Poema Concreto a Chuva e o Vento

Cerca de 290 poema Concreto a Chuva e o Vento

Este é o inverno

Um frio de leve
vem pra ficar.
A brisa suave
faz a árvore balançar.
O vento sopra
assobiando.
O céu escuro
vai ficando.
As nuvens passam
de mansinho.
A chuva chega
devagarinho.
As pessoas correm
abrindo guarda-chuvas.
Vi um homem de casaco
e uma mulher de luvas.
É esse o inverno
sorrateiro.
Vem chegando
e nem avisa primeiro.

Clarice Pacheco

A Outra Noite

Outro dia fui a São Paulo e resolvi voltar à noite, uma noite de vento sul e chuva, tanto lá como aqui. Quando vinha para casa de táxi, encontrei um amigo e o trouxe até Copacabana; e contei a ele que lá em cima, além das nuvens, estava um luar lindo, de lua cheia; e que as nuvens feias que cobriam a cidade eram, vistas de cima, enluaradas, colchões de sonho, alvas, uma paisagem irreal.

Depois que o meu amigo desceu do carro, o chofer aproveitou o sinal fechado para voltar-se para mim:

-O senhor vai desculpar, eu estava aqui a ouvir sua conversa. Mas, tem mesmo luar lá em cima?

Confirmei: sim, acima da nossa noite preta e enlamaçada e torpe havia uma outra - pura, perfeita e linda.

-Mas, que coisa...

Ele chegou a pôr a cabeça fora do carro para olhar o céu fechado de chuva. Depois continuou guiando mais lentamente. Não sei se sonhava em ser aviador ou pensava em outra coisa.

-Ora, sim senhor...

E, quando saltei e paguei a corrida, ele me disse um "boa noite" e um "muito obrigado ao senhor" tão sinceros, tão veementes, como se eu lhe tivesse feito um presente de rei.

Rubem Braga

Você diz que ama a chuva, mas você abre seu guarda-chuva quando chove. Você diz que ama o sol, mas você procura um ponto de sombra quando o sol brilha. Você diz que ama o vento, mas você fecha as janelas quando o vento sopra. É por isso que eu tenho medo. Você também diz que me ama.

William Shakespeare

Espero que...
Espero que a chuva nos traga boas lembranças.
Que o vento nos traga o perfume de quem amamos.
Que o dia nos traga novas esperanças.
Que Deus nos ajude a concretizar o que almejamos.

Marcos Antonio Melo

Está tudo planejado:
se amanhã o dia for cinzento,
se houver chuva
se houver vento,
ou se eu estiver cansado
dessa antiga melancolia
cinza fria
sobre as coisas
conhecidas pela casa
a mesa posta
e gasta
está tudo planejado
apago as luzes, no escuro
e abro o gás
de-fi-ni-ti-va-men-te
ou então
visto minhas calças vermelhas
e procuro uma festa
onde possa dançar rock
até cair.

Caio Fernando Abreu

Que as gotas de chuva molhem suavemente o seu rosto.
Que o vento suave refresque seu espírito.
Que o sol ilumine o seu coração.
Que as tarefas do dia não seja um peso nos seus ombros.
Que Deus envolva você no manto de seu amor.
Que a estrada se abra à sua frente.
Que o vento sopre levemente em suas costas.
Que o sol brilhe morno e suave em sua face.
Que a chuva caia de mansinho em seus campos.
Até que nos encontremos de novo...
Que Deus guarde você na palma de sua mão.

Desconhecido

Meus olhos estão tristes
como a chuva que molha o jardim
Só o silêncio do vento
a ecoar num vale
Um sopro de vida
num rosto que se molda
Que oa rununciar-me
não aprisione esses olhos tristes pro belo
O corpo presente
pra um coração ausente
Ensinaste uma fragilidade
que não quero aprender
Levantarei a cabeça
verei o horizonte
e saberei que o farol que me guia
me deixará num porto seguro.


GOSTARIA DE 1 DIA PRA VIVER,
E UMA ETERNIDADE PRA SONHAR.

Patricia Tieko

Eu me preparo e espero a chuva que há de vir,
eu já sinto o vento e o frio que a anuncia.

Eu espero e me preparo para o que há de vir, seja com qual intensidade for,
pronta eu estou, eu me preparo para.

Eu não paro, eu me deparo, parada não estou,
seja vendaval, seja chuva de verão, seja dor, seja amor

Dona Geo

Que as gotas da chuva molhem suavemente o seu rosto,

Que o vento suave refresque seu espírito,

Que o sol ilumine seu coração,

Que as tarefas do dia não sejam um peso nos seus ombros,

E que Deus envolva você no manto do Seu amor

Prece Irlandesa

Soneto XXXVIII

Quando a chuva cessava e um vento fino
franzia a tarde tímida e lavada,
eu saía a brincar, pela calçada,
nos meus tempos felizes de menino.

Fazia, de papel, toda uma armada,
e estendendo meu braço pequenino,
eu soltava os barquinhos, sem destino.
ao longo das sarjetas, na enxurrada...

Fiquei moço. E hoje sei, pensando neles,
que não são barcos de ouro os meus ideais:
são de papel, são como aqueles,

perfeitamente, exatamente iguais...
_Que meus barquinhos, lá se foram eles!
Foram-se embora e não voltaram mais!

Guilherme de Almeida

Quase tudo passa...
O vento, a tristeza, a chuva, a felicidade...
Mas não importa o que eu faça...
A ’saudade’ não passa.

Marcus Patrick Pens

O vento passou e a nuvem chegou trazendo consigo a chuva e o frio,
que cada vez mais trazia a paz. e o brilho do teu sorriso By: Jefferson Allmeida​

vento nuvem chuva



Flutuo...
Pairo...
Assento...
Corpo jaz ao vento
Agora sou chuva
Sem pensamento.

Enide Santos 26/04/14

Enide Santos
Inserida por EnideSantos

Pessoas e nuvens
São muito parecidas
Algumas o Vento trás
Outras o Vento leva
Algumas vem e ficam
Algumas vem e vão.

Raynan Silva
Inserida por MeninoVadio

Posso te servir mais um café
Na intenção de fazer você ficar
La fora tocam gotas d’agua na janela
Fazendo o cantar das aves cessar
E na porta aberta o vento vem dizer
Que o tempo para pra quem sabe viver
O vento carrega teu perfume
E o conforto pousa aqui
Nos meus braços cheio de espaço
Com meus abraços sempre a te cobrir

Rômulo Pavanello
Inserida por romulopavanello

Quando se pensa que nada mudou, tudo se transformou.

O ponteiro do relógio andou.
A chuva parou.
O vento pra outras bandas virou.

O sol brilhou,
a terra girou,
a lua mudou.

A dor acabou,
e a tristeza a alegria recuperou...
A paz voltou
e a esperança esperançou:

um novo amor começou....

recomeços... a vida exatamente como conheço :)

Rosangela Calza
Inserida por RosangelaCalza

Chuva caindo do céu para o mar.
Vento soprando a brisa ao mar
chuva molha e deixa desaguar todas as magoas que o dia a maltratar, limpa-me chuva e deixa molhar as impurezas da carne e tudo passara.

Wesley Nascimento
Inserida por -Wesley

Que a Chuva lave todas as amarguras...
Que o Vento sopre todas as folhas secas...
Que a Memória esqueça todas as loucuras...
Que o Destino encerre tudo que não me satisfaz...
Que o Tempo leve tudo que não me serve mais !

Robson Araujo

Robson Araújo
Inserida por RobsonAraujo

Quanto mais lutava contra o vento, mais cansada ia ficando e o que era para proteger, estava a desgastando...
E ela soltou, deixou o vento levar. Uniu-se a tempestade, deixou a chuva a tocar...
E naquele instante percebeu o que aquela situação representava em sua vida,
o apego só gera sofrimento e continuar com algo que está incompleto é viver em tormento.
Uni-se a tempestade, deixe ela te tocar. Observe o agora que tem muito a te ensinar.

Isha.insight
Inserida por IshaS2

Quem pode ver o vento quando ele chega?

Pode-se sentir e ouvir seu canto em forma de assopro igual a música tocada em uma flauta
Ver sua irreverência quando ele brinca com as folhas das árvores fazendo as voar ou em qualquer lugar realizando uma coreografia de dança com um papel a voar
Chega de repente para colocar em desalinho os cabelos de quem estiver em seu raio de ação
Ele parece sempre querer nos chamar a atenção não apenas da chuva que sempre anuncia
Mas também para algo que ainda não temos a capacidade de entender...
Mais quando se está em um barco a vela em alto-mar
Sentimos sua imponência conduzindo o veleiro com segurança para um porto seguro.

Isaias Ribeiro
Inserida por isaiasribeiro