NaNa Caê: Sem Medo de Beijar o meio Fio O cara que...

Sem Medo de Beijar o meio Fio


O cara que anda junto com o ódio

Chegou de supetão e disse pra eu não questionar

Mandou que eu perdesse a razão

Me deu tiros no coração

E ainda disse pra eu não chorar


Eu
Besta fui eleita

No diminutivo pra tudo piorar


Dormi na minha cama
Dormi na sua
No tapete
Em filmes

Dormi esperando você acordar



Senti felicidade

Você

Necessidade

Alegria

Calor

Senti saudade
E aprendi que nem tudo se pode evitar



Usei a cor que você disse que mais gostava

Tive no cabelo os piores penteados


Só pra você sorrir

E depois novamente bagunçar.


Virei atleta
Corri
Pior ainda ...
Corri apostado
Na rua me joguei
Sem medo de beijar o meio fio
Ali me deitei
Me fiz de perdedora
Só pra você ganhar


Revelei tudo
Dos segredos ás mais prováveis loucuras
E fui tentando te embalar


O destino eu comprovei

Mas bravo que só ele

Se vingou

Me botou de castigo

E mandou eu esperar...


Esperar o tempo

Esperar as Horas

Esperar pelo menos um ano
Pra tudo se ajeitar.

Inserida por nanacae