Daniella Santos Barbosa: A lua quem viu Coração pulava de...

A lua quem viu
Coração pulava de alegria
Com a realização do que sonhavam
E então se encontraram

Uma noite inevitável
Que o tempo já atrasava
Finalmente o beijo, e ali se amaram

Noite agitada em meio a tempestade
Que louvava e as proporcionava
Sonharem acordadas

Chuva caía, e almas se uniam
Em decorrer do relógio, amor elas faziam
Tudo como queriam

Quiseram mergulhar
No mar congelante e negro
Boiando como barcos a deriva, uma viu a outra náufragar

Apoiava suas costas
Como segurasse plumas
Admirando seu olhar do jeito que se gosta

Chegava o sol brilhante e tudo clareou
Acendeu todas as luzes
Do amor as separou.

Inserida por danbarbosa88