Muito Triste não poder Viver nosso Amor

Cerca de 322 frases e pensamentos: Muito Triste não poder Viver nosso Amor

São seis horas da manhã e eu tenho que lhe contar algo. Sério, você não vai acreditar no que eu tenho para lhe dizer. Está chovendo forte, tem um vento frio que traz os pingos gelados para perto da gente. Eu abri a janela para espiar e o barulho da água rolando no telhado ficou mais alto, muito mais alto, tão alto que fiquei com medo. Sabe aquela chuva que vem com força, parecendo querer lavar a cidade? Então. Está um pouco mais forte que isso. Ainda não amanheceu, acho que esse tempo molhado atrasará a claridade do dia. Eu fiquei olhando para o céu por alguns minutos e me deu uma vontade louca de sair na rua e ser lavado por essa água congelante. Está frio, muito frio. Mas eu fui. Sério, eu fui. Eu abri a porta e saí de casa. É, eu disse que você não acreditaria. Eu sou louco, mas você sabe disso. Você me conhece tão bem sem nem ao menos saber da minha existência. Lá fora, o vento levou meus cabelos para trás e eu fechei os olhos resmungando. Meu rosto estava completamente molhado, senti como se estivesse colocando a cabeça dentro de um congelador. Eu fiquei parado ali perto da grade que fica na frente do quintal olhando para o calçamento da rua que parecia estar resvalando. Sei lá, deu vontade de abrir o portão e dar uma volta. A água vinda dos céus continuava mantendo a temperatura do meu corpo um pouco baixa me fazendo tremer. Você acredita que eu saí portão à fora? Sim, eu saí. Estava escuro, estava chovendo e o frio deixava minha boca roxa. Eu fui até a esquina que tem aqui perto e sentei naquele degrau que eu costumava sentar sozinho há alguns anos atrás. Eu me senti tão sozinho. Minhas roupas estavam totalmente encharcadas e eu continuava tremendo. Não havia nada na rua, nem carros, nem pessoas. Estava tudo deserto. Foi nessa hora que eu fechei meus olhos e pensei em você. Eu não lembro muito bem o que veio à mente, parecia que eu havia me desligado do mundo e entrado na inconsciência. Eu estava com tanto medo. Medo de ficar assim por muito tempo, medo de ser engolida por essa solidão sombria que se perdia no escuro chuvoso da noite. Mas eu vi o seu sorriso. Eu juro que vi. Eu gritei o seu nome na minha mente e você sorriu. Você sorriu para mim. Acho que eu sorri também. Não sei, não lembro, não tenho muita certeza, mas eu senti uma gota quente escorrer pelo meu rosto em meio a água da chuva que me banhava. Sabe, eu senti um aperto no coração. Dá para acreditar? Eu sempre fiz de tudo para ser forte e vencer o meu maior medo sem precisar de ninguém, mas agora eu me encontrei preso em uma gaiola feita de um material muito brusco e forte, eu me encontrei aqui chamando o seu nome. Eu sinto minhas forças irem embora e eu finalmente estou precisando de alguém. Mas não é um alguém qualquer. É você. Eu acho que fiquei ali sentado por uns dez minutos olhando para o nada e ouvindo a sua voz cantando para mim dentro da minha cabeça. Você cantava a nossa música, aquela que me acalma, aquela que você sabe que pode ser usada como antídoto. Você sabia o que cantar porque você me conhece. Você me conhece tão bem sem nem ao menos saber da minha existência. Você me conhece porque nós dois somos um só. O vento aumentou sua velocidade me despertando da fantasia e me forçando a mover meus pés de volta para casa. Demorei um pouco para entrar, fiquei no quintal, perto da minha janela, pensando um pouco mais em nada. Acho que era disso o que eu precisava: viver o irreal. Eu não sei por que eu saí de casa, nunca me dera essas crises loucas antes, eu posso ter pego um resfriado, sei lá, daqui a pouco vou começar a tossir. Mas a chuva, a água que congelava meu corpo, era amena. A água que limpava a cidade, escorria pelo meu corpo tentando levar toda a dor que me habita. Era irreal. Eu juro para você que era. Parecia algo do além, algo curável. O banho quente que eu tomei depois foi como um choque no meu sistema. Eu acordei. Não foi nem um pouco parecido com o momento em que o vento acelerou e me fez voltar para casa, foi algo muito mais que isso. Eu acordei do irreal. Daquela chuva, daquele frio, daquela coisa do além que supostamente tentou levar minha dor embora. Sua voz sumiu da minha mente. Você não cantava mais, você não estava aqui. Eu fiquei sozinho e assustado de novo. Eu continuo precisando de você, eu me rendi, eu admiti que não sou forte, eu gritei. Eu fiz o que pude. Você não ouviu, não me notou. Talvez você fique tão espantada com tamanha loucura que eu obtive de sair por aí sozinho e não se convença. Mas eu disse lá no início que você não iria acreditar no que eu tinha para lhe dizer. São seis e dez da manhã e o céu continua escuro, o barulho da chuva ainda está alto e a janela continua aberta. Eu olho para a água caindo lá de cima e lembro da sensação estranha que eu senti há trinta e cinco minutos atrás quando as gotas bateram no meu corpo e eu estava sozinho pensando em você. Você é minha única saída, é a única pessoa que pode me ajudar. Você está com o pouco de força que ainda me resta. Você pode desacreditar disso também, mas só você pode espantar o medo e a dor que habitam meu coração.

Leonardo Romanelli Guimarães

Me apaixonei pelo seu sorriso, não, espera acho que foi pelo modo com que seus olhos se fecham por alguma palavra direta, não, foi por isso também, mas com toda a certeza eu me apaixonei porque você consegue ter tantas coisas lindas que eu não vejo como escolher, me apaixonei por tudo o que há em você

Leonardo Romanelli Guimarães

Eu espero que você não volte, porque se voltar eu te aceitarei de volta, mas se não voltar você esta me dando a oportunidade de conhecer alguém bem melhor que você.

Biianca Ellen

É por isso que não creio nesse algo abstrato e sem sentido chamado amor. Como algo que dizem ser maravilhoso e benéfico possa causar tanta dor?

Leonardo Romanelli Guimarães

TUA PAZ

Não fique triste
Somente a lamentar,
O amor sempre existe
Para tua paz felicitar.

Tiago Curralo

Não atue,
amor,
não negue
a tua dor,
ao teu amor.
A dor,
em mim,
também ficou.

Jéssica Calaça Lima

Esse amor que trago em mim acho que não é certo...

Leonardo Romanelli Guimarães

Triste daquele que discursa sobre o amor e não se sente amado.
Não sabe o ingênuo que amor não se diz ou pode ser ensinado.

Fábio Rocha Pina

Encontro-me perguntando:
Se o amor existe,
Se não existe por que estou tao triste?!
Se existe por que tão triste?!
Se compreendo é por que estou vivendo, amando.
Se já mais não entendo é por que devo estar morrendo, sem amor.

Mariana Mens

Descobri
Observando o calendário da vida
Como morre um amor

Ele não sucumbe por bactérias ou vírus,
Não morre num instante
Nem termina acabado por acidente

Ele morre aos poucos lentamente...
Sem querer,
Porque o amor
Sempre QUER sobreviver...

Mesmo metralhado por dúvidas
Açoitado por desconfianças,
Agredido por ciúmes
Ele se inclina pra um lado
Se joga para o outro
E levanta novamente,
mesmo que ressurgido de uma traiçao
Ele sofre um ataque
Cai
Titubeia
Levanta
tenta ficar forte
É esfaqueado
E ressurge de novo
É açoitado, maltratado,
E mesmo assim se arrasta
É pisado, Espezinhado
Mas segue tentando tocar o coração
Pois o AMOR quase nunca desiste...

Aos poucos aprendemos a seguir
E deixar viver o afloramento do amor zumbi
sempre tetando achar um motivo se quer para sobreviver

Mas tem uma hora, tem um dia
Não sabemos exatamente quando
Sem nem saber como
Ele some de vista como
o Inverno entra na primavera,

As vezes pode levar da adolescencia até o início da terceira idade,
mas um dia está fadado ao calabouço do esquecimento,

E quando surge novamente na memória
Já está seco
Duro
Sem emoção

Só daí saberemos
Esse amor faleceu...

Michel Lara Resende

O amor é triste,
muito triste,
mas só
quando não existe.

Zélio Marulo Jr.

Quando se sentir triste dentro de um relacionamento, perceba que não há mais amor, há apenas saudade do que um dia se amou.

Brilho em Palavras

Às vezes não é o fato de precisar desabafar que nos incomoda, mas sim a maneira como a outra pessoa recebe o desabafo. É que nem sempre a gente precisa ouvir um "Vai ficar tudo bem!", mas sim alguém que aponte suavemente onde possivelmente estamos errando e nos dê um abraço de um dia inteiro..

Jéssica Calaça Lima

Nunca olhe ninguém de cima para baixo, a não ser que seja para ajuda-la a se levantar.

Dener Naizer

Ela é Guerreira, não desanima por qualquer besteira. Cansou do pouco da vida e preferiu a vida inteira. E ela vai, sem mais, na calma, sem desespero, escrever sua própria história cansou do mesmo roteiro..

Erreap

A felicidade e o bom humor do próximo só incomoda quem não busca ser feliz e não tenta mudar a amargura no próprio coração.

Autora: Aurilene Damaceno

Aurilene Damaceno

Por favor me segura
Não aguento mais essa amargura
Diga-me que estou com minha armadura
Não me julgue por ser insegura

Diga que estou acertando o certo
E errando o errado
Saber eu sei como é
Pois eu já fui amado.

L. Bouth

Eu nem sei dizer como estou, mas bem não é bem a palavra.

Andreza Filizzola

A minha Lua estrugiu, ela não suportou ouvir teu nome tantas vezes.

Thainá Seabra

O meu “estou bem” significa que estou de pé, estou respirando, andando, sentindo, mateando, mas não significa que estou feliz.
— Me faltas tu.

Carlos Eduardo Back