Misael Cezar de Andrade: Uma vez eu tive um sonho. Sonhei que eu...

Uma vez eu tive um sonho. Sonhei que eu nunca tinha coragem pra dizer pra menina dos meus sonhos que eu a amava. Certo dia eu escrevi um bilhete assim: Eu amo voce até debaixo d'agua.
e pus no correio; a carta demorou de mais pra chegar; e ela foi a Recife; entrou no mar e nunca mais voltou;
A minha carta chegou depois. e ela nunca soube que eu a amava.
APRENDI que o tempo NAO sabe o que faz. e que quem sabe faz HOJE nao espera amanhecer;

Inserida por misaeldeandrade85