Talytha.: Que mais queres de mim dor maldita?...

Que mais queres de mim
dor maldita?
Roubastes de mim a paz do sorriso
A leveza do canto do pássaro
O brilho do sol da manhã
O encanto do luar
Arrancaste de mim a alma, a calma
Nada mais justo que ter com você
Minha eterna companhia
Sangrando em carne viva
Serenizada, conformada
Previsível, realista, individualista
Agourenta, nefasta, sombria
Me tornaste flor carnívora
Um bicho mesquinho, pequeno, nojento
Que nada mais espera da vida a não ser a morte
Que mais queres de mim?
Eu te maldigo, te escravizo
Até o fim de meus dias.

Inserida por talytha