NaNa Caê: No Recreio . Falaram-me de lanches De...

No Recreio
.

Falaram-me de lanches
De uma fila cotidiana
Encontro de olhares

Arrisquei
Me expus mais
Cogitei maior

Tirei os olhares e coloquei vidas no lugar

Eu compreendi
Não apenas pelo fato em si de entender
Entendi por que pensava o mesmo
Sentia igual


Confesso meu ódio mortal
Esperar

Mas não me importei
Estava ali todos dias
Aguardando por um lanche frio

Esperando a tal troca

Não a do dinheiro pela ficha
Ou da ficha pelo salgado

Mas a do saber da existência

Inserida por nanacae