Conceição Di Castro: minha alma chora Minha alma chora,...

minha alma chora

Minha alma chora,
Transfigura meu coração em dor,
Traz a angústia de querer
E não poder ter.

Meus olhos, angustiados, marejam o sofrimento.
Minhas mãos tremem;
Minha pele transpira a dor represada;
O desespero me consome por inteiro.

Tu entraste na minha vida,
Deu-me mostras da felicidade,
Mas não deu a segurança de ser amada.

Deixaste que eu apenas sonhasse
Que um dia poderia vir a amada.

Sei que, às vezes, apontou-me caminhos vários,
Ao mesmo tempo em que me dizias que também me querias.

Não quis enxergar a verdadeira realidade.
Amas demais a outra, não a mim.

Hoje, a realidade tira a máscara
Que eu não quis enxergar.

Inserida por marylife