Laudo Bessa: Quando passo muito tempo aqui sozinho me...

Quando passo muito tempo aqui sozinho me vêm pensamentos que não sei exprimir, sinto uma agonia, sinto tua presença como se tivesse o pensamento em mim. Me da à vontade de pela manhã lhe perguntar - estavas inquieta? O que pensava ontem à noite a tal hora?
Estranho, como as pessoas passam tanto tempo dentro de nós e nos envolvem e nem percebemos ao certo por que. Esse... Isso... É nosso ou delas? É ilusão ou reflexo de um olhar um toque? É um sutil seduzir que não percebemos?
Questões que nos consome e, que nos faz ficar tão atônitos e enlouquecidos.
Surge forte um dia e urge decisão e, no outro, preciso lembrar de lembrar-me de você.
Estranho e inquietante sigo nesse paradoxo de amar o querer te amar, e não sei se quero, agora, amar. Quero sossego, solidão.
Porque você?
Ajuda-me diz algo, me faz entender o que apenas me confunde.
Ou apenas sorri e diz: É não sei o que é isso, também sinto esse encruzilhar dúbio de sentimentos ações e reações.
Porque você? Intensamente tomando conta de mim?
É o querer e não saber por que, e se tê-lo, agora o que fazer?
Viver???

Inserida por laudoBessa