Gabriel Hortencio: Ele, Ela e o Cartão Numa manhã de...

Ele, Ela e o Cartão

Numa manhã de quinta feira Ele Recebe uma ligação de uma Cidade distante Convocando-o para um trabalho que ele sempre quis. Todo motivado Ele vai contar pra Ela a noticia que acabara de receber, no entanto, Ela não gosta nem um pouco da ideia e pede que ela não vá, pois não está com bons pressentimentos, porem Ele não a atende e diz que é preciso ir. – EU VOU, MAS LOGO VOLTO PRA TE BUSCAR MEU AMOR!
Não satisfazendo a sua vontade de que Ele ficasse Ela teve uma Ideia. Imaginando que Ele Usaria o Cartão para pagar a passagem ou sagar o dinheiro para pagar a passagem, Ela resolveu bloquear o seu cartão.
No dia da Viagem Ela Foi Fazer Compras Com o cartão do seu namorado, então digitou a senha errada por três Vezes Bloqueou o cartão e Comprou a dinheiro o que tinha que comprar. A noite chega consequentemente a hora da viagem, ele vai com sua bagagem no carro da Namorada, chegando na rodoviária ao comprar a passagem perceber que o Cartão está bloqueado. – amor o cartão está bloqueado e eu não tenho dinheiro pra pagar a passagem já que está tudo no banco, pelo jeito não era pra eu ter ido, (risos) realmente era pra eu ter dado ouvidos a você desde o inicio.
Ela sorriu quando conseguiu o que almejava na volta pra casa Algo acontece inesperadamente, justamente no semáforo verde a sua frente, na sua lateral vinha um caminhoneiro que tinha acabado de beber, não respeitando o sinal Vermelho acertou o Carro onde o casal de namorado estava. Ela Acorda num lugar onde todos usavam Branco percebe que é o Hospital, com ela está tudo Bem apenas ferimento leve. – Onde está Ele, Onde está Ele? Ela perguntava pro seu acompanhante. E foi levada ao leito onde ele estava, visto que estava em como induzido ela chorou amargamente. Ele deu Sinal dois dias depois, , quando ela chegou com dificuldade ele começou a falar.
- que saudade que estava de você meu amor, meu bem olha como estou, não se sinta culpada por isso, só porque você estava dirigindo o carro lembro-me que o sinal estava verde você estava Certa. Talvez se eu tivesse conseguido ir isso não teria acontecido né amor?
Ao terminar com dificuldade de dizer essas coisas o aparelho acionou um Apito continuo. - Ele Morreu
Moral da Historia: Nunca impeça ninguém de Prosseguir, Evoluir por mais importante que essa pessoa possa ser pra você.

1 compartilhamento
Inserida por gabrielho