Sofia Martins(Sofia12): Ela não tinha nenhuma sorte no amor.Ela...

Ela não tinha nenhuma sorte no amor.Ela sonhava com o seu amado.Um dia ela teve um sonho.Sonhou com um homem.Ela passou a ama-lo,mesmo sem saber que era ele.Sem saber o seu aspecto,a sua personalidade…sem saber nada.Toda a gente lhe chamava louca por causa disso.Diziam que ela não podia amar uma pessoa que não conhecia,mas ela era contra isso.Um dia ela decidiu procura-lo.Procura-lo pelas rua do seu bairro.Nisto ela agasalhou-se e começou a sua “missão”.Voltou de mãos a abanar.Estava tão decepcionada que escreveu isto.Escreveu sem pensar.Saíu-lhe.”Eu procurei-te em cada sonho meu.E a cada despertar,se estivesse em paz,eu sabia encontar-te.Um dia,em sonho só,você já não me bastava,e fui á rua,a tentar imaginar o teu rosto,procurando,em cada estranho,um traço familiar…Procurei-te em cada esquina,seguia passos e então descobria que não eras tu e decepcionava-me,por trás de portas e janelas fechadas.Perguntei por ti a alguns estranhos.Descrevi-te,que não sei como és.A cor dos olhos que eu nunca vi.A pele,os cabelos que nem imaginava.Chamaram-me louca por te procurar.Um homem sem rosto,sem corpo,sem pele nem cor.Eras um sonho apenas.Apenas um sonho de amor.”Acabado o poema,tocam-lhe á campainha.Aparece um homem.Ela ficou com os olhos tão brilhantes quando viu esse homem.E quem sabe o que ela sentiu?Ela sentiu isso mesmo.Sentiu que aquele era o homem dos seus sonhos.Abraçou-o e beijou-o,mesmo sem saber quem era o homem.Ele ficou espantado a olhar para ela,mas viu os seus olhos tão brilhantes,que se apaixonou imediatamente por ela.Começaram a namorar,mesmo sem se conhecerem,mas ela sabia que ele não lhe faria mal,pois ele era o homem dos seus sonhos.
Esta história fica por aqui.Agora tentem vocês adivinhar o que acontece a seguir!O resto fica á vossa imaginação!

Inserida por Sofia12