Andréia de Figueiredo: O dedo que se move escreve neste,...

O dedo que se move escreve neste, introduz emoções as quais o tempo não é capaz de apagar uma sequer palavra ou nem teu planto dissolver uma única linha. Assim se faz, renovável, a essência permanece.

Inserida por afigueiredo