Arturo Angelin: AMOR PERDIDO (DESESPERANÇA) Meu...

AMOR PERDIDO (DESESPERANÇA)
Meu coração sangra, esvazia-se,
Não desse sangue vermelho
Esse que corre em minhas veias
Sangra amor

Começo a sentir frio
Meu corpo treme
Estou com medo

Meu corpo ainda está de pé
Mas temo não estar vivo
Vegeto a procura do amor perdido
Não adianta

A navalha corta o músculo
Vejo o brilho do aluminio
Dar lugar a um vermelho negro
Agora é certo... ele pára
E eu também...

Inserida por arturoangelin