor.

Elias Akhenaton