Gabriella Beth Invitti: Only look you. Só o fato de estar ao...

Only look you.

Só o fato de estar ao seu lado, já me traz paz. Você não precisa me dar nada, não precisa me prometer nada... Não quero beijos, nem abraços, não quero ouvir você falar. Só quero ficar te olhando. Olhar de longe ou de perto, que seja! Só quero poder te olhar. Ver você sorrir... Incrível como fico feliz ao te ver sorrir.

Quero poder imaginar como tudo seria mais fácil se o mundo fosse do jeito que eu gostaria que fosse. Quero te trazer para dentro da minha imaginação, e ficar pensando como seria se tudo fosse diferente... Quero poder lembrar e relembrar nossos momentos.

Ah! Como seu sorriso me faz bem.

Mundos tão diferentes, tão distantes e mesmo assim, nós podemos nos entender. – Mas tudo é tão complicado, ando quebrando a cabeça para imaginar como isso termina. Porque eu sempre sei, mas com você... Com você é impossível prever.

Seu mistério, seu jeito... Ao seu lado só me lembro de coisas boas. Longe de você, eu só tenho pesadelos. Eu preciso ficar te olhando, para poder me sentir bem. Não fique bravo, nem tímido se perceber que estou te olhando demais... Eu apenas estou imaginando como seria.

E é tudo tão errado, você é tão errado. Mas só o fato de ser errado já é interessante demais para mim. – Eu consigo ver na sua cautela que você esconde algo. Não sei se é algo que devo saber, ou se é algo que quero saber... Mas tudo isso me deixa curiosa. Ah! O seu mistério, o seu jeito...

Existem milhões de motivos para eu não me apaixonar por você, e apenas um para eu me apaixonar. – Não se precipite, eu não estou apaixonada, não pertenço a você. Você apenas me trás a paz e inferno de um jeito diferente. E eu preciso dessas sensações. Sensação de perigo. Sensação de conforto e proteção.

E aos poucos eu entrego todos os meus segredos a você... Porque inevitavelmente eu ando confiando em você. – Tudo bem, eu confio em você, e de repente, não confio. São as minhas fases e o seu jeito instável de ser.

Às vezes eu acho que estou ficando louca, paranóica, não sei. Tudo porque o que eu sinto não é o que as pessoas sentem. Não, não sei se é um sentimento real. Eu só preciso ficar te olhando. – Como uma criança olha um brinquedo na vitrine da loja.

E vai chegar a hora em que te olhar não vai ser o bastante. Vou precisar ouvir você falar e sei que mesmo sendo palavras que me machuquem, eu irei gostar de ouvir, – a sensação de perigo e de irresponsabilidade, sensação de medo e de dor. É como se tudo fosse bom vindo de você...

Eu não entendo como você joga, e honestamente, não pretendo entender. Nesse jogo eu só tenho vontade de desafiar o adversário, não de vencê-lo. Pra mim, já pouco importa se é a mesma coisa para você. – Eu só quero ficar te olhando...

“Because it seems that was the last time. And the same hour, I had realized that was the end. I held you tight, because I did not want to let you go...” – What this crazy feeling means to me?

Inserida por gabiiinvittti