Bruh..Eu: Nunca fui de julgar uma flor pela...

Nunca fui de julgar uma flor pela aparência,muitas vezes temos que abrir as petálas para chegar na sua essência.E isso me rendeu muitas histórias,nem sempre boas e com o final feliz.Mas foram importantes para a minha formação e aprendizagem como pessoa.Nunca esperei que me dessem as fórmulas exatas,pois nunca pensei em acertar em tudo.Pois se fosse assim,onde estaria a graça da vida?
Não quero que me mostrem o que esperam de mim.Não preciso que esperem nada,vou seguir o meu instinto e meu coração.Pois só isso vai me mostrar quem eu devo ser e como devo agir.Não me façam ser quem eu não sou,e nem agir como eu nunca agiria.E também não apelem
para eu me tornar semelhante porque digo com toda franqueza que sou incomum.Não sei fazer muitas coisas que vejo por ai,e nem ser como muitas pessoas.Não sei amar só pela metade,não sei viver na mentira,muito menos enganar para ser amada.Se for para voar que seja totalmente,se for para amar que seja verdadeiramente e se for para viver que seja intensamente,se for para provar que seja até a última gota,se for para sofrer que seja por algo irreparável e também que se for para morrer que seja vivendo.Pois nada é tão prazeroso quanto.Porque não existe viver pela metade,pois a vida é muito mais do que você imagina.E com isso vou vivendo,e me descobrindo a cada dia.A única coisa que eu sei é que sempre sou eu mesma,e com toda a convicção falo que não serei a mesma para todo o sempre.

Inserida por Brunikis