Sophya Lispector: AMO-TE Por que sua inocência me...

AMO-TE



Por que sua inocência me fascinou,

Quando seu coração disparou,

Seu olhar se iluminou...

A boca dançou e pelo corpo a mão passeou,

Tremendo sussurrou...



A respiração ofegante,

O membro exuberante,

Num desejo constante...



Olhar inconstante,

Hoje tão distante meu diamante.

Inserida por S0PHYA