Jucely Regis: Inconformidade É uma inquietação é...

Inconformidade

É uma inquietação é um desassossego
Alma que esperneia e corpo que nem se mexe
Olho que chora e olhar que entristece
De esperança o coração ermo

Pois de fé o que entendo agora
Se a que tinha me foi tirada?
E como acreditar embora
Se a confiança não me voltou nada?

E dizes tu que nada me exige
Mas ainda assim me dediquei
Nas decepções que tive
Em outras vezes confiei

E o que sinto parece ódio
Quando diz amar e não luta
Se demasiado é seu esforço próprio
Por que em ti o que me aflige não muda?

Inserida por Jucely