Marylife: Línguas de Serpente . Línguas malditas...

Línguas de Serpente .

Línguas malditas cortam como lamina
que rasgam, fere fundo a alma
Me faz perder toda a calma.
Pegando-nos desprevenidos deixando-nos
pálidos em meio mares de nervos.

Línguas maldosas que esmagam nossos corações
com tamanha traições.
sem dó e sem pena, sentindo o prazer
e a felicade inexplicável numa sede de vingança
Sem sentir nenhum arrependimento nenhuma culpa.

Minha voz rompeu-se a corda calando o silencio
da minha voz
Nessas decepções leva-se muitos sonhos
de fidelidade, amizade e respeito
Deixo então essa hora triste sem causar enfado
Para ser apenas uma sombra a sonhar,



Fugindo das línguas de serpente que cospem, palavras
ásperas, duras lançando-me ao léu reduzindo-me a nada
faço então delas apenas palavras mortas e
jogo todo o pó atrás da porta.
E na dor do meu destino que minha alma finda
todo esse desatino.

Amigos que pensava ser de prole numerosa
e sempre aventurosa, não passaram de
línguas traiçoeiras, devo purificar toda a minha
mente.
permanecendo sempre ausente
Se quiserem me perdoar o melhor de mim hei de dar
Consagrar o orvalho consagrado, espalhando
a paz por todos os lados

Inserida por marylife