Lisandra Lavigne: Assina uma boca pequena e sem vontade!...

Assina uma boca pequena e sem vontade!


23h51min do dia 07-01-2010 estou sem sono, e estou escrevendo, deu vontade! Estou em casa, algo me aconteceu, algo realmente trágico me aconteceu, a fúria tomou conta do meu ser, a raiva domínio meus pensamentos e minha boca, palavras fortes e de tons agressivos saíram de minha boca pequena e vermelha, por quê? Mais porque eu! A vida há essa vida ensurdecedora que abala as minhas estruturas, não, estou mentindo a vida não é a culpada eu tenho as rédeas dela, a culpa é minha um ser pensante e errante ao mesmo tempo. Não tenho mais como explicar nem detalhar me pertence tudo o que há em mim me pertence, não posso continuar esse meu senso de liberdade de querer ser forte, vai acabar comigo! Palavras sem anexos, sem medida compreensão as deixo aqui!

Inserida por lisandralavigne