NaNa Caê: Mostrando Garras Bem Curtas . Esgueiro...

Mostrando Garras Bem Curtas
.

Esgueiro pelos cantos
Fingindo ser arisca
Atenta o bastante pra não cair em nenhuma mão

Fico ao seu lado pela comida
A casa
A cama
Os movimentos tranquilos

Você sai
Viro fera
Bicho
Bicha

Quando estou feliz
Pulo pelas paredes
Subo no sofá
Me enrolo
Não estrago as cortinas

Passo por cima dos livros
Os admiro
Tanto quanto
A noite
A poesia
As inúmeras palavras bonitas
Ainda mais quando ditas
Entre sarcasmos e ironias

E uso de tantas artimanhas ...
Roçadas do meu pêlo
E pedidos de cafuné


Gosto de água
Não bebo leite
Odeio peixe

Diferente
Sofro
Me mato quase todos os dias
Achando que sou um quase-gato
Que possuo bem mais que 7 vidas



Por favor
Tente aí
Faça um esforço pra mim

Desperte essa loucura
Ou transforme essa pobre menina
Que se acha tão esperta
Num felino
E não em uma mulher

Inserida por nanacae