Ivan Melo: Migalhas São migalhas, só migalhas......

Migalhas

São migalhas, só migalhas...
E eu as apanho pelo chão...
Mas antes ternuras falhas
Do que a total solidão!

São migalhas, só migalhas...
São retalhos de uma paixão
Que tu, meu amor, espalhas
Com gesto de uma só mão!

Tão pouco me resta agora,
Recolho no chão a esmola,
Como se fosse na treva a luz.

A vida assiste e chora:
“O amor que te fere, imola,
Cedo a morte o conduz!”

Inserida por teacherivan