A experiência de ver alguém que amamos sair abruptamente de nossas vidas é no mínimo dolorosa. O sentimento de impotência perante a perda é apenas um no meio do turbilhão de emoções que temos que carregar nesses momentos...

Mas mesmo nos cenários mais devastadores, se prestarmos atenção, encontraremos boas e importantes lições que ajudam a nos moldar como melhores pessoas

Duvida? Então, confira o que costuma passar batido pela maioria de nós, mas que se torna tão claro como água quando a perda é irreversível.

1. Demonstrar mais gratidão

Aprendemos que sentir gratidão não basta, também devemos demonstrar este sentimento a quem somos gratos. E não apenas às outras pessoas, mas também, precisamos ser conscientes das coisas boas que temos em nossa própria vida e agradecer por elas. 

A nossa ficha cai quando já não temos a oportunidade de mostrar todo o amor e agradecimento que sentimos para aquela pessoa especial que não está mais ao nosso lado... Portanto, para evitar remorsos, comece a ser mais grato pelo que você tem (mesmo as pequenas coisas)!

Conheça quais são os benefícios de expressar gratidão!

2. Devemos viver a vida ao máximo

James Dean

Quantas vezes você já disse: "faço amanhã", "semana que vem eu resolvo isso" ou ainda "um dia vou fazer"? Podemos não notar, mas estamos constantemente adiando a vida para depois e depois, mas lembre-se que o amanhã pode nunca chegar... 

Isso significa que se você tem um sonho, não deve deixa-lo de lado, faça com que ele se torne uma realidade. Pode não ser no momento exato que você gostaria, mas o importante é correr atrás daquilo que você ama e ser feliz, não é mesmo?

Saiba também quais são as 7 Regras para aproveitar a vida ao máximo e ser feliz!

3. Remorso é um sentimento que dói bastante

Percebemos como é doloroso mantermos as palavras engasgadas na garganta, seja um pedido de desculpas, um agradecimento, um elogio ou um simples e poderoso "eu te amo". Ter que viver com o remorso de nunca ter feito aquilo que gostaria ou deveria para a pessoa amada é uma das piores dores que podemos carregar... 

Aprendemos a dar mais valor aos momentos e a vivê-los como se fossem os últimos, evidenciando sempre o amor e os bons sentimentos sobre todas as outras coisas. 

madame de stael

4. A cura é um processo 

Também aprendemos que o tempo cura mesmo tudo, mas de modo lento e indeterminado... Permita-se viver o seu luto, se assim quiser. No entanto, esteja ciente de que a SUA vida deve continuar!

Hipócrates

5. Temos o Poder de Escolha

Quando perdemos algum ente querido inesperadamente, percebemos como a vida é efêmera e imprevisível. Com a rotina do cotidiano - família, amigos e trabalho, por exemplo - não notamos como tudo pode terminar a qualquer momento e é inevitável não nos questionarmos: é essa a vida que quero viver?

Esta história vai-te mostrar como devemos aproveitar melhor as pessoas que amamos enquanto elas estão cá, junto de nós!

Somente quando nos deparamos com esta questão começamos a refletir sobre o que significa o nosso "Poder de Escolha".

No entanto, antes de escolher o caminho é preciso saber o que esperar da vida. Depois de traçado o destino, você precisa trilhar o percurso com determinação, esperança e humildade, pois somente assim conseguirá ser feliz. 

Coisas ruins acontecem, como eu respondo a elas define o meu caráter e a minha qualidade de vida. Eu posso escolher sentar na tristeza perpétua, imobilizado pela gravidade de minha perda, ou posso escolher subir a partir da dor e do tesouro do dom mais precioso que eu tenho – a própria vida.

Walter Anderson

Saiba também quais são as Lições de vida que todo mundo aprende mais cedo ou mais tarde!