Laudo Bessa: Há uma luz que não posso negar Que me...

Há uma luz que não posso negar
Que me alucina e me entristece também
Uma luz que seduz, mas o abismo é grande
Um ser belo que não posso tocar.

Tantas vidas se entrelinham
Mas as nossas estão na imensidão do mar
Tudo alheio e indiferente nos faz crer
Que não é possível viver

Toda uma vida que separa outra vida
Tão próximos que nossos cheiros
Podemos sentir e nos fazer sonhar
Apaixonar e desejar este amar

Por isso ficamos aqui parados
Não dizemos sim não dizemos não
Gostamos sim um do outro
Mas sabemos o abismo que existe

Por isso nos olhamos e desse amor
Que dia talvez viva, faremos hoje
Uma grande amizade por carinho um ao outro
Por respeito a este amor de luto.

Inserida por laudoBessa