Codinome Naftalinne: Hoje to assim e depois ninguém sabe....

Hoje to assim e depois ninguém sabe.
Nem eu
Um dia podia me imaginar assim.

To bem eu já disse,
Sou assim mesmo.
Danço até extasiar,
Até desmaiar.
Falo até me enrolar,

Mas agora me deixa,
Ou melhor, não deixa,
Só entende
O que me faz feliz.

Bipolar? Não.
Multipolar!
Entenda,
Eu simplesmente sou assim.

Mil faces, eu já disse,
Todas as faces.
Não me agrada a inércia,
Gosto de novidades, anseio o movimento.

Acha-me parada?
Então com certeza não me conheces.
Mal sabes a correnteza existente em minhas idéias,
Não conheces a metamorfose que invade os meus sinais vitais
E retira o meu fôlego
É muito maior, muito mais forte, que tudo isso

Repito comigo:
Quem errou? Fui eu?

naftalinne@gmail.com

Inserida por Naftaline