Carlos Malheiro Dias: Não há limites para a credulidade...

Não há limites para a credulidade humana e está ainda por nascer o homem prudente que saiba venerar na desconfiança a suprema sabedoria.

1 compartilhamento
Inserida por agf