Codinome Naftalinne: Meu mundo em preto e branco Eu, minhas...

Meu mundo em preto e branco

Eu, minhas lembranças e alguns cigarros,
Somente alguns poucos cigarros.

Queria poder aniquilar tudo isso,
Queria que o tempo reconhecesse
O seu lugar.

É arriscado viver de passado,
É noite, e tudo é presente novamente.

Minhas lembranças me desnorteiam,
Norteiam, “teiam”...
Levam-me para o lado errado,
Ou pior...
Para lado nenhum.

Debato-me entre
Meus pensamentos. Tento me impor...
Meus impulsos parecem ser mais fortes.

Pago caro por algo que de alguma forma escolhi.
“Foi a vida que me fez assim”, disse ele,
“Não aprendi a ser de outra forma”, continuou.

Como não ser tão intensa?
Tensa, densa...

Como enxergar o mundo exclusivamente em preto e branco?

Vejo uma infinidade de cores, como
Contentar-me exclusivamente com o preto e branco?

A solidão me confunde,
Atormenta-me.

Ilusão, solidão, confusão,
Fusão... solução!

A solução se confunde,
A solidão me consome.

Eu só...
Eu e meus pensamentos,
Tormentos...

Meu mundo em preto e branco.

naftalinne@gmail.com

Inserida por Naftaline