Andréia de Figueiredo: Tenho sede de viver Busco a felicidade...

Tenho sede de viver
Busco a felicidade "alicerce"
Que não seja momentânea.
Vinde a mim sorte esperada
Vinde a mim.
Ora escura, ora brilhante.
Vinde a mim amado,
A ti meus braços estendo.
Ès o balsamo de minha alma
És a essência da minha felicidade
És o alicerce.

Inserida por afigueiredo