Marina Sereno: Uma falta de ar. Olhos marejados. Um...

Uma falta de ar. Olhos marejados. Um coração batendo apertado comprimido contra o abraço mais forte que eu poderia dar. Queria sincronizá-lo com seu, guardar cada detalhe seu em mim. Peguei tudo que pude enquanto nosso abraço parava o tempo. Tentei fechar os olhos e notar cada pedaço seu encostado em mim. Sua bochecha colada na minha, seus braços me segurando forte. Me dói te ver partir. Me dói mais ainda os dias sem ti. Me dói acordar sabendo que falta tanto para te ver. Compensa saber da nossa eternidade, certeza. Porque eu não viveria sem você. É fato. Agora que achei meu inteiro, não conseguiria ser metade de novo. Todo o meu ser está em você. O sorriso que risca minha face é teu.

Inserida por MarinaSereno