Erasmo Shallkytton: NO CUME DESSE AMOR O que existe entre...

NO CUME DESSE AMOR



O que existe entre nós é maior que uma montanha,
Tão imenso que se perde na cordilheira de emoções,
Será sempre neste céu continental uma campanha,
Dos meus anseios imponentes fazendo elevações.

Amor! Sinta a minha altitude ofuscar sem façanha,
Entre os beijos culminantes que içam nas variações,
No cupido com valores que invade o corpo e banha,
E fortalece a cada segundo com claras vibrações.

Saiba que eu sou o teu caudaloso rio sem manha,
Amando-te nas margens dos desejos com promoções,
Serás o jasmim que floresce no cume e não se arranha,
Dos meus bons anseios imponentes fazendo elevações.

Neste conjunto de afeto e beleza, leva-me, e ganha,
O auriverde da minha vida que sai com mil paixões,
É tudo o que posso ofertar com zelo e sem artimanha,
Dos meus anseios imponentes fazendo elevações,
No pico fervoroso que incendeia, eres mi Valéria,
No cupido com valores que invade o corpo e banha,
Fortalecendo a cada segundo com claras vibrações.

Inserida por Shallkytton