Patrícia Casavelha: Já tentei mudar tantas vezes que até...

Já tentei mudar tantas vezes que até perdi as contas.
Já tentei me entender também, e só consegui ficar mais confusa ainda.
Já tentei encontrar saídas e soluções mas descobri que essas realmente não existem.
Já brinquei de não ser mais eu, porém ao fim do dia foi meu rosto que encontrei no espelho.
Já fiz tantas coisas e deixei de fazer outras tantas.
E depois de tudo descobri que amo ser como sou.
Que mesmo não conseguinto organizar tantas idéias que surgem como relâmpagos,tenho meu valor, e os relâmpagos são meus, ninguém mais os tem!
Que mesmo meus sentimentos serem amplificados, e me fazerem sentir tudo em dobrado,
eles são meus, são minhas torturas e meus alívios, é a pior e a melhor parte de mim.
Portanto essa sou eu, hora alegria, hora tristeza, hora simpatia , hora grosseria, mas em todas as horas sou eu mesma, hoje sem máscaras e sem artifícios.
Que me ame quem quiser amar...mas que nunca percam tempo em me odiar...para o ódio não haverá recíproca!

Inserida por Patyneri