Letícia Nogara: Às vezes a vida perde a graça e...

Às vezes a vida perde a graça e começa a desbotar. Queria encontrar um paraíso, onde o céu encontra o mar. Mas de vez em quando tudo perde o encanto e perguntamos pra vida porque ela nos fazer sofrer tanto. A fúria das árvores pode nos enganar. Às vezes elas então calmas que eu nem me dou por conta, mas às vezes balançam tanto que até me deixam tonta. A gente se pergunta porque tudo é assim? O caminho está longe pra você e pra mim. Muitos me acham iludida, mas talvez eu só esteja perdida. Me acham louca por gostar de sonhar, e eu os acho loucos pela vida eles não aproveitar. Talvez o sofrimento só seja um rascunho, onde eu escreva sendo obrigada, só para cansar o punho. Tudo é de propósito, é nisso que passei a acreditar. Mas no fim do túnel escuro, um destino vou encontrar. Me sinto perdida em meio à tanta ilusão, mas eu sei que vale a pena, é essa a intenção. Correntes em nossos pés, presas às nossas mãos; Nos sentimentos presos e à Deus pedimos perdão. Quando estamos à um fio, a Deus queremos agradecer, mas agora já não adianta, depois de tanto sofrer…

1 compartilhamento
Inserida por leticianogara