Luciana Mara Ribeiro: Gaivota Gaivota, trazida pelo vento,...

Gaivota

Gaivota, trazida pelo vento,
Corta o ar envolta em brumas.
De tão leve aninha as plumas
E faz o mar unir-se ao firmamento.

Lança-se em vão no infinito,
Envolve-nos em sua dança.
Exibe-se com graça e avança
Ruflando as asas de um modo tão bonito

E da janela observo tudo a volta
Mas o que mais me encanta é a gaivota
No seu vôo alto e fiel.

Pássaro de brancura alva
Feito um brilho de estrela d’alva
A desenhar pela manhã a flor do céu.

Inserida por Lindsday