Letícia Nogara: É madrugada. Você pega seu caderno....

É madrugada. Você pega seu caderno. Pega um lápis na mão. Esse é o seu lugar. Essa é a hora. Esse é o verdadeiro sentimento. Desabafar para as paredes. Como se o mundo estivesse te escutando, mas enquanto isso estivesse com fones de ouvido e dizendo: “Aham, tá tudo bem.” Não. Você sabe que não está. Mas ainda espera que toda essa angústia se amenize. Como esperar por chuva em tempos de seca. Você olha para o céu, espera a chuva. E quando ela cai, ainda não é o suficiente. Mas você sabe como as coisas são. Se você não soubesse, já teria desistido. Mas por enquanto você acha que as paredes do seu quarto serão as únicas que vão conseguir te ouvir chorar, quando a lágrima de dor e solidão cair. Há um dia em que tudo isso acaba. Só falta você abrir a janela para tirar a dor de dentro de você. Se abra, deixe a dor sair. Abra a janela, deixe o ar limpar a solidão. E quando ela entrar novamente, você já saberá o que fazer.

1 compartilhamento
Inserida por leticianogara