Rick: “MEU CÉU INTERIOR” Se êsses teus...

“MEU CÉU INTERIOR”

Se êsses teus olhos, no meu livro, imersos,
encontrarem diversas emoções,
- não tentes decifrar... – mil corações
nós os temos num só, todos diversos...

Os meus poemas aqui, vivem dispersos,
como as estrêlas... e as constelações...
- no céu das minhas íntimas visões,
- no “meu céu interior...” cheio de versos.

Não procures um poeta compreender...
- Os versos que umas cousas nos desnudam,
outras cousas, ocultam, sem querer...

Uns, são felizes... Outros, ao contrário...
- No rosário da vida, as contas mudam,
e os versos são as contas de um rosário!...

Inserida por RickSilva