Renilmar Fernandes: A vezes eu quero, as vezes eu desejo. Eu...

A vezes eu quero, as vezes eu desejo.
Eu me abnego, sei que é passageiro
e não sou eu que bagunçarei a vida de alguém.
Hora outra esse é o peso do meu mundo.
Podia eu simplesmente tentar mudar...desistir.
Mas ela escorreu entre minhas mãos como quem carrega água.
As vezes à graça nos é revelada.
Você encontra uma pessoa que lhe desperta e mesmo tempo se desperta para um desejo incrível e incontrolável.
Pois se trata do corpo, mas não se cura a alma.
E por um instante você se sente importante no mundo de uma pessoa. Até o dia que ela decide mudar e você não pode ir.

Inserida por renew