KikaFCarvalho: "Num certo dia um Coração...

"Num certo dia um Coração Vermelho se apaixonou por um Coração Furta Cor...mesmo que para ter o ser amado tivesse que dividi-lo... e, contando sempre com a verdade seguiram juntos...até que um dia a desconfiança bateu em sua porta...e disse-lhe:
_ Tolo Coração, criastes um castelo de cristal... nem imaginas o que teu companheiro faz as suas costas...

E, como o Coração Vermelho era inseguro, mas emocionalmente dependente e muito amante do Coração Furta Cor... nem deu ouvidos a bruxa do leste... antes tivesse escutado....

Na caminhanda... alguns pedregulhos foram aparecendo... pontas ficando soltas...quadros incompletos....
Ah! As mentiras chegaram e ficaram... ou quem sabem já lá estavam... eram os escudos do Furta Cor, pois viveu a vida toda a mentir... iludir.... esconder... subverter...omitir...

E, a própria vida os fez tomar caminhos diferentes... o Coração Furta Cor vive conforte sempre viveu, ou até melhor... aprendeu mais maquinações e os meios de burlar as vigilâncias....

Mas, o Coração Vermelho... empalideceu... perdeu a fé nas pessoas e em si mesmo....e morre lentamente... e tão tarde aprendeu a lição... que tanto o livro de provérbios ensina... ele suspira... vegeta... e sente dor.... pq tudo de bom que ele possuía na devastidão da mentira sórdida.... o seu outro coração levou....

E, bem diz o ditado... "o amor é uma flor que nasce nos corações dos trouxas"...

mas quando falo desse amor... me refiro ao que hoje se conceitua como tal....

se o coração achava a vida triste e sem graça... o furta cor o ensinou que ela não vale a pena, pois só se dá bem os que são como ele... e eles são a maioria....

E, o vermelho trouxa é a minoria... pq quase todos morbumdos estão..."

Inserida por Kikafcarvalho