Lacombe

Cerca de 168 frases e pensamentos: Lacombe

A pior distância que pode existir entre duas pessoas é aquela que a dúvida traz.

Gustavo Lacombe
Inserida por guslacombe
1 compartilhamento

Um sorriso incomoda muita gente. Um casal sorrindo incomoda muito mais.

Gustavo Lacombe
Inserida por guslacombe
1 compartilhamento

Favor não resumir o amor ao babaca que nunca soube o que era o sentimento e só te machucou.

Gustavo Lacombe
Inserida por guslacombe
1 compartilhamento

Não se assuste, é assim que a vida vai tratar qualquer coisa. Aliás, é como você enxergará as coisas sem que alguém venha te explicar. Não é preciso ir muito longe pra saber que o que é importante pra você pode não ter valor algum para outro. E haverá quem não compreenda como uma “besteira” pode ser tão fundamental assim para você. Não precisa ficar espantado. Podemos ir além de coisas ou fatos. Pessoas também terão importância variada. Às vezes, aquelas que mais admiramos e damos tal dimensão em nossos caminhos são as que provocam as maiores decepções.

E, talvez, a culpa não seja inteiramente delas. Metade disso, sem nem precisar pensar muito, é nossa por criar expectativas ante a importância que elas tinham. Ou ao que se esperava delas. Mesmo que fossem expectativas justificadas ou que já tivessem sido atendidas em algum outro ponto da história. Mesmo dada a esperança, toda expectativa merece um pé atrás. Não por medo, mas por simples resguardo. Você sabe quantas caras será preciso quebrar até que se aprenda isso?

Não existe número certo, acredite.

Pode ser que algo te entristeça porque se entregou demais, porque esperou demais, porque valorizou demais. Porque se importou demais. Inclusive, tudo que é demais é prejudicial. Não estou falando que é preciso ligar um “dane-se” para tudo. Não mesmo. Receio que, se nós não criássemos aquele frio na barriga esperando por algo bom, a vida perdesse muito mais da metade da graça que tem.

Enquanto corações, confianças e planos ainda são quebrados diariamente pelo anseio de ter uma coisa e a realidade mostrar outra, são as surpresas escondidas nos detalhes dos dias que ainda servem de motivos para acreditarmos que algo de bom pode acontecer – mesmo nas fases ruins. É aquilo de saber valorizar o que se tem e o que se pode agarrar quando aparece. Dar a importância certa para os momentos certos.

O que nos machuca hoje pode ser apenas o foco voltado para uma coisa que ainda é importante e não deveria ser. Só que não se aprende a conferir esse valor da noite para o dia. Custa. Antes de dizer que já viu de tudo, tenha certeza de que o Mundo é gigante e nada é impossível. Até mesmo encontrar alguém que entenda o valor que você dá a tudo que te cerca. Até encontrar quem, no jogo de pesar e medir, te equilibre.

Tudo depende do peso que você aceita carregar.

Gustavo Lacombe
Inserida por thaisgama
1 compartilhamento

Pequena,

joga tudo pro alto. Acorda amanhã e faz uma mala, uma mochila. Ou, melhor, nem dorme essa noite. Espera a vizinhança se aquietar e sai de fininho. Deixa a porta encostada pra não fazer barulho com a chave nem com o trinco. Vem com seus pés de veludo até a esquina. Te espero. Carro ligado, motor funcionando e o ronco vai se confundir com o que deixou no quarto sozinho. Larga tudo.

Te peço isso num impulso louco apaixonado, mas com a frieza de quem pensou até não poder mais. Pesei muita coisa também. A sua, minha, nossa alegria. Coloquei do outro lado a tristeza que ele sentirá se acordar e encontrar o lado esquerdo vazio. Eu já sei faz tempo o lado que você gosta de dormir. Juro que me pus no lugar dele e não resisti ao fazer este pedido. Lutei muito contra o egoísmo de querer ter você só pra mim.

Mas não é desse jeito que funciona?

Eu sei que você não quer mais essa sua vida. Vive falando que agora o teu destino é comigo e que quer construir algo nosso. Deixa a janela entreaberta, faz uma corda fugitiva com lençóis amarrados. Escapada hollywoodiana em plena madrugada carioca. Rapel da janela do teu quarto pra escalada dos meus braços. E não esquece de deixar um bilhete pra ele. Joga tudo pro alto. Larga o que eu chamo aqui de “tudo”, mas você vive me repetindo que é nada. Que não há mais nada.

Se essa carta chegou até você é porque existe quem acredite e apóie essa nossa loucura. Esse nosso amor. Nascido do olhar, confirmado nos beijos. Talvez levando apenas a culpa de você já estar com alguém. Entretanto, há tempo para concretizar nós dois, Pequena. Quando se ama nunca é tarde. Vem, te peço, e me mostra que tudo aquilo que fala pra mim é verdade.

Essa não é nossa última chance, mas é a chance. Pra quê prolongar?
Joga pro alto o que você não quer mais e agarra a gente de vez.

(Gustavo Lacombe)

Gustavo Lacombe
Inserida por thaisgama
1 compartilhamento

Quando você me apareceu, eu não estava perdido. Seguia meu curso tranquilo e, ainda que não enxergasse direito meu caminho, ia em frente. Quando você me chegou, não estava procurando um novo amor, um novo alguém. Aconteceu. Tudo bem. Mas desde que você me veio, não sei por qual obra da vida, é inegável que tudo ao redor de mim mudou. Se hoje um sentimento é mais forte e uma emoção é mais sentida, é única e exclusivamente sua culpa, que me trouxe o lado bom do amor de novo. Obrigado, simplesmente, por ser assim. Por ser a mulher que sempre desperta o que há de melhor em mim.

(Gustavo Lacombe)

Gustavo Lacombe
Inserida por thaisgama
1 compartilhamento

Ela é comum e mais uma na multidão. Insegura, tem medo que seus sonhos não se realizem. Mas sua vontade de lutar é especial. Os amigos a adoram, só não gostam quando está carente. Fica mole e pedindo colo. Nada parecido com aquela menina cheia de si e segura assim que suas conquistas começam a figurar no horizonte. Complicada? Ela nunca quis ser fácil de entender. A não ser quando ela se descomplica pra alguém. Estar só, às vezes, é alívio. Encontrar um amor? Mais um sonho. Pode ser numa esquina, abrindo a porta, lendo um livro no parque, ou em qualquer uma das suas atividades de mulher independente e de casca grossa. Comum? Sim. Como ela existem milhares de mulheres, mas não é por causa disso ela não pode ser chamada de Notável. Pequena, cabe num abraço apertado, num sonho planejado, num salto bem alto, numa frase do Caio, num verso do Tom, num gesto raro, num livro bom, num diferente penteado, numa roupa provocante, numa única solidão, no fundo de uma taça de champagne. Só não consegue caber numa única definição.

Gustavo Lacombe
Inserida por thaisgama
1 compartilhamento

Não importa se a gente se viu ontem. Você sabe, meu bem, que nunca se mata o tanto de vontade que se represa. Ainda que eu tenha todo tempo do Mundo pra te amar, um segundo longe já vai bastar pra imaginar que poderia ter sido mais. Ter feito mais. Acho que toda essa vontade é da loucura de se entregar e poder encontrar abrigo na sua reciprocidade.

#GustavoLacombe
#ahlacombe
#ela

Gustavo Lacombe
Inserida por erdiego
1 compartilhamento

Vinha sofrido de histórias passadas. Daquelas que tinham marcado a alma e gravado a decepção tão forte na cabeça que não acreditava ser possível encontrar alguém para sorrir assim tão abertamente. Para sorrir de verdade novamente. Passei a crer – de pés juntos e cabeça baixa – que o Amor continuaria me reservando uma faceta ruim e que estava sempre fadado a fracassar.

O Amor nunca fracassa, aprendi.

Aos que acabam transformando-o no peito durante a relação, certamente ele acaba em um sentimento diferente. Aos que provam de alguma traição, há sempre o Amor na possibilidade do perdão – mesmo que se decida não olhar mais na cara da pessoa. Aos que se desiludem, o Amor acaba retornando fantasiado de uma nova oportunidade. E assim foi comigo.

Teu Carinho, por fim, se tornou o meu melhor amigo. Algo que me esquenta nos dias de inverno e que me faz sorrir mais largo nos dias de Sol. Daqueles que tece clichês no pé do ouvido e surpresas nos dias mais rotineiros. Sem dúvida levarei para sempre as cicatrizes que, por ensinamento da Vida, não preciso esconder, mas a cicatrização do meu peito vem diretamente ligada à tua presença comigo.

Se não fosse por você, eu estaria sozinho.

O mais engraçado é que, durante um certo tempo, eu lutei contra tudo isso que nascia em mim. Você vai se lembrar das negativas, dos arroubos de lágrimas e das brigas que tinha quando você insistia. Essa história de “quero te fazer feliz” não colava. Hoje eu sei que você entrou na minha história para me fazer bem mais que feliz. Você apareceu pra me re-ensinar a viver.

A gratidão acontece nos meus beijos, nos meus abraços. Me desculpa se, às vezes, eu cobro algo, se eu tenho ciúme, se eu acabo me excedendo. Ainda carrego um resto de medo, mas a cada dia a confiança vem aumentando. A cada dia você devolve o brilho; meu e da vida. E vejo que estamos dando certo. O Amor nunca fracassa, isso é certo.

Ele apenas espera para se entregar de novo.
Quando a recíproca for verdadeira.

Gustavo Lacombe
Inserida por erdiego
1 compartilhamento

Eu só queria te dizer, meu bem, que você é uma das coisas mais importantes que já aconteceram na minha vida. E que se não fossem todos esses sorrisos, certamente eu não teria a exata noção do que é felicidade. Pensaria ser feliz, mas não o seria plenamente. Só queria dizer — e não repare, você sabe que sou meio prolixo às vezes — que eu só descobri o verdadeiro gosto de amar e ser amado depois que passei a amar e ser amado por você.

Na verdade, eu tenho inúmeras coisas para te dizer. E fico tentando resumir em poucas palavras, mas você sempre me lembra que falar em alguns momentos é desnecessário. Agir é mil vezes melhor, mas ainda assim seria uma tentativa de tradução de todo bem que me causa. Fico numa sinuca. Te mando um beijo numa mensagem, te mandaria outro num outdoor da avenida ou colocaria alguns dizeres naquelas faixas que os aviões levam fazendo propaganda pela praia:

Amor igual não há.

No fundo, eu só queria dizer que te amo. Ok, sempre torci o nariz para frases que começavam com “no fundo”, mas, se for pra deixar sucinto, deixa assim. É que você sabe melhor que ninguém o tanto de coisas acontecidas entre nós e, se enumerássemos aqui, ficaria difícil chegar no “por fim”. Passaria tempo demais explicando o bem que fez ao meu Mundo. E meu rosto estamparia num sorriso a confirmação.

Então, acho que só queria te dizer que é muito fácil falar da gente e muito difícil ao mesmo tempo. Fácil porque só de pensar em tudo que passou, no que acontece hoje e no que a gente ainda pode viver, nada me tira a certeza de que é você. Pessoa da minha vida. E difícil porque tudo me chega como uma onda de sentimentos e mal consigo me expressar. Volto ao que você disse: falar pra quê?

Deixo que um beijo te diga o quanto ainda te quero. Deixo que um abraço apertado te mostre que te quero bem perto. Deixo que o tempo faça a sua mágica de nos fazer viver e depois nos deixar pensando “como passou rápido”. Deixo que aquela coisa que eu queria te dizer para resumir o que sinto se torne um carinho, aquele seu preferido. Aquele que só quer te dizer, no fundo, que te ama muito.

Gustavo Lacombe
Inserida por beautyobsene
1 compartilhamento

Durante toda a nossa vida nos venderam o chamado “amor romântico” quase que de forma constante. Lemos sobre ele em vários livros, nos rendemos a ele em mil e um filmes, nas centenas de séries de televisão e, inclusive, através da moda e da publicidade.

Poderíamos dizer, então, que o “amor romântico” é uma espécie de fraude? Talvez não tanto, ou talvez sim… A despeito disso, poderíamos defini-lo mais como um “amor inconsciente”, já que de certo modo, não é mais que uma idealização das relações afetivas. É aí que estabelecemos um apego muito intenso e uma dependência mútua que quase nunca termina bem.

Não é bom idealizar o amor, nem fantasiar sobre como deve ser nosso par ideal. Possivelmente, nunca conseguiremos encontrá-lo se vivermos de acordo com esse padrão perfeito que sonhamos para nós mesmos. Às vezes, costuma-se dizer que “o amor verdadeiro não vem de repente para alguém, ele parte do nosso próprio interior”.

Ou seja, a relação perfeita deve ser construida de modo “consciente”, com esforço, dedicação e maturidade emocional.

O amor “consciente” que teme a solidão
Falemos do amor “consciente”. Se você nunca ouviu esta expressão vale a pena aprofundar-se nela através de umas pinceladas que, imediatamente, encenarão como são essas relações afetivas que queremos descrever para você:

– Os casais que se amam de modo “consciente” não se veem como metades um do outro, como a metade da laranja com a qual precisam se unir para serem uma só pessoa. Absolutamente. São pessoas completas, que não temem a solidão, são laranjas inteiras que oferecem sua plenitude e sua maturidade emocional livremente para seu par, para serem mutuamente felizes.

– As pessoas que estabelecem relações “inconscientes” são, geralmente, imaturas. Procuram outras pessoas para preencher seus vazios emocionais, para encontrar um equilíbrio em seus problemas e estabelecer, por sua vez, um tipo de apego geralmente tóxico. Para isso, não têm dúvidas quando à manipulação, estabelecem chantagens sutis, pois, antes de tudo, temem ficar sozinhos novamente nessa imaturidade com a qual ainda não puderam aprender a lidar.
No entanto, as pessoas que veem a si mesmas como completas e que têm a sorte de encontrar, por sua vez, pares igualmente maduros emocionalmente, são capazes de criar esse amor “consciente”, onde tudo flui com normalidade. Não há exigências, não há vazios a serem preenchidos, há apenas uma confiança mútua e um entendimento onde, diariamente, será construído o amor verdadeiro. Não um ideal. O autêntico.
Como estabeler um relacionamento consciente
É possível estabelecer vínculos afetivos que realmente funcionem? Naturalmente, sim. Estabelecer uma relação baseada em um amor consciente, em primeiro lugar, não deve partir de uma necessidade de preencher um vazio emocional, já que não se trata de procurar, pois no momento em que usamos essa palavra, evidenciamos uma falta, uma necessidade.

Trata-se de esperar, de nos deixar levar pelo caminho onde o mais importante somos nós em primeiro lugar. Aprecie mais você mesmo, suas experiências, seu dia a dia, onde você pode aprender de tudo, onde pode se enriquecer como pessoa para amadurecer por dentro. O amor chegará quando tiver que aparecer, mas não se esforce para criar um ideal na busca da pessoa perfeita.

Para entender melhor, tome nota dos seguintes conselhos:

1. O melhor é que você não tente encontrar a pessoa perfeita. Comece por você mesmo, crie, em primeiro lugar, a pessoa que você quer ser.

2. Construa seu equilíbrio emocional, reforce sua autoestima, defenda seus valores.

3. É importante que você aprenda a estar só; entenda que a solidão não é prejudicial nem perigosa. Não se esforce a estar com ninguém só por ter medo.

4. Nunca perca a imaginação e a inocência ao iniciar novos relacionamentos. Não tenha medo de cometer os mesmos erros do passado; você aprendeu muita coisa com estes erros e sabe muito bem do que precisa agora.

5. Nós sabemos que, de certo modo, temos um ideal de como queremos que seja nosso par perfeito. É algo que ninguém pode evitar. Entretanto, se estiver tão claro assim,, seja você mesmo a pessoa que você quer ter ao seu lado… Afinal de contas, a pessoa adequada se refletirá em você.

6. Finalmente, tenha sempre em conta um aspecto: você merece ser amado(a) plenamente. Nunca duvide disso.

Benjamin Lacombe
Inserida por CarlosRFCosta
1 compartilhamento

Olhe pro lado. Reveja seus erros – por mais que eles pareçam acertos. Revise os comentários maldosos – por mais que eles tenham soado bons. Não tenha medo de pedir desculpa nem de mudar de opinião sobre o que foi feito. Não se apegue ao receio de procurar e mostrar que o arrependimento bate à porta de vez em quando. Orgulho demais acaba te deixando com oportunidades e vida de menos.

A primeira pessoa em que eu penso assim que acordo é você. É a última antes de dormir também. A primeira pessoa pra quem eu quero contar algo bom que acontece comigo é você. E a opinião mais importante é a sua também. Quando alguém pede pra pensar num nome, logo me vem o seu na cabeça. Quando fala de amor também. Se um sorriso à tôa me surge na boca, muito provavelmente a culpa é sua. Me pego lembrando os nossos momentos juntos. Alegrias compartilhadas e algumas dores também, mas nada que não me faça tirar a certeza de que escolhi ser feliz com você. O meu dia é um antes de te dar "bom dia", outro depois disso e se torna mais um depois depois do "boa noite". Meu mundo não. Esse é um só e é seu.
Aliás, tudo em mim. Meu coração também.

Felicidade não é problema. Ser feliz e demonstrar também não. De verdade, problema é não ser, não ter e não saber ser. Se a minha alegria incomoda os outros, eles que se lasquem. Não sorrio na cara de ninguém nem compito pra mostrar que sou mais isso ou aquilo. Sou feliz pra mim por quem me quer bem. E estou muito bem sendo assim.

Gustavo Lacombe
Inserida por carlinharios
1 compartilhamento

Não será todo dia que eu vou te fazer feliz, e não prometo que nunca te farei chorar. Só espero que ria comigo quando eu estiver alegre, e encontre em mim um ombro quando estiver triste. Serei teu príncipe, teu companheiro, teu amante, teu amigo. Errando em alguns momentos, sim, mas sempre com a clara intenção de acertar.

Você disse que tinha me perdoado. Você disse que tinha esquecido, passado uma borracha. Disse que me aceitava de volta, que tentaria numa boa. Que a confiança, ainda que abalada, poderia ser recuperada. Mesmo com uma certa indiferença, podia pensar em nós dois de novo. Poder podia. Só que de cinco em cinco minutos você joga na minha cara que eu te sacaneei. Você olha pra mim com aquela cara de quem tem um asco, nojo, algo que te afasta. Fico eu tentando te mostrar o quanto estou arrependido e o quanto aprendi que palavras não fazem o menor sentido e diferença. É preciso agir, fazer, demonstrar que se está diferente. Não dá. Nada dá. Me deu o perdão, mas esqueceu de avisar isso pro seu próprio coração. Diz que ainda ama, que ainda quer. Faz elogios e lembra mais uma monte de coisas boas. Só que, aí, joga aquele "mas" no fim de tudo que foi dito e coloca reticências. Não precisa falar nada. Não se force a tal ponto. Tá tudo bem. Quer dizer, não está. Cheguei a acreditar que teria outra chance, mas perdi a única que tive. É assim. Nem sempre os perdões vem acompanhados de novas possibilidades para um amor que erra. Principalmente para um amor que erra. É simples. Nem sempre quando alguma coisa quebra a gente faz questão de consertar. Ou pode até tentar, mas algo não encaixa mais. Você tinha dito, tinha sorrido e tinha me abraçado. Eu achei que estava perdoado. E estava mesmo. Estou perdoado, eu sei. Seu amor é que já tinha me escapado pelas mãos.

Gustavo Lacombe
Inserida por carlinharios
1 compartilhamento

Você é o motivo de hoje eu enxergar amor em qualquer coisa. Você me critica e me dá força pra lutar. Você faz por mim o que nenhuma outra fez. Sabe o quão distante você chegou? No fundo do meu coração. Eu não sei pra quem você disse o primeiro ‘eu te amo’, mas tenho certeza de que quero ser o último a ouvir isso de você.

Gustavo Lacombe
Inserida por carlinharios
1 compartilhamento

As histórias que dão certo são aquelas em que os dois se fazem bem, com eventuais e inevitáveis cortes, mas fortes o suficiente para se reerguerem e se apoiarem sempre sem perder o foco na vitória e a fé no outro, no amor e na vida.

Gustavo Lacombe
Inserida por carlinharios
1 compartilhamento

Você é o amor da minha vida. Não tem outra forma de dizer isso. Fosse um clichê, uma analogia, um trocadilho, uma metáfora, uma moral da história, ou qualquer outro recurso gramático ou literário. É você, sempre foi e será. Te conhecer foi um acaso, nosso amor foi sorte e nós dois juntos é destino. Ou qualquer ordem que faça sentido. O que importa é a verdade embutida no sorriso: você é o amor da minha vida.

Gustavo Lacombe
Inserida por carlinharios
1 compartilhamento

Você atende o telefone e meu coração dispara. Não por nervosismo da falta do que falar, mas porque eu sempre fico assim mesmo antes de começar dizendo “oi, amor”. É bobo, eu sei. Ainda assim, é o jeito estranho que me deixa o ouvido sensível à sua voz. Estremeço e reajo no milissegundo seguinte, quando meu corpo recebe um impulso nervoso traduzido na assimilação do fato:

Eu amo .

Se deixasse a saudade me levar, então, acabaria passando pelo fio do telefone e sairia ao teu lado. Não sei se apenas palavras tem o poder de mostrar alguma coisa, mas se o simples gesto da ligação contar já está valendo. Essa coisa toda de distância – e não importa o tempo que ficam afastados dois corações que se amam, é uma complicação que chamada alguma consegue dar fim. Ameniza, ao menos.

Com a incrível capacidade que tem a sua ausência, me tornando atento a qualquer detalhe, peço uma risada sua e já relembro toneladas de outras vezes que rimos juntos ou que ouvi esse meu som preferido por algum motivo. O seu riso é minha alegria. E vou descobrindo outra absurda capacidade de ficar mais bobo a cada palavra que ecoa através do aparelho enquanto você me conta as novidades.

Ou, então, já se tornou loucura.

Cura? Não tem jeito. Porque mesmo a tua presença não mata a saudade toda. Essa mesma que logo invade meu peito assim que você parte. E reparte o momento entre a felicidade por te ter assim perto e o início da contagem de quando retornará. Nesse meio tempo eu vivo. Ou acho que vivo. Porque fui descobrir que sou completo contigo. Uma coisa meio maluca mesmo.

Que se chama Amor.

Gustavo Lacombe
Inserida por katiacristinaamaro
1 compartilhamento

Existe um abismo entre desistir e saber que não é mais possível. A desistência vem antes, é covarde e, geralmente, é seguida por um trilha de arrependimento. Já saber que não é mais possível tentar é o limite das forças. Aliás, é quando se extrapola qualquer esperança. Entretanto, engana-se quem acha que não é preciso coragem para realizar tal feito. Muitas das vezes abre-se mão de uma vida por não conseguir continuar na estrada de sempre. E, por mais que uma ponta de indecisão apareça, o arrependimento nunca chega perto de quem sabe que foi necessário mudar. Pior ou melhor são apenas julgamentos de valor que não dão a dimensão da real situação. Portanto, persista no que se quer e sonhe até o final, mas não tenha medo de dizer "eu tentei". Ainda que os dedos lhe sejam apontados, ter a consciência tranquila em relação a si mesmo é um prêmio. Desistir jamais, mas entenda que certas coisas, por mais que se deseje absurdamente, estão fora do nosso alcance. Aí, entregue nas mãos de Deus, da vida ou do que você acreditar. Pode ser que não lhe seja dado o que quer hoje, mas, trabalhando, certamente lhe será dado o que você precisa para ser feliz amanhã.

Gustavo Lacombe
Inserida por carlinharios
1 compartilhamento

Dentro da gente, há sempre uma parte que acredita nos pedidos às estrelas cadentes, há sempre uma espera quando estamos carentes, há sempre força para se nadar contra a corrente. Dentro da gente, há sempre uma criança pronta pra mais um corte no dedo, há sempre um adulto morrendo de medo, há sempre guardado algum estranho segredo. Dentro da gente, há sempre uma ponta qualquer de qualquer esperança, há sempre um sonho que nunca nos cansa e lança, há sempre uma última ou penúltima dança. Dentro de nós, há sempre espaço para um novo amor, há sempre uma curiosidade para algo que ainda nem chegou, há alguém calejado na dor. Dentro de nós, há sempre mais do que podemos enxergar, há sempre um baú sem fundo a se explorar, há sempre um novo mundo a se iluminar. Dentro de nós, há tudo: das fraquezas aos dons absurdos. Há sempre algo a mais, nunca de menos. Há sempre como ir além do simplesmente dizemos que

Gustavo Lacombe
Inserida por luannamendes
1 compartilhamento

TREJEITOS

Gosto dos trejeitos dela. Gosto daqueles detalhes escondidos entre um sorriso e outro que nem mesmo ela repara. Engraçado, mas até nisso aquele ditado que diz “quem tá de fora pode enxergar melhor” dá certo. Quando conta alguma coisa, geralmente embala um “nãnãnã” tentando encurtar ou acelerar a história. É engraçado e pode ser que lendo você não me entenda, mas é marca registrada dela. Outra coisa? A risadinha curta e gostosa, deixando à mostra um pouco dos dentes na boca que gosto de beijar. Digo mais, faço e falo algumas palhaçadas ou bobeiras só pra ver e ouvir aquilo. O riso dela é um dos sons mais gostosos da natureza. Pra completar, o jeito que ela me chama de bobo. Bobo e louco por ela, sim, sem cansar de mirar aquele olhar apaixonado.

Dela. E que, justamente, só ela não vê.

Gustavo Lacombe
Inserida por carlinharios
1 compartilhamento